Justiça: direito à justificação FORST, Rainer. The Right to Justification: elements of a constructivist Theory of Justice. New York: Columbia University Press, 2012.

  • Camila Gonçalves de Mario Universidade Estadual de Campinas
  • Danilo Arnaut Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Justiça - Resenha

Resumo

O livro é uma compilação de textos publicados pelo autor ao longo dos últimos dez anos e está dividido em três partes. Na primeira, Forst apresenta ao leitor as concepções que fundamentam sua teoria. Aqui estão presentes as ideias de razão prática, moralidade e o seu conceito de justiça. A segunda parte é dedicada à discussão de temas diretamente relacionados à justiça política social: a liberdade política e a autonomia do indivíduo. Com base nisso, o autor volta-se para a discussão acerca do multiculturalismo e da tolerância. Busca refletir sobre os modelos deliberativos de democracia (liberal e comunitário), propondo uma terceira alternativa a partir deles e examinando a noção de justiça social. Na terceira parte, Forst tematiza a problemática da justiça transnacional a partir de uma discussão sobre sua concepção construtivista de direitos humanos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Gonçalves de Mario, Universidade Estadual de Campinas
Doutora em Ciências Sociais (IFCH/UNICAMP). Pesquisadora do NEPPs (UNESP-Franca).
Danilo Arnaut, Universidade Federal do Paraná
Bacharel em Ciências Sociais, Mestre e Doutorando em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (IFCH-UNICAMP), é também graduando em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Estudou na Universidade de Darmstadt (TUD), na Universidade de São Paulo (USP), na Universidade de Duisburg-Essen (Uni DuE), em diferentes níveis e programas. No IFCH-UNICAMP, foi assistente docente na disciplina Politica II, atuou como Docente Estagiário (PED) nas disciplinas Sociologia Contemporânea I e Metodologia e Técnicas de Pesquisa. Na FFLCH-USP foi docente assistente voluntário na disciplina Contribuições da Sociologia para a Análise dos Riscos do Programa de pós-Graduação em Sociologia. É editor da Revista Idéias (IFCH-UNICAMP), pesquisador ad hoc do Núcleo de Estudos em Polícias Públicas (NEPPs-UNESP) e Professor Substituto no Departamento de Sociologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Referências

HABERMAS, J.; RAWLS, J. Débat sur la justice politique. Paris: Les

Editions du Cerf, 1997.

HABERMAS, J. Between facts and norms. Contributions to a discourse

theory of law and democracy. Massachusetts: The MIT Press,

Cambrigde, 1996.

MURPHY, L. “Institutions and the Demands of Justice”. In:

Philosophy & Public Affairs 27, 1999, pp. 251 – 291.

WERLE, D. “Construtivismo não metafísico’ e reconstrução ‘pósmetafísica’:

o debate Rawls – Habermas”. In: Marcos Nobre

e Luiz Repa (orgs.) Habermas e a Reconstrução. Sobre a

categoria central da teoria crítica habermasiana. Campinas, SP:

Papirus, 2012.

Publicado
2013-07-29
Como Citar
Mario, C. G. de, & Arnaut, D. (2013). Justiça: direito à justificação FORST, Rainer. The Right to Justification: elements of a constructivist Theory of Justice. New York: Columbia University Press, 2012. Idéias, 4(1), 245-252. https://doi.org/10.20396/ideias.v4i1.8649405

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)