Banner Portal
Roberto Simonsen na origem do moderno pensamento social brasileiro
PDF

Palavras-chave

Pensamento social. Populismo. Industrialização brasileira

Como Citar

LEÃO, Igor Zanoni Constant Carneiro; PINTO, Thiago Luis de Quadros Ramos; SILVA, Newton Gracia. Roberto Simonsen na origem do moderno pensamento social brasileiro. Economia e Sociedade, Campinas, SP, v. 24, n. 1, p. 177–199, 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8642121. Acesso em: 18 abr. 2024.

Resumo

Esta é uma introdução ao pensamento desenvolvimentista de Roberto Simonsen, um de nossos primeiros pensadores modernos dos problemas ligados à industrialização e seus aspectos sociais. Simonsen teve uma participação ativa no primeiro governo Vargas como homem público e industrialista, o que o coloca no centro da construção do populismo.

 

Abstract

This essay aims to introduce the developmental ideas of Roberto Simonsen, one of the first modern Brazilian thinkers concerned about the problems of industrialization and its social aspects. Simonsen played a crucial role as a statesman and as an industrialist in the first government of President Getúlio Vargas, therefore being in a central position in the rise of Brazilian populism. Keywords: Social thought; Populism; Brazilian industrialization.

PDF

Referências

BIELSCHOWSKY, Ricardo (Org.). Cinquenta anos de pensamento na Cepal. Rio de Janeiro; São Paulo: Record, 2000.

CARONE, Edgard. O pensamento industrial no Brasil (1880-1945). Rio de Janeiro: DIFEL, 1977.

FREITAS JÚNIOR, Moacir de. Um Plano Marshall para a América Latina: a contribuição de Roberto Simonsen para a tese do subdesenvolvimento latinoamericano. In: CONGRESSO LATINOAMERICANO DE SOCIOLOGIA - ALAS 2013, 29, GT 17: Pensamento Latinoamericano.

FURTADO, Celso. Formação econômica do Brasil. 13. ed. São Paulo: Editora Nacional, 1975.

FURTADO, Celso. Obra autobiográfica, 3v. Conteúdo: v.1: Contos da vida expedicionária, A fantasia organizada; v. 2: Aventuras de um economista brasileiro, A fantasia desfeita; v. 3: Entre inconformismo e reformismo, Os ares do mundo. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1997.

IANNI, Octávio. A idéia de Brasil moderno. São Paulo: Brasiliense, 2004.

LEÃO, Igor Zanoni Constant Carneiro. A matriz teórica de Caio Prado Júnior: a nação inconclusa. 1994. 120f. Tese (Doutorado)–Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP.

LIMA, Heitor Ferreira. 3 industrialistas brasileiros, Mauá-Rui Barbosa-Roberto Simonsen. São Paulo: Alfa-Omega, 1976.

PRADO JÚNIOR, Caio. A questão agrária. São Paulo: Brasiliense, 1979.

PRADO JÚNIOR. A revolução brasileira. 5. ed. São Paulo: Brasiliense, 1979.

PRADO JÚNIOR. Formação do Brasil contemporâneo. 20. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

PRADO JÚNIOR. História e desenvolvimento. São Paulo: Brasiliense, 1972.

PRADO JÚNIOR. História econômica do Brasil. São Paulo: Círculo do Livro, s. d.

SIMONSEN, Roberto C. Evolução industrial do Brasil e outros estudos. Edgar Carone (Org.). São Paulo: Comp. Ed. Nacional: Ed. Univ. de S. Paulo, 1973.

PRADO JÚNIOR. Participação no Primeiro Congresso Brasileiro de Economia. 1943. In: CARONE, Edgard. O pensamento industrial no Brasil (1880-1945). Rio de Janeiro: DIFEL, 1977.

PRADO JÚNIOR. A controvérsia do planejamento na economia brasileira: coletânea da polêmica Simonsen x Gudin, desencadeada com as primeiras propostas formais de planejamento da economia brasileira ao final do Estado Novo. Carlos von Doellinger (Introd.). Rio de Janeiro: Ipea/Inpes, 1977.

PRADO JÚNIOR. História Econômica do Brasil (1500/1820). Curso professado na Escola Livre de Sociologia e Política de São Paulo por Roberto C. Simonsen, 8 ed., São Paulo: Ed. Nacional, 1978 (Brasiliana, v. 10).

SILVA, Gerson Augusto da. A reforma aduaneira no Brasil. Disponível em: http://www.comexdata.com.br/. Acesso em: 20 fev. 2014.

TANNURI, Luís Antônio. O encilhamento. São Paulo: Hucitec; Campinas: Fundação de Desenvolvimento da Unicamp, 1981.

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS (FGV). Disponível em: http://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/AEraVargas1/biografias/roberto_simonsen. Acesso em: 20 fev. 2014.

A Economia e Sociedade utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.