Os sentidos da modernidade – Williams, Raymond Cultura e Sociedade: de Coleridge a Orwell. Trad. Vera Joscelyne. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011

Autores

  • Ugo Rivetti Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/ideias.v4i2.8649385

Palavras-chave:

Resenha.

Resumo

Cultura e sociedade (1958) foi concebido como um acerto de contas1 . Tratava-se, para Raymond Williams, de se contrapor à interpretação do processo histórico então em curso como uma ameaça aos “valores da cultura” levada à cabo por aquela que era então a principal corrente intelectual da cultura inglesa – à qual estavam fi liados algumas das grandes infl uências de sua geração, entre os quais T. S. Eliot e F. R. Leavis –, e que se reivindicava herdeira da grande tradição “romântico-humanista” inglesa do século XIX2 . Interessado em refutar essa interpretação da cultura e do presente histórico – para ele, conservadora, reacionária e antidemocrática –, Williams rejeita a compreensão dessa longa linhagem do pensamento social inglês como tradição literária na qual estariam conservados os verdadeiros valores humanos e, a partir daí, procura reavaliá-la e redefi ni-la enquanto tradição de crítica da sociedade industrial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ugo Rivetti, Universidade de São Paulo

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade de São Paulo (USP) e bolsista da FAPESP.

Referências

EAGLETON, Terry. A função da crítica. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

WILLIAMS, Raymond. Cultura e sociedade: de Coleridge a Orwell. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

WILLIAMS, Raymond. Politics and Le! ers: interviews with New Left Review. London: Verso, 1981.

Downloads

Publicado

2013-12-20

Como Citar

RIVETTI, U. Os sentidos da modernidade – Williams, Raymond Cultura e Sociedade: de Coleridge a Orwell. Trad. Vera Joscelyne. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011. Ideias, Campinas, SP, v. 4, n. 2, p. 145-152, 2013. DOI: 10.20396/ideias.v4i2.8649385. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ideias/article/view/8649385. Acesso em: 30 out. 2020.