Estratégias de desenvolvimento do turismo: em busca de uma tipologia

Autores

  • Márcia Maria de Oliveira Bezerra Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Palavras-chave:

Turismo. Financiamento do turismo. Políticas de turismo. Turismo internacional. Empresas de turismo

Resumo

O presente artigo se dispõe a elaborar uma proposta de tipologia sobre o desenvolvimento do turismo a partir da análise de algumas variáveis-chave que condicionam a evolução do setor em diferentes países. Para tanto, aborda a organização dos negócios turísticos privados e aspectos das políticas de estímulo adotadas pelos governos mexicano e português para coordenar a expansão do turismo em seus territórios. A proposta tipológica poderá fornecer elementos iniciais para avaliar políticas de turismo e examinar as possibilidades de inserção de um país como destino turístico no mercado internacional.

Abstract

The present article aims to elaborate a proposal of typology about tourism development based on the analysis of some key variables which conditionate the evolution of the sector in different countries. With this objective, it covers the organization of private touristic business, besides aspects of stimulating policies adopted by Mexican and Portuguese governments to coordinate the expansion of tourism in their territories. The proposed typology can offer starting elements to evaluate touristic policies and explores the possibilities of insertion of a country as a touristic destination in the international market.

Key words: Tourism. Tourism financing. Tourism policies. International tourism. Tourism corportions

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcia Maria de Oliveira Bezerra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte(1986), mestrado em Economia pela Universidade Federal da Paraíba(1993) e doutorado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas(2002). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Monetária e Fiscal. Atuando principalmente nos seguintes temas:turismo internacional, financiamento, política governamental, Infra-estrutura, política de turismo.

Referências

BARNES, I.; BARNES, P. Tourism policy in the European Community. In: POMPL, W.; LAVERY, P. Tourism in Europe: structures and developments. Wallingford: CAB International, 1993.

BENNETT, O. Financing for tourism projects in developing countries. In: SEATON, A. V. (Org.). Tourism: the state of the art. New York: John Wiley and Sons, 1994.

BEZERRA, M. M. O. Turismo e financiamento: o caso brasileiro à luz das experiências internacionais. Campinas, SP: Papirus, 2005. (Coleção Turismo).

CARNEIRO, R. Globalização financeira e inserção periférica. Economia e Sociedade, Campinas, n. 13, dez. 1999.

CARVALHO, J. F. C. et al. (Org.). Economia monetária e financeira: teoria e política. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

ELIAS, N. O processo civilizador. Rio de Janeiro: Zahar, 1990.

EDWARDS, J.; SAMPAIO, F. Tourism in Portugal. In: POMPL, W.; LAVERY, P. (Org.). Tourism in Europe: structures and developments. Wallingford: CAB International, 1993.

EMBRATUR – Instituto Brasileiro de Turismo. Anuário Estatístico Embratur. Brasília, 2003.

FONATUR – Fondo Nacional del Fomento al Turismo. Financiamiento. Disponível em: <http://www.fonatur.gob.mx>.

FOSTER, D. Viagens e turismo: manual de gestão. Mem Martins: Cetop, 1992.

FURTADO, C. A fantasia organizada. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

GAZETA MERCANTIL. Panorama Setorial: a indústria hoteleira. São Paulo: Gazeta Mercantil, abr. 1999. 3v.

HOLLOWAY, J. C. The business of tourism. London: Pitman, 1989.

INSKEEP, E. Tourism planning: an integrated and sustainable development approach. New York: John Wiley and Sons, 1991.

INSTITUTO DE FINANCIAMENTO E APOIO AO TURISMO – IFT. Linhas de actuação. Disponível em: <http://www.ifturismo.min-economia.pt>.

INTERNATIONAL MONETARY FUND – IMF. World Economic Outlook. Washington, DC: International Monetary Fund, May 1997.

JENKINS, C. L. Tourism policies in developing countries. In: MEDLIK, S. (Org.).

Managing tourism. Oxford: Butterworth-Heinemann, 1991.

KRIPPENDORF, J. Sociologia do turismo: para uma nova compreensão do lazer e das viagens. São Paulo: Aleph, 2000. (Série Turismo).

LAGE, B. H. G.; MILONE, P. C. A economia do turismo. Campinas: Papirus, 1991.

________; MILONE, P. C. Impactos socioeconômicos do turismo. Revista de Administração da USP, São Paulo, v. 33, n. 4, out./dez. 1998.

LEWIS, J.; WILLIAMS, A. M. (1988). Portugal: market segmentation and regional specialization. In: WILLIAMS, A. M.; SHAW, G. (Org.). Tourism and economic development: western European experiences. 2. ed. London: Belhaven Press, 1991.

LICKORISH, L. J.; JENKINS, C. L. Introdução ao turismo. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

McINTOSH, R. W. Tourism: principles, practices, philosophies. Columbus: Grid, 1972.

MINSKY, H. P. Can “it” happen again? Essays on instability and finance. New York: M. E. Sharp, 1982.

________. Stabilizing an unstable economy. New Haven: Yale University Press, 1986.

ORGANIZACIÓN MUNDIAL DEL TURISMO – OMT. Tendencias del mercado turístico – Las Américas. Madrid, 1999a.

________. Mercados emisores de turismo. Madrid, 1999b.

________. Tourism highlights. Madrid, 2002.

ONU. Fundo de população. World population prospects: the 1998 revision. comprehensive tables. New York, 1998. v. I.

ORMEROD, P. O efeito borboleta. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

PETROCCHI, M. Gestão de pólos turísticos. São Paulo: Futura, 2001.

POE. Orçamento. Disponível em: <http://www.poe.min-economia.pt>. Acesso em: 3 jul. 2001.

POON, A. Tourism, technology and competitive strategies. Wallingford: CAB International, 1993.

RIBEIRO, G. L.; BARROS, F. L. A corrida por paisagens autênticas: turismo, meio ambiente e subjetividade no mundo contemporâneo. In: SERRANO, C. M. T.; BRUHNS, H. T. (Org.). Viagens à natureza: turismo, cultura e ambiente. Campinas: Papirus, 2001. (Coleção Turismo).

SCHLÜTER, R. G. Tourism development: a Latin American perspective. In: THEOBALD, W. F. (Org.). Global tourism. 2. ed. Oxford: Butterworth-Heinemann, 1998.

STUDART, R. Estado, mercados e o financiamento do desenvolvimento. Rio de Janeiro: UFRJ/IE, jun. 1997. (Texto para Discussão IE/UFRJ, n. 390).

SWARBROOKE, J. Turismo sustentável: setor público e cenários geográficos. São Paulo: Aleph, 2000. v. 3. (Série Turismo).

TRIBE, J. The economics of leisure and tourism: environments, markets and impacts. Oxford: Butterworth-Heinemann, 1995.

ZYSMAN, J. Governments, markets and growth. Ithaca, NY: Cornell University Press, 1983.

Downloads

Publicado

2016-01-13

Como Citar

BEZERRA, M. M. de O. Estratégias de desenvolvimento do turismo: em busca de uma tipologia. Economia e Sociedade, Campinas, SP, v. 15, n. 2, p. 347–374, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8642912. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos