Trajetória e dinâmica tecnológica da indústria de máquinas-ferramenta no Brasil

  • Glaison Augusto Guerrero Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Pedro Cézar Dutra Fonseca Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Máquinas-Ferramenta. Tecnologia. Economia brasileira. Aprendizado tecnológico. Bens de capital.

Resumo

A trajetória do setor de máquinas-ferramenta (MF) no Brasil entre 1930 a 1980 é caracterizada por forte crescimento, embora poucas firmas do setor acumularam capacidades tecnológicas nesse processo. A reserva de mercado gerou demanda para tal crescimento, mas configurou a especialização setorial em produtos com menor conteúdo tecnológico tendo em vista o mercado internacional. O setor de MF no Brasil possui empresas com capacidade de adaptação das inovações internacionais para o mercado interno, e nesses processos ocorrem a criação e a assimilação de conhecimento com as atividades de P&D, licenciamento, interações produtor-usuário, com fornecedores e acesso a conhecimentos das matrizes no caso de filiais de empresas estrangeiras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Glaison Augusto Guerrero, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professor Adjunto do Departamento de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, RS, Brasil.

Pedro Cézar Dutra Fonseca, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professor Titular do Departamento de Economia e Relações Internacionais e da Pós-Graduação em Economia do Desenvolvimento da UFRGS, Porto Alegre, RS, Brasil. 

Referências

LCORTA, L. New economic policies and the diffusion of machine tools in Latin America. World Development, v. 28, n. 9, p. 1657-1672, 2000.

ARAÚJO, B. C. Indústria de bens de capital. In: DE NEGRI, J. A.; LEMOS, M. B. O núcleo tecnológico da indústria brasileira. Brasília: Ipea/Finep/ABDI, 2011. v.1, p. 409-514.

ARAÚJO JR., J.; CORREIA, P.; CASTILHO, M. Oportunidades estratégicas da indústria brasileira na década de 1990. In: VELLOSO, J. P. R. (Org.). Estratégia industrial e retomada do desenvolvimento. Rio de Janeiro: José Olympio, 1992.

BONELLI, R.; FAÇANHA, L. O. A indústria de bens de capital no Brasil: desenvolvimento, problemas e perspectivas. In: SUZIGAN, W. (Ed.). Indústria: política, instituições e desenvolvimento. Rio de Janeiro: Ipea, 1978. p. 309-372. (Série Monográfica).

COMISSÃO ECONÔMICA PARA AMÉRICA LATINA – CEPAL. The machine tools industry in Brazil: background material for the programming of its development. Santiago, Chile, ago., 1962, 130 p. Disponível em: https://repositorio.cepal.org/handle/11362/17855. Acesso em: 2 mar. 2017.

CHUDNOVSKY, D.; ERBER, F. E. El impacto del Mercosur sobre la dinámica del sector de máquinas-herramienta. In: TACCONE, J. J.; GARAY, L. J. (Ed.). Impacto sectorial de la integración en el Mercosur. Buenos Aires: BID/Intal, 1999, p. 573- 667.

CRUZ, H. N. Mudança tecnológica no setor metal-mecânico do Brasil: resultados de estudos de caso. Tese (Livre-Docência em Economia)–Faculdade de Economia e Administração, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1985. Publicação do Instituto de Pesquisa Econômica.

CRUZ, H. N. Competitividade da indústria de máquinas-ferramenta. Estudo da competitividade da indústria brasileira. Campinas: MCT/Finep/PADCT/IE-Unicamp, 1993. (Nota Técnica Setorial).

DE NEGRI, J. A.; SALERNO, M. S.; CASTRO, A. B. Inovações, padrões tecnológicos e desempenho das firmas industriais brasileiras. In: DE NEGRI, J. A.; SALERNO, M. S. (Org.). Inovações, padrões tecnológicos e desempenho das firmas industriais brasileiras. Brasília: Ipea, 2005. p. 5-46.

DE NEGRI, J. A.; LEMOS, M. B (Org.). O núcleo tecnológico da indústria brasileira. Brasilia: Ipea/Finep/ABDI, 2011.

ERBER, F. S. (Coord.) et al. Absorção e criação de tecnologia na indústria de bens de capital. Rio de Janeiro: Arte Moderna, 1974. (Finep Série Pesquisas, n. 2).

ERBER, F. S.; VERMULM, R. Ajuste estrutural e estratégias empresariais. Rio de Janeiro: Ipea, 1993. (Série Ipea, n. 144).

FERRAZ, J. C. O desempenho tecnológico da indústria brasileira: padrão de maturação e seus determinantes. Pesquisa e Planejamento Econômico, Rio de Janeiro, v. 17, p. 437-456, ago. 1987.

FONSECA, P. C. D. Sobre a intencionalidade da política industrializante no Brasil na década de 1930. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 23, n. 1, p. 133-148, jan./mar. 2003.

FURTADO, C. Formação econômica do Brasil. São Paulo: Editora Nacional/ Publifolha, 2000.

LAPLANE, M. F.; FERREIRA, C. K. L. A indústria brasileira de bens de capital. Versão final do relatório setorial do convênio Unicamp-IE. Secretaria da Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo. Conselho Estadual de Política Industrial, Comercial e Agroindustrial, 1985.

MARSON, M. D. Origens e evolução da indústria de máquinas e equipamentos em São Paulo, 1870-1960. Tese (Doutorado em Economia)–Universidade de São Paulo, 2012.

SERRA, J. Ciclos e mudanças estruturais na economia brasileira do pós-guerra. In: BELLUZZO, L. G. M.; COUTINHO, R. (Org.). Desenvolvimento capitalista no Brasil: ensaios sobre a crise. 2. ed. Campinas: IE/Unicamp, 1983. v. 1, p. 56-121.

SUZIGAN, W. Política industrial no Brasil. In: SUZIGAN, W. (Ed.). Indústria: política, instituições e desenvolvimento. Rio de Janeiro: Ipea, 1978. p. 35-97. (Série Monográfica).

TAVARES, M. C. Acumulação de capital e industrialização no Brasil. Campinas: Editora da Unicamp, 1986.

TAUILE, J. R. A difusão de máquinas-ferramentas com controle numérico no Brasil. Pesquisa e Planejamento Econômico, Rio de Janeiro, v. 15, n. 3, p. 681-704, dez. 1985.

VERMULM, R. Estratégias empresariais nos anos 80: o setor de máquinas-ferramenta. Cadernos de Gestão Tecnológica, Fundação Instituto de Administração- FIA/Cyted, n. 30, 1996.

VERSIANI, F. R.; BASTOS, V. L. The Brazilian machine-tool industry: patterns of technological transfer and the role of the government. International Development Research Centre. Science and Technology Policy Instruments. Manuscript Report. Background Paper, Ottawa, n. 4, p. 1-36, Aug. 1982.

VERSIANI, F. R.; SUZIGAN, W. O processo brasileiro de industrialização: uma visão geral. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA ECONÔMICA, 10., 1990. Anais... Louvain, 1990.

VIDOSSICH, F. A indústria de máquinas-ferramenta no Brasil. Brasília: Ipea, 1974.

Publicado
2018-05-25
Como Citar
Guerrero, G. A., & Fonseca, P. C. D. (2018). Trajetória e dinâmica tecnológica da indústria de máquinas-ferramenta no Brasil. Economia E Sociedade, 27(1), 287-319. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8652549
Seção
Artigos