Banner Portal
Mercado de terras e trajetórias tecnológicas na Amazônia
PDF

Palavras-chave

Amazônia. Mercado de terras. Trajetórias tecnológicas

Como Citar

COSTA, F. de A. Mercado de terras e trajetórias tecnológicas na Amazônia. Economia e Sociedade, Campinas, SP, v. 21, n. 2, p. 245–273, 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8642284. Acesso em: 4 mar. 2024.

Resumo

A dinâmica da economia rural na Amazônia tem sido observada através do fenômeno do desmatamento e avaliada basicamente pelos riscos ambientais e desigualdades distributivas a ela associadas. Este artigo indica possibilidades de mudanças ao mesmo tempo que demonstra os obstáculos a superar. Partindo da observação da economia agrária da região como totalidade em movimento, situa os fundamentos dessa evolução em seis trajetórias tecnológicas, explicitando as assimetrias de capacidade demonstradas entre as mesmas no contexto de suas relações com as instituições presentes. Entre estas, dispensa foco especial nas mediações que garantem a produção e o mercado de terras em relação ao qual indica providências de política que o contenha em dois momentos: no seu processo de produção, momento da transformação do ativo específico “Florestas Originárias” em “Terras com Mata” e no momento da legitimação do produto final em “Terras de Pasto” e “Terras para Lavoura”.

Abstract

The dynamics of the rural economy in the Amazon has been observed through the phenomenon of deforestation and evaluated primarily by environmental risks and inequalities in distribution. The article indicates possibilities of change and, at the same time, demonstrates the obstacles to overcome. Starting from the observation of the agrarian economy of the region as a totality in motion, it establishes the foundation of the development on six technological trajectories, explaining the asymmetries of capacity between them in the context of their relations with institutions. Among these, special focus is led to the mediations that ensure production and land market. Regarding the latter, the article indicates policy measures to constrain it.

Key-words: Amazon. Market for land. Technological trajectories.

PDF

Referências

BINSWANGER-MKHIZE H.; DEINIGER, K. History of land concentration and redistributive land reform. In: BINSWANGER-MKHIZE, H., BOURGUIGNON C. B. R. (Org). Agricultural land redistribution: toward greater consensus. Ed. The World Bank., 2009. p. 45-86.

COSTA, F. A. Desenvolvimento agrário sustentável na Amazônia: trajetórias tecnológicas, estrutura fundiária e institucionalidade. In: BECKER, B.; COSTA, F. A.; COSTA, W. M. Desafios ao Projeto Amazônia. Brasília: CGEE, 2009a. p. 215-363.

COSTA, F. A. Trajetórias tecnológicas como objeto de política de conhecimento para a Amazônia: uma metodologia de delineamento. Revista Brasileira de Inovação, v. 8, n. 1, p. 35-86, jan./jun. 2009b.

COSTA, F. A. Dinâmica agrária e balanço de Carbono na Amazônia. Economia, v. 10, n. 1, p. 117-151, jan./mar. 2009c.

COSTA, F. A. Heterogeneidade estrutural e trajetórias tecnológicas na produção rural da Amazônia: delineamentos para orientar políticas de desenvolvimento. In: BATISTELLA, M.; MORAN, E.; ALVES, D. S. (Org.). Amazônia: natureza e sociedade em transformação. São Paulo: Edusp, 2008a. 304p.

COSTA, F. A. Agrarian dynamic and CO2 Balance in the Amazon. In: REGIONAL SCIENCE ASSOCIATION INTERNATIONAL WORLD CONGRES, 1, 2008, São Paulo. Proceedings... São Paulo: RSAI, 2008b.

COSTA, F. A. Questão agrária e macropolíticas na Amazônia. Estudos Avançados, São Paulo, v. 53, n. 19, p. 1 - 26, 2005.

COSTA, F. A; ANDRADE, W. D. C. (2009c). Mudança institucional e path dependency: as políticas para arranjos produtivos locais no Pará. In: CASSIOLATO, J. E.; LASTRES, H. M.

M.; STALLIVIERI, F. Arranjos produtivos locais: uma alternativa para o desenvolvimento – Experiências de Políticas, v. 2, Rio de Janeiro, E-Papers, 2009. p. 39-72.

DOSI, G. Technological paradigms and technological trajectories. Revista Brasileira de Inovações, v. 5, n. 1, p. 17-32, jan./jun. 2006.

IMMLER, H. Natur in der Ökonomischen Theorie. Opladen: Westdeutscher Verlag, 1985.

IMMLER, H. Vom Wert der Natur: zur ökologischen Reform von Wirtschaft und Geselschaft. Opladen: Westdeutscher Verlag, 1990.

GOODMAN, D.; SORJ, B.; WILKINSON, J. Da lavoura às biotecnologias. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 1988.

HAYAMI, Y.; RUTTAN, V. W. Agricultural development: an international perspective. Baltimore and London: Johns Hopkins University Press, 1980.

KEYNES, J. M. Teoria geral do emprego do juro e do dinheiro. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1970.

MARTINS, J. de S. O cativeiro da terra. São Paulo: Ed. de Ciências Humanas, 1979.

PLATA, L. E. A.; REYDON, B. P. Políticas de intervenção no mercado de terras no Governo FHC. In: REYDON, B. P.; CORNÉLIO, F. N. M. Mercados de terras no Brasil: estrutura e dinâmica. Brasília: MDA/NEAD, 2006, p. 25-52.

POLANYI, K. La gran transformación: las orígenes políticos e económicos de nuestro tiempo. Cidade do México: Fondo de Cultura, 1994.

REYDON, B. P., BUENO, A. K. S., TIOZO, C. Regulação da propriedade rural no Brasil: resultados dos primeiros passos. In: REYDON, B. P., CORNÉLIO, F. N. M. Mercados de terras no Brasil: estrutura e dinâmica. Brasília: MDA/NEAD, 2006. p. 53-72.

REYDON, B. P.; PLATA, L. E. A. O Plano Real e o Mercado de Terras no Brasil: Lições para a democratização do acesso à terra. In: REYDON, B. P., CORNÉLIO, F. N. M. Mercados de terras no Brasil: estrutura e dinâmica. Brasília: MDA/NEAD, 2006. p. 267.

WILLIAMSON, O. E. The economic institutions of capitalism. New York: The Free Press, 1985.

A Economia e Sociedade utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.