Banner Portal
Convergência e bifurcação
PDF

Palavras-chave

Simondon
Magia
Teoria trifásica da cultura
Política
Filosofia da técnica

Como Citar

CASTRO, Vinicius Portella. Convergência e bifurcação: a fase mágica de Simondon como condição genética da cultura. Ideias, Campinas, SP, v. 13, n. 00, p. e022021, 2022. DOI: 10.20396/ideias.v13i00.8668186. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ideias/article/view/8668186. Acesso em: 25 jul. 2024.

Resumo

Neste artigo tenta-se explicar o que é a “fase mágica" dentro da teoria trifásica da cultura de Gilbert Simondon, e defender que esta seria uma condição genética da criatividade e da reticulação coletiva, e neste sentido um ponto focal ainda subdimensionado do aspecto político da filosofia da técnica de Simondon. A estranha noção de que a magia poderia voltar a existir nas redes técnicas modernas é brevemente discutida a partir de algumas obras de arte.

https://doi.org/10.20396/ideias.v13i00.8668186
PDF

Referências

BURKE, K. The Philosophy of Literary Form. New York: Vintage Books, 1957.

LÉVI-STRAUSS, C. Antropologia estrutural dois. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

MAUSS, M. Sociologie et anthropologie. Paris: PUF, 2012.

SCHELLING, F. W. J. Philosophie de la mythologie. Paris: Millon, 1994.

SIMONDON, G. Du mode d’existence des objets techniques. Paris: Aubier, 2012.

SIMONDON, G. L’Individuation à la lumière des notions de forme et de information. Paris: MILLON, 2013.

STENGERS, I.; PIGNARRE, P. La sorcellerie capitaliste. Paris: Éditions la Découverte, 2005.

WARK, M. A Hacker Manifesto. Harvard University Press, 2004.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Ideias

Downloads

Não há dados estatísticos.