Análise das relações sino-brasileiras a partir da prisão de nove chineses no início do governo militar (1964)

  • Celiane Ferreira da Costa Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: História

Resumo

O artigo visa abordar o momento de aproximação e afastamento nas relações políticas entre Brasil e República Popular da China no início da década de 1960. Tomando como referência o caso de nove chineses que foram presos no Brasil quando os militares assumiram o governo, em 1964, é possível traçar um panorama de como se desenvolveram as relações sino-brasileiras no referido período. Esse momento de aproximação foi de extrema importância na construção das relações sino-brasileiras, que seriam estabelecidas em 1974. A análise baseia-se documentos emitidos pelo Ministério das Relações Exteriores e bibliografia sobre o tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Celiane Ferreira da Costa, Universidade Federal do Paraná
Mestrado em andamento na Universidade Federal do Paraná, departamento de História, linha de pesquisa Cultura e Poder. Pesquisadora discente no Núcleo de Estudos Mediterrânicos (NEMED/UFPR). Especialista em História Contemporânea e Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2012). Licenciada em História pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Referências

BILHETES DO PRESIDENTE JÂNIO QUADROS AO MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES. In: Cadernos do CHDD. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, ano V, n. 8, p. 313-484, 2006. Disponível em: http://funag.gov.br/loja/download/333-Cadernos_do_CHDD_N_08.pdf. Acesso em: 21 jun. 2018.

CERVO, A. L. (org.). O Desafio Internacional: a política exterior do Brasil de 1930 a nossos dias. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1994.

DANTAS, S. T. Política externa independente. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, 2011. Disponível em: http://funag.gov.br/loja/download/839-PolItica_Externa_Independente.pdf. Acesso em: 20 jun. 2018.

FGV. Conferência de Punta del Este. In: Dicionário Histórico-Biográfico Brasileiro - DHBB. Rio de Janeiro: FGV-CPDOC (Verbete). Disponível em: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-tematico/punta-del-este-conferencia-de. Acesso em: 21 jun. 2018.

GARCIA, E. V. (org.). Diplomacia brasileira e política externa: documentos históricos (1493-2008). Rio de Janeiro: Contraponto, 2008.

GUEDES, C.; MELO, M. F. de. O caso dos nove chineses: O escândalo internacional que transformou vítimas da ditadura militar brasileira em heróis de Mao Tsé-tung. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2014.

VIZENTINI, P. F. Relações internacionais e desenvolvimento: o nacionalismo e a política externa independente 1951-1964. Petrópolis: Editora Vozes, 1995.

VIZENTINI, P. F. Relações internacionais do Brasil: de Vargas a Lula. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2008.

Documentos - Arquivo do Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty) Brasília-DF.

AIDE-MEMÓIRE. Rio de Janeiro, [jul. 1962?]. Seção de Correspondência Confidencial, Caixa 5, Estante 581, Prateleira 2.

ALVES, D. de C. Memorandum para o Sr. Chefe do Gabinete. Rio de Janeiro, 3 jan. 1962. Seção de Correspondência Confidencial, Caixa 5, Estante 581, Prateleira 2.

CADAXA, Armindo Branco Mendes. Relações econômicas Brasil-República Popular da China. Brasília, 14 jun. 1963. Seção de Correspondência Especial, Memoranda Confidencial, 1963.

CASTRO, J. A. de A. Visto em passaporte. Wang Wei Shung. Chu Cing Sung. Pequim, 23 ago. 1961a. Seção de Correspondência Confidencial, Caixa 5, Estante 581, Prateleira 2.

CASTRO, J. A. de A. Relatório Político da Missão Comercial do Brasil à República Popular da China. Hong Kong, 4 set. 1961b. Seção de Correspondência Especial, Ofícios: Consulados e Delegações (1950/59), Ano: 1950/63, Caixa nº 18

CASTRO, J. A. de A. Exposição da República Popular da China. Rio de Janeiro, 31 jan. 1964. Seção de Correspondência Confidencial, Caixa 5, Estante 581, Prateleira 2.

DINIZ, Celso. Vinda ao Brasil de Missão comercial da República Popular da China. Rio de Janeiro, 28 ago. 1962. Seção de Correspondência Especial, Memoranda Confidencial, 1962 (jul a dez).

EXPOSIÇÃO DA REPÚBLICA POPULAR DA CHINA NO BRASIL. PEDIDO DE VISTOS. Rio de Janeiro, 5 abr. 1963a. Seção de Correspondência Confidencial, Caixa 5, Estante 581, Prateleira 2.

EXPOSIÇÃO DA REPÚBLICA POPULAR DA CHINA NO BRASIL. PEDIDO DE VISTO. Rio de Janeiro, 22 mai. 1963b. Seção de Correspondência Confidencial, Caixa 5, Estante 581, Prateleira 2.

OLIVEIRA, A. C. de; CAVALCANTI, T. B.; FRIEDRICH, L. da C. Missões comerciais e jornalistas da China Continental (Comunista). Relatório. Rio de Janeiro, 17 jun. 1964. Seção de Correspondência Confidencial, Caixa 5, Estante 581, Prateleira 2.

OURO PRETO, Carlos S. de. Missão Comercial à China. Rio de Janeiro, 24 jul. 1961. Seção de Correspondência Especial, Circulares, Despachos, Notas, Ofícios Expedidos, Pareceres e Memoranda. Embaixadas, Consulados, Diversos no Brasil. Ano: 1961/62. Caixaº 33.

PARTIDA DOS 9 CHINESES CONDENADOS PELA JUSTIÇA MILITAR. Rio de Janeiro, 19 abr. 1965. Seção de Correspondência Confidencial, Caixa 5, Estante 581, Prateleira 2.

SOARES, G. F. S. Visita de 3 senhoras chinesas que, acompanhadas de um representante da Cruz Vermelha chinesa vieram ver seus maridos, presos e à disposição da Justiça Militar. Rio de Janeiro, 14 set. 1964. Seção de Correspondência Confidencial, Caixa 5, Estante 356, Prateleira 1.

SOARES, G. F. S. Visita de 4 senhoras chinesas acompanhadas de um representante da Sociedade chinesa da Cruz Vermelha e um intérprete. Rio de Janeiro, 8 mar. 1965. Seção de Correspondência Confidencial, Caixa 5, Estante 356, Prateleira 1.

VISTO OFICIAL. WANG WEI SHUNG. CHU CING SUNG. Rio de Janeiro, 26 ago. 1961. Seção de Correspondência Confidencial, Caixa 5, Estante 581, Prateleira 2.

Fontes de Imprensa

CORREIO DA MANHÃ. LEGALIDADE USURPADA - GOVERNO. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 22 dez. 1964. p. 6. http://memoria.bn.br/DocReader/089842_07/58852>. Acesso em: 24 jun. 2018.

DIÁRIO DE NOTÍCIAS. MAO TSE MANDOU MATAR À CHINESA. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 4 abr. 1964. p. 1. http://memoria.bn.br/DocReader/093718_04/37684>. Acesso em: 28 jun. 2018.

DIÁRIO DE NOTÍCIAS. ESPIÕES CHINESES IAM ASSASSINAR LACERDA, KRUEL E CASTELO BRANCO. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 4 abr. 1964. p. 10. Disponível em: <http://memoria.bn.br/DocReader/093718_04/37693>. Acesso em: 28 jun. 2018.

Publicado
2019-04-12
Como Citar
Costa, C. F. da. (2019). Análise das relações sino-brasileiras a partir da prisão de nove chineses no início do governo militar (1964). Idéias, 9(2), 7-30. https://doi.org/10.20396/ideias.v9i2.8655178