Muito ruído e poucas vozes: os discursos na Rio+20 e a governança global para o desenvolvimento sustentável

  • Roberto Pereira Guimarães Fundação Getulio Vargas
  • Yuna Souza dos Reis da Fontoura Fundação Getulio Vargas
Palavras-chave: Rio 20. Desenvolvimento sustentável. Discursos.

Resumo

Tomando como ponto de partida a perspectiva de análise de discurso, este ensaio tem por objetivo a avaliação crítica dos discursos que dominaram os debates durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável de junho de 2012 e, deste modo, aprofundar a análise dos desafios na agenda global do desenvolvimento sustentável, em grande parte frustrados na Conferência. Constata-se que os discursos da segurança alimentar, da insuficiência do Produto Interno Bruto (PIB) como métrica da sustentabilidade, da credibilidade científica, da economia verde e da importância do setor privado para o desenvolvimento sustentável, efetivamente, se destacaram e dominaram a reunião no Rio de Janeiro. Tais discursos evidenciam que, mais uma vez, os líderes mundiais negligenciaram o caráter de urgência que justificou a convocação da Rio+20.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Pereira Guimarães, Fundação Getulio Vargas
Doutor em ciência política; Professor e Coordenador do MBA em Gestão do Ambiente e Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas e Professor visitante do Doutorado em Ambiente e Sociedade da Universidade Estadual de Campinas; Fellow do Wissenschaftskolleg, Instituto de Estudos Avançados de Berlim; Pesquisador Principal da Dimensão Socio-Ecológica da Rede sobre Desigualdades na América Latina; Ex-Chefe de Análise Social e Política da ONU; Coordenador Técnico nas Conferências das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio-92, Rio+5 e Rio+10).
Yuna Souza dos Reis da Fontoura, Fundação Getulio Vargas

Doutora em Administração pela Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getulio Vargas (EBAPE/FGV), 2015. Coordenadora do curso de graduação em Administração da FGV/EBAPE. Acadêmica visitante da University of Essex, na Essex Business School, Essex Sustainability Institute, Reino Unido, 2013-2016. Mestre em Administração Pública pela EBAPE/FGV, 2011. Pós-graduada em Primeira Gerência em Marketing pela ESPM-RJ, 2008. Graduada em Administração Industrial pelo Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET-RJ), 2006.

Referências

ANGELO, C.; RODRIGUES, F; MENCHEN, D. Cúpula repete promessas e adia ações para 2015. Folha de São Paulo. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/1109292-cupula-repete-promessas-e-adia-acoes-para-2015.shtml. Acesso em: 25 jun. 2012.

ANTUNES, C.; ANGELO, C. Texto da Rio+20 será 'equilíbrio de descontentamentos', diz negociador. Folha de São Paulo. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/1106400-texto-da-rio20-sera-equilibrio-de-descontentamentos-diz-negociador.shtml. Acesso em: 18 jun. 2012.

BULCÃO, L. UE deve lutar contra a crise sem abandonar responsabilidades, afirma comissário europeu. VEJA. Disponível em: http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/ue-deve-lutar-contra-a-crise-sem-abandonar-responsabilidades-afirma-comissario-europeu. Acesso em: 17 jun. 2012.

BULLOCK, J. et al. Restoration of ecosystem services and biodiversity: conflicts and opportunities. Disponível em: http://www2.uah.es/josemrey/Reprints/Bullock_RestorationReview_TREE_2011_online.pdf. Acesso em: 12 jul. 2012.

BURRELL, G. Ciência Normal, Paradigmas, Metáforas, Discursos e Genealogia da análise. In: CLEGG, S. R. (Org.). Handbook de estudos organizacionais. São Paulo: Atlas, v.1, 1998.

CARVALHO, E. Falta de acordo seria fracasso do sistema internacional, diz ONU. G1. Disponível em: http://g1.globo.com/natureza/rio20/noticia/2012/06/falta-de-acordo-seria-fracasso-do-sistema-internacional-diz-onu.html. Acesso em: 20 jun. 2012.

CONSERVAÇÃO INTERNACIONAL. TEEB para o setor de negócios brasileiro é lançado na Rio+20: Iniciativa visa a dimensionar o valor econômico da biodiversidade para o setor de negócios no Brasil e identificar oportunidades associadas ao seu uso sustentável. 15 jun. 2012. Disponível em: http://www.conservation.org.br/noticias/noticia.php?id=608. Acesso em: 24 jul. 2012.

CORNFORD, F. M. Microscomograhpia Academica: Being a Guide for the Young Academic Politician. Cambridge: Bowes & Bowes,1908.

CÚPULA DOS POVOS. Rio+20: Documento final foi aprovado. Só três países expressaram reservas. Disponível em: http://cupuladospovos.org.br/2012/06/rio20-documento-final-foi-aprovado-so-tres-paises-expressaram-reservas/. Acesso em: 25 jun. 2012a.

CÚPULA DOS POVOS. Plenária de Soberania Alimentar debate os motivos da crise alimentar e as soluções camponesas. Disponível em: http://cupuladospovos.org.br/2012/06/plenaria-de-soberania-alimentar-debate-os-motivos-da-crise-alimentar-e-as-solucoes-camponesas/. Acesso em: 21 jun. 2012b.

DECLARAÇÃO DO CAPITAL NATURAL. Declaração do Capital Natural. Disponível em: http://www.naturalcapitaldeclaration.org/wp-content/uploads/2012/04/natural_capital_declaration_port.pdf. Acesso em: 2 ago. 2012.

DIAMOND, J. Colapso: Como as Sociedades Escolhem o Fracasso ou o Sucesso. Rio de Janeiro: Editora Record, 2006.

Food and Agriculture Organization (FAO). The State of Food Insecurity in the World. Rome: UN Food and Agriculture Organisation, 2009.

Food and Agriculture Organization (FAO). Summary Report of the Food Security Dialogue Day Organized by FAO, IFAD, WFP and Bioversity International. Disponível em: http://www.fao.org/rioplus20/33881-0ec3e5243e297d17e8f179d9219ab4ec3.pdf. Acesso em: 16 jul. 2012.

Friends of the Earth International (FOEI). Send a letter to reclaim the UN from corporate capture. Disponível em: http://www.foei.org/en/get-involved/take-action/reclaim-the-un-from-corporate-capture. Acesso em: 16 jun. 2012.

FORT, T.; SCHIPANI, C. The Role of Business in Fostering Peaceful Societies. New York: Cambridge University Press, 2004.

FOUCAULT, M. A arqueologia do saber. Lisboa; Porto: Vozes, 1972.

FOUCAULT, M. Estruturalismo e Pós-estruturalismo. In: Ditos & Escritos, v. II: Arqueologia das Ciências e História dos Sistemas de Pensamento. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2000.

FOUCAULT, M. A origem do discurso: aula inaugural no Collège de France, pronunciada em 2 de dezembro de 1970. São Paulo: Edições Loyola, 2009.

GREENPEACE. Rio+20: High Seas protection possible; right to food? US says:”delete”. Disponível em: http://www.greenpeace.org/international/en/news/Blogs/makingwaves/rio20-high-seas-protection-possible-right-to-/blog/40828/. Acesso em: 10 jun. 2012a.

GREENPEACE. Greenwash+20: How some powerful corporations are standing in the way of sustainable development. Disponível em: http://www.greenpeace.org/international/en/publications/Campaign-reports/Climate-Reports/GreenwashPlus20/. Acesso em: 15 jun. 2012b.

GREENPEACE. Rio+20: The Future We Want versus the Powerpoint they negotiate. Disponível em: http://www.greenpeace.org/international/en/news/Blogs/makingwaves/rio20-the-future-we-want-versus-the-powerpoin/blog/40658/. Acesso em: 15 jun. 2012c.

GREENPEACE. Um fracasso de proporções épicas. Disponível em: http://www.greenpeace.org/brasil/pt/Noticias/Um-fracasso-de-proporcoes-epicas/. Acesso em: 23 jun. 2012d.

GREGORY, P.; INGRAM, J.; BRKLACICH, M. Climate change and food security. Philosophical Transactions of the Royal Society, n. 360, p. 2139-2148, 2005.

GUIMARÃES, R.; FONTOURA, Y. A Natureza Ético-Política das Dimensões Humanas das Mudanças Ambientais Globais. Revista da ANPEGE, v. 6, p. 73-87, 2010.

HART, S. L. Capitalism at the crossroads: the unlimited business opportunities in solving the world’s most difficult problems. New Jersey: Wharton School, 2005.

MENEGHETTI, F. K. O que é um ensaio-teórico? Revista de Administração Contemporânea, v. 15, n. 2, p. 320-332, 2011.

MISOCZKY, M. C.; BÖHM, S. Do desenvolvimento sustentável à economia verde: a constante e acelerada investida do capital sobre a natureza. Cadernos EBAPE.BR, v. X, n. 3, p. 565-568, 2012.

MOTTA, F. C. P.; ALCADIPANI, R. O pensamento de Michel Foucault na teoria das organizações. Rausp, v. 39, n. 2, p. 117-128, 2004.

NOGUEIRA, I. Cúpula dos Povos rejeita negociação de governos. Folha de São Paulo. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/1105554-cupula-dos-povos-rejeita-negociacao-de-governos.shtml. Acesso em: 18 jun. 2012.

PIRES, M. Cientistas se reúnem para dar sugestões à Rio+20. VEJA. Disponível em: http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/comunidade-cientifica-se-reune-para-dar-sugestoes-a-rio-20. Acesso em: 14 jun. 2012a.

PIRES, M. Cientistas querem agricultores e ambientalistas trabalhando juntos. VEJA. Disponível em: http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/cientistas-querem-agricultores-e-ambientalistas-trabalhando-juntos. Acesso em: 14 jun. 2012b.

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUMA). Um novo balanço para as Nações: UNU-IHDP e PNUMA lançam um índice de sustentabilidade que vai além do PIB. Disponível em: http://www.pnuma.org.br/comunicados_detalhar.php?id_comunicados=213. Acesso em: 19 jun. 2012.

Rio Science Forum (RSF). Biodiversity: Nature as a Giant Library. Disponível em: http://rioscienceforum.wordpress.com/2012/06/15/biodiversity-nature-as-a-giant-library/. Acesso em: 20 jun. 2012a.

Rio Science Forum (RSF). A new contract between science and society: Rio Science Forum Day 1. Disponível em: http://rioscienceforum.wordpress.com/2012/06/12/a-new-contract-between-science-and-society-rio-science-forum-day-1/. Acesso em: 13 jun. 2012b.

Rio Science Forum (RSF). Green Economy and Rethinking Social and Economic Models. Disponível em: http://www.icsu.org/rio20/science-and-technology-forum/programme/forum%20recommendations/GreenEcononyandRethinkingSocialandEconomicModels.pdf. Acesso em: 10 de jul. 2012c.

SOUZA, M. 'Rascunho Zero da Rio+20 deveria ser Rascunho -5', diz Greenpeace. G1. Disponível em: http://g1.globo.com/amazonas/noticia/2012/03/rascunho-zero-da-rio20-deveria-ser-rascunho-5-diz-greenpeace.html. Acesso em: 24 abr. 2012.

United Nations Conference on Sustainable Development (UNCSD). Sobre a Rio+20. Disponível em: http://www.rio20.gov.br/sobre_a_rio_mais_20. Acesso em: 10 jul. 2012a.

United Nations Conference on Sustainable Development (UNCSD). The Future We Want. Disponível em: http://www.uncsd2012.org/content/documents/727The%20Future%20We%20Want%2019%20June%201230pm.pdf. Acesso em: 15 jul. 2012b.

United Nations Environmental Programme (UNEP). Global Environment Outlook (GEO-5): summary for policy makers. United Nations Environmental Programme. UNEP: Nairobi, 2012.

VEJA. Para UE, falta ambição ao Brasil em texto da Rio+20. VEJA. Disponível em: http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/para-ue-falta-ambicao-ao-brasil-em-texto-da-rio-20. Acesso em: 21 jun. 2012.

VIALLI, A. Especialistas afirmam que medição do PIB é “rústica e omissa”. Folha de São Paulo. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/1101675-especialistas-afirmam-que-medicao-do-pib-e-rustica-e-omissa.shtml. Acesso em: 21 jun. 2012.

VIOLA, E.; FRANCHINI, M. Os limiares planetários, a Rio+20 e o papel do Brasil. Cadernos EBAPE.BR, v. X, n. 3, p.470–491, 2012.

WATTS, J. Rio+20 Earth summit: scientists call for action on population. The Guardian. Disponível em: http://www.guardian.co.uk/environment/2012/jun/14/rio-earth-summit-population-consumption?newsfeed=true. Acesso em: 20 jun. 2012.

WILSON, S. Science is key to our sustainable future. Aljazeera. Disponível em: http://www.aljazeera.com/indepth/opinion/2012/06/20126211211472368.html. Acesso em: 15 jun. 2012.

World Wildlife Fund (WWF). Rio+20 tem que garantir que o futuro seja sustentável e justo. Disponível em: http://www.wwf.org.br/informacoes/noticias_meio_ambiente_e_natureza/?31584. Acesso em: 13 jun. 2012a.

Publicado
2013-04-04
Como Citar
Guimarães, R. P., & Fontoura, Y. S. dos R. da. (2013). Muito ruído e poucas vozes: os discursos na Rio+20 e a governança global para o desenvolvimento sustentável. Ideias, 3(2), 31-54. https://doi.org/10.20396/ideias.v3i2.8649347
Seção
Dossiê: Relações Brasil-China