‘We all want to change the world’

John Lennon, Yoko Ono e a nova esquerda

Palavras-chave: Yoko Ono, John Lennon, Nova esquerda, Engajamento.

Resumo

Este artigo tem por finalidade analisar, à luz do efervescente cenário dos anos 1960, o engajamento político de John Lennon e Yoko Ono, perceptível desde suas produções solo, e consolidado com o início de seu relacionamento, momento a partir do qual acabaram fortalecendo e ampliando seus atos artístico-políticos. Sendo assim, busca-se refletir sobre as produções musicais de tais artistas a partir da segunda metade da década 1960, demonstrando como também a música pode ser um ato revolucionário, para além dos protestos nas ruas, nos campi universitários e dos jornais e revistas undergrounds.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanessa Pironato Milani, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Doutoranda em História na Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Referências

ALI, T. O poder das barricadas: uma autobiografia dos anos 60. São Paulo: Boitempo, 2008.

ALMEIDA, K. C. de.; OLINTO, L. A experimentação como território: o legado indisciplinar de John Cage. 16. Urdimento, v.1, n.28, p. 15-34, Julho 2017.

COCKBURN, A.; BLACKBURN, R. (ed). Student power: problems, diagnosis, action. London: Penguin Books, 1969.

FENERICK, J. A.; MARQUIONI, C. E. As revoluções do Álbum branco: vanguardismo, Nova Esquerda e música pop. ArtCultura, Uberlândia, v. 17, n. 31, p. 21-37, jul.-dez. 2015.

INTERNATIONAL Times, London, p. 2, 21 abr., vol. 1, issue: 11, 1967.

INTERNATIONAL Times, London, p. 10, 9 abr. – 24 abr., vol. 1, issue: 77, 1970.

KENNY, M. The first new left: british intellectuals after Stalin. London: Lawrence & Wishart, 1995.

MARCUSE, H. A dimensão estética. Lisboa: Edições 70, 2007.

MITCHELL, J. A. John Lennon em Nova York: os anos de revolução. Rio de Janeiro: Valentina, 2015.

PERONE, J. Music of the counterculture era. Connecticut: Greenwood Press, 2004.

ROSZAK, T. A Contracultura: reflexões sobre a sociedade tecnocrática e a oposição juvenil. Petrópolis: Editora Vozes, 1972.

VALES, I. M. A. C., John Cage e a notação gráfica: música e artes visuais nos anos 1950-60 (dissertação), Mestrado em Criação Artística Contemporânea, DeCA, Universidade de Aveiro, 2016.

WIENER, J. Come Together: John Lennon in his time. Chicago: Illini book, 1991.

WILLIAMS, R. Marxismo e literatura. Rio de Janeiro: Zahar, 1979.

Publicado
2018-12-14
Como Citar
Milani, V. P. (2018). ‘We all want to change the world’. Idéias, 9(2), 189-208. https://doi.org/10.20396/ideias.v9i2.8655182
Seção
Seção livre