Banner Portal
A investigação da renda nas pesquisas domiciliares
PDF

Palavras-chave

Renda. Rendimento. Pesquisa domiciliar

Como Citar

ROCHA, Sonia. A investigação da renda nas pesquisas domiciliares. Economia e Sociedade, Campinas, SP, v. 12, n. 2, p. 205–224, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8643065. Acesso em: 19 maio. 2024.

Resumo

Desde 1967, quando a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios foi criada, a investigação dos quesitos de rendimento tem passado por transformações com o objetivo de captar de forma progressivamente mais abrangente e fidedigna o valor do rendimento das pessoas, sejam eles oriundos do trabalho ou de outras fontes. O objetivo deste texto é o de, com base na forma de investigação atualmente adotada, avaliar as questões conceituais e metodológicas envolvidas, e sugerir alterações e aperfeiçoamentos que poderiam tornar a informação mais adequada para atender aos seus múltiplos usos. Foram adotados como pressuposto e restrição que a investigação manterá sua característica básica de realizar-se apenas uma vez por ano, tendo como referência o mês de setembro.

Abstract

Since 1967, when the National Household Survey (PNAD) was created, the investigation of income has been through a series of changes so as to obtain the value of different components of personal income more accurately and thoroughly. Based on the PNAD as it is designed today, this article is aimed at evaluating conceptual and methodological questions involved in the investigation of income items, and to suggest some changes that, if contemplated, could improve the income information obtained. To restrict our object, we have taken for granted that the survey will maintain its basic characteristic, that is, it will take place only once a year, having September as its month of reference.

Key words: Income; Income survey; Household survey

PDF

Referências

FERES, Juan Carlos. Sobre el método de medición de la pobreza: notas para discusión.

Lima: CEPAL, 1995. 34p. (Mimeogr.). HOFFMANN, Rodolfo. Informações necessárias para a análise da distribuição de renda no Brasil. Estudos CEBRAP, São Paulo, n. 21, p. 159-167, 1977.

IBGE. A Revisão da PNAD – A questão conceitual e relatório de contribuições. Rio de Janeiro: IBGE, abr. 1991. (Textos para Discussão, n. 46).

IBGE. Manual de Entrevista da Pesquisa Básica – PNAD de 1992.

JORGE, Angela F. et al. Proposta Preliminar para o Corpo Básico da PNAD – 1985. Rio de Janeiro: IBGE, 1985. (Mimeogr.).

MÉDICI, André Cézar. Notas interpretativas sobre a variável ‘renda’ nos censos demográficos. In: ABEP. Censos, consensos, contra-censos. Ouro Preto, 1984. p. 75- 107.

________. A mensuração da subjetividade: notas sobre a variável renda nas PNADs. In: SAWYER (Org.). PNADs em foco – Anos 80. [s.l.]: ABEP, 1988. p. 121-151.

NISHIZAKI, F., YAMADA, Y., ANDO, E. Income distribution in Japan. Tóquio: Economic Research Institute, 1997. (Mimeogr.).

ROCHA, Sonia. Trabalho precoce – Realidade social e desafio de política pública. Nova Economia, 2003. (no prelo).

________. A investigação do rendimento na PNAD – Comentários e Sugestões à Pesquisa nos Anos 2000. Rio de Janeiro: IPEA, ago. 2002. (Texto para Discussão, n. 899).

SILVA, José Graziano, DEL GROSSI, Mauro Eduardo. A mudança no conceito de trabalho nas novas PNADs. Economia e Sociedade, Campinas, n. 8, p. 1-16, jun. 1997.

A Economia e Sociedade utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.