Decisão de preços em economias monetárias e metas de inflação: a difícil conciliação entre crescimento e estabilidade de preços

Autores

  • Gabriel Caldas Montes Universidade Federal Fluminense
  • Carmem Aparecida Feijó Universidade Federal Fluminense

Palavras-chave:

Inflação – Metas. Preços – Formação. Desenvolvimento econômico

Resumo

Atualmente um número considerável de países adota explicitamente o regime de metas para a inflação como uma referência para a condução da política monetária e como forma de afetar as expectativas do público. A política monetária, sob o regime de metas de inflação, é conduzida fundamentalmente baseada na manipulação de um único instrumento de controle da inflação – a taxa de juros. Contudo, advoga-se que a insistência no uso exclusivo desse instrumento traz consequências negativas para a formação de expectativas sobre o potencial de crescimento da economia. Nesse sentido, o presente trabalho tem como objetivo explicitar o processo de formação de preços em economias de mercado e discutir como a política monetária, sob o regime de metas de inflação, atua de maneira satisfatória sobre a formação de expectativas para a inflação, mas de maneira nociva sobre a formação das expectativas de crescimento do produto a longo prazo.

Abstract

Recently a number of countries have adopted explicit inflation targets as a guide for policy since a numerical target is attractive for anchoring inflation expectations. Monetary policy, under inflation targeting, is implemented grounded on handling only one instrument to control inflation – the interest rate. Nevertheless, the perseverance on using this kind of rule brings negative consequences for the expectations about potential economic growth. Hence, the paper aims at making evident the process of price-making in market economies and discuss how the monetary policy, under inflation targeting, affects positively the process of inflation expectations formation, however with harmful consequences upon expectations regarding the output growth.

Key words: Inflation targeting. Pricing. Economic development

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Caldas Montes, Universidade Federal Fluminense

Doutor em Economia pela Universidade Federal Fluminense. Ênfase em Teoria Econômica e Economia Aplicada (Macroeconomia, Economia Monetária, Política Monetária e Fiscal). 

Carmem Aparecida Feijó, Universidade Federal Fluminense

Carmem Aparecida Feijó – Economista pela UFRJ (1974), mestrado em Economia da Produção pela UFRJ (1977), doutorado em Economia pela University College London (1988). Professora Associada da UFF.

Referências

ANGERIZ, A.; ARESTIS, P. Has inflation targeting had any impact on inflation?” Journal of Post Keynesian Economics, Summer, v. 28, n. 4, p. 559, 2006.

ARESTIS, P.; MILBERG, W. Degree of monopoly, pricing, and flexible exchange rates. Journal of Post Keynesian Economics, Winter, v. 16, n. 2, p. 167, 1993-1994.

BATINI, N.; MARTIN, B.; SALMON, C. Monetary policy and uncertainty. Bank of England Quarterly Bulletin, May, 1999.

BERK, J. M. Monetary transmission: what do we know and how can we use it? BNL Quarterly Review, n. 205, 1998.

BERNANKE, B. S. A Perspective on inflation targeting. At the Annual Washington Policy Conference of the National Association of Business Economists, Washington, D.C., March 25, 2003.

BERNANKE, B. S; LAUBACH, T.; MISHKIN, F. S.; POSEN, A. Inflation targeting: lessons from the international experience. Princeton University Press, 1999.

CARVALHO, F. C. Políticas econômicas para economias monetárias. In: LIMA, G. T.; SICSÚ, J.; DE PAULA, L. F. (Org). Macroeconomia moderna: Keynes e a economia contemporânea. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

CARVALHO, F. C. et al. Economia monetária e financeira: teoria e prática. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

DAVIDSON, P. Money and the real world. 2. ed. New York: Macmillan, 1978.

DE MENDONÇA, H. F. Mecanismos de transmissão monetária e a determinação da taxa de juros: uma aplicação da regra de Taylor ao caso brasileiro. Economia e Sociedade, Campinas, n. 16, p. 65-81, 2001.

DEQUECH, D. Expectations and confidence under uncertainty. Journal of Post Keynesian Economics, v. 21, n. 3, Spring, 1999a.

DEQUECH, D . Uncertainty, conventions and short-term expectations. Brazilian Journal of Political Economy (REP), v. 19, n. 3 (75), Jul./Sept. 1999b.

DOW, S. C. Uncertainty and monetary policy. Oxford Economic Papers, n. 56, 2004.

ECB. Monetary policy-making under uncertainty. ECB Monthly Bulletin, Nov. 2001.

EICHNER, A. S. A theory of determination of the mark-up under oligopoly. The Economic Journal, London, v. 83, n. 332, p. 1184-1200, 1973.

EICHNER, A. S. The Megacorp and Oligopoly – micro foundations of macro dynamics. Cambridge: Cambridge University Press, 1976.

EICHNER, A. S. Toward a new economics: Essays in post-Keynesian and intuitionalist theory. Nova York: M. E. Sharpe, 1985.

FEIJÓ, C. A. A firma em um ambiente inflacionário. Análise Econômica, Porto Alegre, v. 11, n. 19, p. 122-135, 1993a.

FEIJÓ, C. A. Decisões empresariais em uma economia monetária de produção: notas para uma teoria pós-keynesiana da firma. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 13, n. 1, p. 82-100, 1993b.

HARCOURT, G. C.; KENYON, P. Pricing and the investment decision. Kyklos, v. 3, n. (3), p. 33-50, 1976.

KALECKI, M. Teoria da dinâmica econômica: ensaios sobre as mudanças cíclicas e a longo prazo da economia capitalista. In: Keynes/Kalecki. São Paulo: Abril Cultural, 1952. (Os Pensadores).

KANDIR, A. A dinâmica da inflação. São Paulo: Nobel, 1989.

KENYON, P. Pricing. In: EICHNER, A. S. (Org.). A guide to post-keynesian theory. White Plains, NY: M. E. Sharpe, 1979.

KOZICKI, S. How useful are Taylor rules for monetary policy? Economic Review (Federal Reserve Bank of Kansas City), Second quarter, 1999.

MINSKY, H. P. Stabilizing an unstable economy. New Haven: Yale University Press, 1986.

MINSKY, H. P. Induced investment and business cycles. Edward Elgar Publishing, 2004.

MISHKIN, F. S. Symposium on the monetary transmission mechanism. Journal of Economic Perspectives, v. 9, n. 4, Fall, 1995.

MISHKIN, F. S. What should Central Banks do? Federal Reserve Bank of St. Louis Review, Nov./Dec. 2000.

MISHKIN, F. S. Can inflation targeting work in emerging market countries? NBER Working Papers Series, 2004. (WP 10646). Disponível em: http://www.nber.org/papers/w10646.

MISHKIN, F. S. Monetary policy strategy. The MIT Press, 2007.

MISHKIN, F. S; SCHMIDT-HEBBEL, K. A decade of inflation targeting in the world: what do we know and what do we need to know. In: LOAYZA, Norman; SOTO, Raimundo (Ed.). Inflation targeting: design, performance, challenges. Central Bank of Chile, 2002.

MONTES, G. C. Metas de inflação em perspectiva: a influência do trinômio reputaçãocredibilidade-transparência sobre a economia. Revista de Economia Política, v. 28, n. 4 (112), p. 648-668, 2008.

MONTES, G. C; FEIJÓ, C. A. Reputação, credibilidade e transparência da autoridade monetária. Economia e Sociedade, Campinas, v. 16, n. 2, p. 151-170, 2007.

NELL, E. J. Demand, pricing and investment. In: MILBERG, Willian (Org.). The Megacorp & Macrodynamics: essays in memory of Alfred Eichner. M. E. Sharpe, 1992.

OREIRO, J. L. C.; PASSOS, M. O. A governança da política monetária brasileira: análise e proposta de mudança. Indicadores Econômicos, FEE, Porto Alegre, v. 33, n. 1, p. 157- 168, 2005.

PENROSE, E. (1959). The theory of the growth of the firm. 2nd. ed. Oxford: Basil Blackwell, 1980.

SHAPIRO, N. Pricing and the growth of the firm. Journal of Post Keynesian Economics, v. IV, n. 1, Fall, 1981.

SHAPIRO, N; SAWYER, M. Post Keynesian price theory. Journal of Post Keynesian Economics, v. 25, n. 3, p. 355, Spring, 2003.

SICSÚ, J. Políticas não-monetárias de controle da inflação: uma proposta pós-keynesiana. Revista Análise Econômica, ano 21, n. 39, jan./mar. 2003.

SVENSSON, L. Monetary policy and inflation targeting. NBER Reporter, Winter, 1997- 1998.

SVENSSON, L. How should monetary policy be conducted in an era of price stability? NBER Working Paper, Oct. 1999.

TAYLOR, J. Discretion versus policy rules in practice. Carneige-Rochester Conference on Public Policy, 39, p. 195-214, 1993.

TAYLOR, J. The monetary transmission mechanism: an empirical framework. Journal of Economic Perspectives, v. 9, n. 4, Fall, 1995.

TRUMAN, E. M. Inflation targeting in the world economy. Washington, D.C: Institute for International Economics, 2003.

WOOD, A. A theory of profits. London: Cambridge University Press, 1975.

Downloads

Publicado

2016-01-08

Como Citar

MONTES, G. C.; FEIJÓ, C. A. Decisão de preços em economias monetárias e metas de inflação: a difícil conciliação entre crescimento e estabilidade de preços. Economia e Sociedade, Campinas, SP, v. 18, n. 3, p. 469–491, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8642748. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos