A contradição como motor do progresso

a civilização ecológica como etapa rumo à sociedade socialista moderna

Autores

  • Rui Miguel da Cunha Campos Instituto Universitário de Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.20396/ideias.v12i00.8664231

Palavras-chave:

Socialismo, Desenvolvimento, Marxismo, Civilização ecológica

Resumo

O conceito de Civilização Ecológica foi recentemente inscrito na Constituição do Estado Chinês – sinal da sua importância – mas de que se trata este conceito? E a qual a sua importância, à luz da dialética e do materialismo histórico, para o projeto de desenvolvimento nacional da China? Fazendo uma análise qualitativa de fontes primárias e secundárias, procuraremos traçar um quadro teórico e histórico, demonstrando como através das contradições, o Estado chinês tem avançando nos seus objetivos. Analisando a literatura existente, pode-se constatar a diversidade do estudo e da interpretação deste conceito. Vemos também que a compreensão da Civilização Ecológica deverá ser feita tendo por base o estudo das condições materiais existentes na China e que a resposta ao problema do desenvolvimento ocupa a centralidade da questão. Concluímos que a Civilização Ecológica – parte integrante do Socialismo com Características Chinesas – nasce em resposta às contradições que modelo de desenvolvimento pós 1979 criou e que o seu aparecimento corresponde à necessidade de encontrar um novo modelo de desenvolvimento que coloque o foco na questão qualitativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rui Miguel da Cunha Campos, Instituto Universitário de Lisboa

Mestre em Estudos Internacionais. Doutorando em Ciência Política, Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL).

Referências

BRAMALL, C. Chinese Economic Development, New York, Routledge, 2009.

GARE, A., Barbarity, Civilization and Decadence Meeting the Challenge of Creating an Ecological Civilization, in Chromatikon: Annales de la philosophie en procès / Yearbook of Philosophy in Process, v. 5, 2009.

GARE, A. China and the Struggle for Ecological Civilization, Capitalism Nature Socialism, v. 23, n. 4, p. 10-26, 2012.

GEALL,S.; ELY, A. Narratives and Pathways towards an EcologicalCivilization in Contemporary China, The China Quarterly, v. 237, p. 1175-1196, 2018.

JABBOUR, E. M. K. Projeto nacional, desenvolvimento e socialismo de mercado na China de hoje. Tese (Doutorado em Geografia Humana) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Acesso em: 12 ago. 2020.

JABBOUR, E. M. K.; PAULA, L. Xi Jinping, a China recentralizada e a nova formação econômico-social. In: JABBOUR, E. M. K, China Socialismo e Desenvolvimento: Sete décadas depois. São Paulo, Editora Anita Garibaldi, 2019, p. 133-136.

JINPING, Xi. Leave to Our Future Generations Blue Skies, Green Fields and Clean Water, 2013. Disponível em: http://en.qstheory.cn/2020-12/14/c_607615.htm. Acesso em: 5 abr. 2021

JINPING, Xi. Pushing China’s Development of an Ecological Civilization to a New Stage, Qiushi, v. 11, n. 2, 2019.

MAGDOFF, F. Harmony and Ecological Civilization: Beyond the Capitalist Alienation of Nature, Monthly Review, v. 64, n. 2, 2012.

MARX, K. Teses sobre Feuerbach, Edições Progresso Lisboa-Moscovo, 1982. Disponível em: Karl Marx: Teses sobre Feuerbach (1845) (marxists.org) Acesso em: 7 out. 2020.

MEISNER, M. Mao’s China and After: A History of the People’s Republic, 3ª Edição, New York, The Free Press, 1999.

METTE, H. et al. Ecological civilization: Interpreting the Chinese past, projecting the global future, Global Environmental Change, v. 53, 2018, p. 195-203, https://doi.org/10.1016/j.gloenvcha.2018.09.014.

TIEJUN, W. et al. Ecological civilization, indigenous culture, and rural reconstruction in China. Monthly Review, v. 63, n. 9, 2012.

WANG, Z. et al. The Ecological Civilization Debate in China: The Role of Ecological Marxism and Constructive Postmodernism—Beyond the Predicament of Legislation, Monthly Review, v. 66, n. 6, 2014.

WILSON, I. Socialism with Chinese characteristics: China and the theory of the initial stage of socialism, Politics, v. 24, n.1, p. 77-84, 1989.

XIN, X. Prominent Features of the System of Socialism with Chinese Characteristics and China’s Governance System, International Critical Thought, v. 10, n. 2, p. 161-181, 2020.

YIN, X.; ZHANG, J. Connotation of Xi Jinping’s Thought on Construction of Ecological Civilization in the New Era, Asian Agricultural Research, v. 10, n. 7, p. 22-25, 2018.

YUE, P. Evolution of an Ecological Civilization, 2006. Disponível em http://www.bjreview.com.cn/expert/txt/2006-12/15/content_50890.htm. Acesso em: 10 out. 2020.

YUE, P. Green China and Young China, China Dialogue, 2007. Disponível em: https://www.chinadialogue.net/article/show/single/en/1167-Green-China-and-young-China-part-one-. Acesso em: 10 out. 2020.

Downloads

Publicado

2021-04-08

Como Citar

Cunha Campos, R. M. da . (2021). A contradição como motor do progresso: a civilização ecológica como etapa rumo à sociedade socialista moderna. Ideias, 12(00), e021005. https://doi.org/10.20396/ideias.v12i00.8664231