Mudanças na estrutura de ocupações e no nível dos rendimentos do trabalho na Região Metropolitana de São Paulo

  • Paulo Eduardo de Andrade Baltar Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Mercado de trabalho – São Paulo, Região Metropolitana de (SP). Ocupação. Renda – Distribuição

Resumo

Este artigo estuda, com dados da PNAD, as mudanças no nível e na estrutura do emprego e no poder de compra da renda do trabalho, na Região Metropolitana de São Paulo, entre 1992 e 1998. Foram considerados setores de atividade, tipo e posição na ocupação e a população ocupada com rendimento positivo foi classificada em estratos de renda, destacando-se os dois extremos, formados pelos 20% mais pobres e pelos 10% mais ricos.

Abstract

This paper deals about the changes in the level and the structure of employment and the purchasing power of income work in the São Paulo metropolitan area between 1992 and 1999 using individual data from a national survey (PNAD). Activity sectors and position in occupation were considered and the occupied population with positive incomes was classified in four categories with the two extremes formed by the 20% more poor and the 10% more rich.

Key words: Labor market. Occupation. Income distribution

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Eduardo de Andrade Baltar, Universidade Estadual de Campinas
Possui graduação em Ciencias Economicas e Administrativas pela Universidad de Chile(1971), mestrado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas(1977) e doutorado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas(1985). Atualmente é Professor Associado da Universidade Estadual de Campinas. 

Referências

BALTAR, P. Estagnação da economia, abertura e crise do emprego urbano no Brasil. Economia e Sociedade, Campinas, n. 6, jun. 1996.

CACCIAMALI, M. C. A globalização e suas relações com o mercado de trabalho. In: MARQUES, R. M. (Org.). Mercado de trabalho e estabilização. Cadernos PUC Economia, São Paulo, n. 4, 1997.

________. Globalização e processo de informalidade. Economia e Sociedade, Campinas, n. 14, jun. 2000.

CARNEIRO, R. Reformas liberais, estabilidade e estagnação: a economia brasileira na década de 90. Campinas: Unicamp. IE, 2000. (Tese, Livre-Docência).

________. Padrões de consumo nos anos 1990 (evidências preliminares). Economia e Sociedade, Campinas, n. 17, dez. 2001.

CEPAL. Panorama social de América Latina 1999-2000. Santiago de Chile: Naciones Unidas, 2000.

COUTINHO, L., BALTAR, P., CAMARGO, F. Desempenho industrial e do emprego sob a política de estabilização. In: OIT-Mtb. Ajuste do mercado de trabalho no Brasil. 1999.

DEDECCA, C. Desemprego e regulação no Brasil hoje. Campinas: Unicamp. IE, 1996.

(Cadernos do CESIT, n. 20).

________. Anos 90: a estabilidade com desigualdade. Campinas: Unicamp. IE. CESIT, 2002. (Mimeogr.).

HENRIQUE, W. O capitalismo selvagem: um estudo sobre desigualdade no Brasil. Campinas: Unicamp. IE, 1999. (Tese, Doutorado).

KREIN, J. D. A reforma trabalhista de FHC: análise de sua efetividade. In: ENCONTRO NACIONAL DA ABET, 7, 2001, Salvador. Anais...

LEONE, E. T. Renda familiar e trabalho da mulher na região metropolitana de São Paulo. In: BALTAR DA ROCHA, M. I. (Org.). Trabalho e gênero: mudanças, permanências e desafios. São Paulo: Editora 34, 2000.

LOURENÇO, C. Características da inserção ocupacional dos jovens no Brasil. Campinas: Unicamp. IE, 2002. (Dissertação, Mestrado).

MATTOSO J., BALTAR, P. Estrutura econômica e emprego no Brasil: a experiência recente. In: VELLOSO, J. P. dos Reis (Org.). Brasil: desafios de um país em transformação. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 1997.

THUROW L. Generating inequality: mechanism of distribution in the U.S. economy. New York: Basic Books Inc. Publishers, 1975.

WAJNMANS, S., RIOS NETTO, E. Quantas serão as mulheres: cenários para a atividade feminina. In: BALTAR DA ROCHA, M. I. (Org.). Trabalho e gênero: mudanças, permanências e desafios. São Paulo: Editora 34, 2000.

Publicado
2016-01-26
Como Citar
Baltar, P. E. de A. (2016). Mudanças na estrutura de ocupações e no nível dos rendimentos do trabalho na Região Metropolitana de São Paulo. Economia E Sociedade, 11(2), 305-328. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8643084
Seção
Artigos