Entre e Flauta e o Piano: A Música e a ocupação espacial na obra O Coruja, de Aluísio Azevedo

Autores

  • Maria Viana Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/ideias.v4i0.8649417

Palavras-chave:

Aluísio Azevedo. O Coruja. Favoritismo. Música

Resumo

Na obra O Coruja, de Aluísio Azevedo, podemos verifi car as complexas relações sociais próprias de um país onde a colonização, baseada na monocultura e no trabalho escravo, favoreceu a existência do homem livre, mas dependente das relações de favoritismo. Este artigo tem como objetivo percorrer essa obra na tentativa analisar a ocupação dos espaços físicos e simbólicos pelas personagens centrais do romance, mas tendo como ponto de partida as referências musicais que aparecem ao longo da trama.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Viana, Universidade de São Paulo

É mestre pelo programa de Culturas e Identidades Brasileiras do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo, onde defendeu dissertação sobre a obra O Coruja, de Aluísio Azevedo, e Bacharel em Letras (Português/ Francês) pela FFLCH-USP.

Referências

ANDRADE, M. Pequena História da Música. São Paulo : Martins, 1977.

AZEVEDO, A. O Coruja. São Paulo: Martins, 1963.

LEVIN, O. M. (Org.). Aluísio Azevedo. Ficção Completa, vols. I e II. Rio de Janeiro Aguilar, 2005.

SCHWARZ, R. Ao vencedor as batatas. São Paulo: Duas Cidades/Editora 34, 2008.

WISNIK, J. M. Algumas questões de música e política no Brasil. In: Cultura Brasileira: Temas e situações. Org. Alfredo Bosi. São Paulo: Ática 2006.

Downloads

Publicado

2014-04-26

Como Citar

VIANA, M. Entre e Flauta e o Piano: A Música e a ocupação espacial na obra O Coruja, de Aluísio Azevedo. Ideias, Campinas, SP, v. 4, p. 159–174, 2014. DOI: 10.20396/ideias.v4i0.8649417. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ideias/article/view/8649417. Acesso em: 18 out. 2021.