Fortunes of Feminism (Fraser, 2013)

  • Enrico Paternostro Bueno da Silva Centro Universitário Salesiano de São Paulo
Palavras-chave: Resenha. Nancy Fraser. Teoria crítica. Feminismo.

Resumo

A filósofa norte-americana Nancy Fraser é um dos nomes mais reconhecidos no pensamento feminista contemporâneo. Tendo legado contribuições a diversas áreas da teoria social – tratando das disputas discursivas em torno do estabelecimento de políticas públicas, propondo uma crítica dos movimentos sociais “pós-socialistas” e desenvolvendo elementos para uma teoria da justiça não-distributivista e não-culturalista –, a autora é conhecida pela busca de conciliação entre uma teorização crítica de matriz frankfurtiana e formulações caras à perspectiva de gênero. Sua obra mais recente, Fortunes of Feminism, pode ser lida de duas maneiras: ao mesmo tempo em que é uma narrativa histórica das nuances do feminismo, desde a emergência da dita Nova Esquerda na década de 1960 até os dilemas presentes, também pode ser entendida como uma retrospectiva do pensamento da própria autora no período.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Enrico Paternostro Bueno da Silva, Centro Universitário Salesiano de São Paulo
Possui licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas - Unicamp (2010) e mestrado em Sociologia (2013) pela mesma instituição. É professor desde 2011, com experiência em educação social desde 2007. Atualmente é doutorando em Sociologia na Unicamp.
Publicado
2016-10-04
Como Citar
Silva, E. P. B. da. (2016). Fortunes of Feminism (Fraser, 2013). Ideias, 7(1), 349-357. https://doi.org/10.20396/ideias.v7i1.8649524