Banner Portal
(In)visibilidade das mulheres nas “novas” políticas sociais brasileiras
PDF

Palavras-chave

Resenha

Como Citar

MARTINS, Barby de Bittencourt. (In)visibilidade das mulheres nas “novas” políticas sociais brasileiras. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 58, p. e205821, 2021. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8664386. Acesso em: 20 abr. 2024.

Resumo

O que há de novo nas políticas sociais brasileiras? Em que a discussão de gênero pode contribuir para pensar essa novas políticas? Mercantilização da pobreza, privatização e terceirização dos serviços na saúde e na assistência? Em que medida a experiência paulistana contribui para pensarmos o contexto de emergência e popularização de políticas voltadas a programas de transferência condicionada de renda? Ao lermos o título e o sumário do livro, surgem essas questões, que nos fazem avidamente percorrer cada página em busca de novos olhares e discussões sobre o tema. E, de fato, as autoras conseguem discutir cada um desses pontos ao longo desta obra, que é resultado de uma extensa pesquisa de caráter etnográfico na periferia da maior cidade da América Latina.

PDF

Referências

BECKER, Howard. Outsiders. Estudos de sociologia do desvio: Rio de Janeiro: Zahar, 2008, 231p.

LAUTIER, Bruno. O governo moral dos pobres e a despolitização das políticas públicas na América Latina. [2009]. Cadernos CRH, Salvador, v.27, n. 72, pp.463-477, set./dez., 2014 [http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-49792014000300002&lng=en&nrm=iso&tlng=pt - acesso em 17 jan 2018].

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 Cadernos Pagu

Downloads

Não há dados estatísticos.