Desigualdade da distribuição da renda no Brasil: a contribuição de aposentadorias e pensões e de outras parcelas do rendimento domiciliar per capita

Palavras-chave: Desigualdade. Progressividade. Decomposição do índice de Gini. Distribuição da renda – Brasil – 2007.

Resumo

Inicialmente são discutidos problemas metodológicos relacionados com a mensuração da progressividade ou regressividade de uma parcela da renda, ou seja, da sua contribuição para reduzir ou acentuar a desigualdade da distribuição da renda. Em seguida, os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2007 são usados para analisar a distribuição do rendimento domiciliar per capita no Brasil, verificando como o rendimento do trabalho (de militares e funcionários públicos, de outros empregados, dos conta-própria e dos empregadores), as aposentadorias e pensões, o rendimento de aluguéis e outras parcelas do rendimento afetam a desigualdade de renda no Brasil. Finalmente, é analisada a contribuição dessas parcelas para a redução do índice de Gini da distribuição do rendimento domiciliar per capita (RDPC) no Brasil entre 2001 e 2007. Verifica-se que quase 50% dessa redução no índice de Gini está associada a modificações no rendimento dos salários no setor privado. Outra conclusão é a de que as aposentadorias e pensões oficiais são regressivas, ainda que as alterações ocorridas nos últimos anos tenham contribuído para a redução do índice de Gini.

Abstract

The paper starts with a discussion of methodological problems that arise when measuring whether a component of total income is progressive or regressive, v.g., whether such component contributes to reduce or to increase the inequality of the income distribution. Next, it examines the data of the last National Sample Survey of Households of Brazil (PNAD, 2007), to update the analysis of the distribution of per capita household income in Brazil and verify how income from work (of the military and civil servants, of other employees, of self-employed and of employers), from pensions, from rents and from other components of income influence income inequality in Brazil. Finally, it examines how each of these components contributed to reduce the Gini index of the distribution of per capita household income in Brazil in the period 2001-2007. It becomes evident that about 50% of such reduction in the Gini index is associated with changes in the income component “wages in the private sector”. Another conclusion is that the pensions provided by the official system are regressive, even though changes in the income from pensions in the last years have contributed to the reduction of the Gini index.

Key words: Inequality. Progressivity. Gini index decomposition by factor components. Brazil – Income distribution – 2007

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodolfo Hoffmann, Universidade Estadual de Campinas
Possui graduação em Agronomia (1965), mestrado em Ciências Sociais Rurais (1967), doutorado em Economia Agrária (1969) e títulos de Livre Docente (1971) e Professor Titular (1981), sempre pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ) da Universidade de São Paulo (USP).

Referências

BARROS, Ricardo Paes de. Resultados de pesquisa divulgados em reportagem de Fernando Dantas intitulada “Renda dos mais pobres cresce abaixo da média da população”. O Estado de São Paulo, 2 nov. 2008, p. B10.

________; FOGUEL, Miguel Nathan; ULYSSEA, Gabriel (Org.). Desigualdade de renda no Brasil: uma análise da queda recente. Brasília: IPEA, 2006, 2007. 2 v.

DEDECCA, Cláudio Salvadori; BALLINI, Rosângela; MAIA, Alexandre Gori.

Rendimentos previdenciários e distribuição de renda. In: FAGNANI, E.; POCHMANN, M. (Org.). Debates contemporâneos: economia social e do trabalho, n. 1: Mercado de trabalho, relações sindicais, pobreza e ajuste fiscal. São Paulo, LTr, 2007. p. 172-179.

FERREIRA, Carlos Roberto. Aposentadorias e distribuição da renda no Brasil: uma nota sobre o período 1981 a 2001. Revista Brasileira de Economia, v. 60, n. 3, p. 247-260, jul./set. 2006.

HOFFMANN, Rodolfo. Inequality in Brazil: the contribution of pensions. Revista Brasileira de Economia, v. 57, n. 4, p. 755-773, out./dez. 2003.

________. Transferência de renda e redução da desigualdade no Brasil e em cinco regiões, entre 1997 e 2005. In: BARROS, R. P.; FOGUEL, M. N.; ULYSSEA, G. (Org.).

Desigualdade de renda no Brasil: uma análise da queda recente. Brasília: IPEA, 2007a.

v. 2, p. 17-40.

________. Desigualdade de renda no Brasil em 2005 e sua decomposição. In: ANÁLISE da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – PNAD 2005. Livro 3: Pobreza e Desigualdade. Brasília: CGEE, 2007b. p. 157-183. (Centro de Gestão e Estudos Estratégicos), em CD.

________; LEONE, Eugênia Troncoso. Participação da mulher no mercado de trabalho e desigualdade da renda domiciliar per capita no Brasil: 1981-2002. Nova Economia, Belo Horizonte, v. 14, n. 2, p. 35-58, maio/ago. 2004.

HOFFMANN, Rodolfo; NEY, Marlon Gomes. A recente queda da desigualdade de renda no Brasil: análise de dados da PNAD, do Censo Demográfico e das Contas Nacionais.

Econômica, Rio de Janeiro, v. 10, n. 1, p. 7-39, jun. 2008.

IPEA. Comunicado da Presidência n. 9. PNAD 2007: primeiras análises. 2008a. v. 1: Pobreza e mudança social. Disponível em: .

________. Comunicado da Presidência n. 10. PNAD 2007: primeiras análises. 2008b.

v. 2: Mercado de trabalho, trabalho infantil, previdência. Disponível em: .

NERI, Marcelo; CARVALHAES, Luisa. Será esta década a da igualdade? Conjuntura Econômica, v. 62, n. 10, p. 48-51, out. 2008.

NICHOLSON, Brian. A previdência injusta: como o fim dos privilégios pode mudar o Brasil. São Paulo: Geração Editorial, 2007.

SILVEIRA, Fernando Gaiger. Tributação, previdência e assistência sociais: impactos distributivos. 2008. 149p. Tese (Doutorado em Economia Aplicada)–Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, 2008.

SOARES, Fábio Veras; SOARES, Sergei S. D.; MEDEIROS, Marcelo; OSÓRIO, Rafael G. Programas de transferência de renda no Brasil: impactos sobre a desigualdade. In: BARROS, R. P.; FOGUEL, M. N.; ULYSSEA, G. (Org.). Desigualdade de renda no Brasil: uma análise da queda recente. Brasília: IPEA, 2007. v. 2, p. 87-129.

Publicado
2016-01-08
Como Citar
Hoffmann, R. (2016). Desigualdade da distribuição da renda no Brasil: a contribuição de aposentadorias e pensões e de outras parcelas do rendimento domiciliar per capita. Economia E Sociedade, 18(1), 213-231. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8642772
Seção
Notas

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 > >>