Banner Portal
Entre e Flauta e o Piano: A Música e a ocupação espacial na obra O Coruja, de Aluísio Azevedo
PDF

Palavras-chave

Aluísio Azevedo. O Coruja. Favoritismo. Música

Como Citar

Viana, M. (2014). Entre e Flauta e o Piano: A Música e a ocupação espacial na obra O Coruja, de Aluísio Azevedo. Ideias, 4, 159–174. https://doi.org/10.20396/ideias.v4i0.8649417

Resumo

Na obra O Coruja, de Aluísio Azevedo, podemos verifi car as complexas relações sociais próprias de um país onde a colonização, baseada na monocultura e no trabalho escravo, favoreceu a existência do homem livre, mas dependente das relações de favoritismo. Este artigo tem como objetivo percorrer essa obra na tentativa analisar a ocupação dos espaços físicos e simbólicos pelas personagens centrais do romance, mas tendo como ponto de partida as referências musicais que aparecem ao longo da trama.
https://doi.org/10.20396/ideias.v4i0.8649417
PDF

Referências

ANDRADE, M. Pequena História da Música. São Paulo : Martins, 1977.

AZEVEDO, A. O Coruja. São Paulo: Martins, 1963.

LEVIN, O. M. (Org.). Aluísio Azevedo. Ficção Completa, vols. I e II. Rio de Janeiro Aguilar, 2005.

SCHWARZ, R. Ao vencedor as batatas. São Paulo: Duas Cidades/Editora 34, 2008.

WISNIK, J. M. Algumas questões de música e política no Brasil. In: Cultura Brasileira: Temas e situações. Org. Alfredo Bosi. São Paulo: Ática 2006.

A Idéias utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.