A ambivalência do pensamento de José Leite Lopes sobre Desenvolvimento em “Ciência e Libertação”

  • Alcides Eduardo dos Reis Peron Universidade Estadual de Campinas
  • Tildo Furlan Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: José Leite Lopes. Pensamento latino-americano. Ciência, tecnologia e sociedade. Desenvolvimento.

Resumo

Dotado de uma exuberante biografia, José Leite Lopes viveu e protagonizou o processo de institucionalização da ciência no Brasil e nos países latino-americanos. Assim, o objetivo desse artigo é realizar uma breve investigação acerca do pensamento em Ciência, Tecnologia e Sociedade desenvolvido pelo físico, atentando para o momento em que as suas observações se aproximam das realizadas pelo PLACTS (Pensamento Latino Americano em Ciência, Tecnologia e Sociedade). Para tanto, exploraremos as principais características do PLACTS, destacando a essência do pensamento de Leite Lopes. A partir disso, nos debruçaremos sobre as perspectivas de Celso Furtado acerca do desenvolvimento subordinado e subdesenvolvimento para analisarmos as posições de Leite Lopes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alcides Eduardo dos Reis Peron, Universidade Estadual de Campinas
Doutor em Política Científica e Tecnológica pela UNICAMP, pesquisador do Grupo de Análise de Políticas e Inovação DPCT-UNICAMP (GAPI) e do Grupo de Estudos em Tecnologias de Defesa e a Evolução do Pensamento Estratégico (GETED).
Tildo Furlan, Universidade Estadual de Campinas
Doutorando pelo Departamento de Política Científica e Tecnológica da UNICAMP.

Referências

AULER, D; DELIZOICOV, D. “Investigação de temas CTS no contexto do pensamento latino-americano”. Linhas Críticas, v. 21, n. 45, maio/ago., 2015.

BOURDIEU, P. Os usos sociais da ciência: Por uma sociologia crítica do campo científico. São Paulo: Ed. UNESP, 2004.

CARUSO, F. José Leite Lopes: ideias e paixões. Rio de Janeiro: Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas – CBPF, 1999.

DAGNINO, R. Neutralidade da ciência e determinismo tecnológico. Campinas: Editora da Unicamp, 2008.

DAGNINO, R. “O que é o PLACTS (Pensamento Latino-americano em Ciência Tecnologia e Sociedade)?”. Ângulo, n. 140, jan./mar., 2015.

DIAS, R. B. “Um tributo ao Pensamento Latino-Americano em Ciência, Tecnologia e Sociedade (PLACTS)”. Revista Espaço Acadêmico, n. 90, nov. 2008.

DIAS, R. B. Sessenta anos de política científica e tecnológica no Brasil. Campinas: Ed. UNICAMP, 2012.

DIAS, R. B.; DAGNINO, R. P. “A política de C&T brasileira: três alternativas de explicação e orientação”. Revista Brasileira de Inovação, v. 6, p. 373-403, 2008.

FREIRE JR, O; CLEMENTE, J. E. José Leite Lopes (28/10/1918-12/06/2006). 2006. Disponível em: www.fmauriciograbois.org.br/cdm/colecao-principios/150934-44573/2006-06-01/jose-leitelopes-28101918-12062006. Acesso em: 11/06/2018.

FURTADO, C. Criatividade e Dependência na civilização industrial. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

LOPES, J. L. Ciência e Libertação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1969.

MARCOLIN, N. “Movido a Paixões: José Leite Lopes, morto aos 87 anos, deixa vasto leque de realizações”. Revista Pesquisa FAPESP, ed. 125, jul. 2006.

MÉSZAROS, I. O Poder da Ideologia. São Paulo: Boitempo, 2004.

MORIN, E. Ciência com consciência. Tradução de Maria D.Alexandre e Maria Alice Sampaio Dória. 8. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005.

STENGERS, I. A Invenção das Ciências Modernas. São Paulo: Ed. 34, 2002.

STOKES, D.E. O quadrante de Pasteur: a ciência básica e a inovação tecnológica. Campinas: Ed. UNICAMP, 2005.

Publicado
2018-06-20
Como Citar
Peron, A. E. dos R., & Furlan, T. (2018). A ambivalência do pensamento de José Leite Lopes sobre Desenvolvimento em “Ciência e Libertação”. Ideias, 9(1), 221-246. https://doi.org/10.20396/ideias.v9i1.8652738