Terras devolutas e latifúndio

  • Plinio Arruda Sampaio Universidade de São Paulo

Resumo

Para captar a dinâmica da sociedade brasileira, Lígia Osório Silva centrou seu estudo1 na análise de uma decisão política de dimensão histórica: a Lei de Terras de 1850. A aprovação dessa lei, 30 anos após a independência, configura um momento crucial no processo de constituição do Estado e da própria classe dos proprietários de terras. Através de um levantamento histórico rigoroso, que descreve minuciosamente a ocupação das imensas extensões de terra inexploradas desde os tempos coloniais, a autora consegue caracterizar com precisão o problema a ser resolvido pela nova nação na metade do século passado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-02-02
Como Citar
Sampaio, P. A. (2016). Terras devolutas e latifúndio. Economia E Sociedade, 5(1), 197-199. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8643194
Seção
Artigos