Banner Portal
A integração de refugiados e solicitantes de reconhecimento da condição de refugiado no relatório “Refúgio em Números” de 2016 a 2021
PDF

Palavras-chave

Refugiados
Solicitantes de reconhecimento da condição de refugiado
Integração
Refúgio em números

Como Citar

ALMEIDA, Mariana Eunice Alves de; SALA, José Blanes. A integração de refugiados e solicitantes de reconhecimento da condição de refugiado no relatório “Refúgio em Números” de 2016 a 2021: uma reflexão. Ideias, Campinas, SP, v. 13, n. 00, p. e022004, 2022. DOI: 10.20396/ideias.v13i00.8668374. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ideias/article/view/8668374. Acesso em: 22 abr. 2024.

Resumo

O objetivo deste artigo é verificar como a integração de refugiados e solicitantes de reconhecimento da condição de refugiado no Brasil é abordada nas seis edições do relatório Refúgio em Números, publicado anualmente pelo Comitê Nacional para os Refugiados. Por meio de uma análise documental, verificamos que não há definições sobre o que é integração no relatório, mas que o tema é abordado em sentido funcional, ao apresentar fatores ligados a este processo, como o acesso ao trabalho, a oferta de cursos de português, o atendimento multilíngue e a formação de agentes públicos para o atendimento desta população.  

https://doi.org/10.20396/ideias.v13i00.8668374
PDF

Referências

ACNUR. Convenção relativa ao estatuto dos refugiados (1951). s.d. Disponível em: https://www.acnur.org/fileadmin/Documentos/portugues/BDL/Convencao_relativa_ao_Estatuto_dos_Refugiados.pdf . Acesso em: 26 jul. 2021.

ACNUR. Protegendo refugiados: no Brasil e no mundo. 2019. Disponível em: https://www.acnur.org/portugues/wp-content/uploads/2019/02/CARTILHA-ACNUR2019.pdf. Acesso em: 01 nov. 2021.

AGER, Alastair; STRANG, Alison. Understanding integration: a conceptual framework. Journal of Refugee Studies, v. 21, n. 2, p. 166-191. 2008.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BARROS, Antônio M.; SIMÕES, Luciano C. O papel da Operação Acolhida na inserção social do migrante através do trabalho. In: LOPES, Cristiane M. S.; PAULA, Priscila M. (orgs.). Migrantes e refugiados: uma aproximação baseada na centralidade do trabalho e na justiça social. Brasília: Ministério Público do Trabalho, 2021. p. 351-382.

BRASIL, 1997. Lei Nº 9.474, de 22 de julho de 1997. Define mecanismos para a implementação do Estatuto dos Refugiados de 1951, e determina outras providências. Brasília: Presidência da República, [1997]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9474.htm. Acesso em: 01 nov. 2021.

CASTLES, Stephen et al. Integration: mapping the field. London: Home Office Immigration Research and Statistics Service, 2002.

CAVALCANTI, L; OLIVEIRA, T; MACEDO, M. Imigração e Refúgio no Brasil. Relatório Anual 2020. Série Migrações. Observatório das Migrações Internacionais; Ministério da Justiça e Segurança Pública / Conselho Nacional de Imigração e Coordenação Geral de Imigração Laboral. Brasília, DF: OBMigra, 2020. Disponível em: https://portaldeimigracao.mj.gov.br/images/dados/relatorio-anual/2020/OBMigra_RELAT%C3%93RIO_ANUAL_2020.pdf. Acesso em 26 jul. 2021.

COMITÊ NACIONAL PARA OS REFUGIADOS; MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA. Refúgio em Números. Disponível em: https://www.justica.gov.br/seus-direitos/refugio/refugio-em-numeros. Acesso em: 03 nov. 2021.

FOLHA DE SÃO PAULO. Após morte de Moïse, governo cria observatório de violência contra refugiado. 07 fevereiro 2022. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2022/02/apos-morte-de-moise-governo-cria-observatorio-de-violencia-contra-refugiado.shtml. Acesso em: 09 fev. 2022.

HAYDU, M. A integração de refugiados no Brasil. In: RAMOS, A. C.; RODRIGUES, G.; ALMEIDA, G. A. (Orgs.). 60 anos de ACNUR: perspectivas de futuro. São Paulo: Editora CL-A Cultural, 2011. Disponível em: https://www.acnur.org/portugues/wp-content/uploads/2018/02/60-anos-de-ACNUR_Perspectivas-de-futuro_ACNUR-USP-UNISANTOS-2011.pdf. Acesso em: 14 set. 2020.

JUBILUT, Liliana Lyra. A acolhida da população refugiada em São Paulo: a sociedade civil e a proteção aos refugiados.

In: SILVA, Cesar Augusto S. (org.). Direitos humanos e refugiados. Dourados: Editora UFGD, 2012. p. 33-56.

KRIPKA, Rosana M. L.; SCHELLER, Morgana; BONOTTO, Danusa L. Pesquisa documental: considerações sobre conceitos e características na Pesquisa Qualitativa. In: IV CONGRESSO IBERO-AMERICANO EM INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA. 2015. Aracaju, SE. v.2.

MAMED, Letícia Helena. Fontié ki kwaze: a imigração haitiana e os desafios à política humanitária no Brasil. In: LOPEs, Cristiane M. S.; PAULA, Priscilla M. Migrantes e refugiados: uma aproximação baseada na centralidade do trabalho e na justiça social. Brasília: Ministério Público do Trabalho, 2021. p. 309-348.

MALHEIROS, Jorge Macaísta. Promoção da interculturalidade e da integração de proximidade. Lisboa: Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, 2011. Disponível em: https://www.acm.gov.pt/documents/10181/41781/manual_net+%282%29_claii.pdf/a4e41597-2701-41ab-b321-9647823cdb40. Acesso em: 13 mai. 2021.

MOREIRA, Julia Bertino. Refugiados no Brasil: reflexões acerca do processo de integração local. REMHU - Rev. Interdiscip. Mobil. Hum., Brasília, Ano XXII, n. 43, p. 85-98, jul./dez. 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/remhu/v22n43/v22n43a06.pdf. Acesso em: 13 jul. 2021.

MOREIRA, Julia Bertino. A problemática dos refugiados na América Latina e no Brasil. Cadernos PROLAM / USP. São Paulo, v.2, n.7, p. 57-76, 2005. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/81791. Acesso em: 15 jul. 2021.

MOREIRA, J. B.; SALA, J. B. Migrações forçadas: categorização em torno de sujeitos migrantes. In: JUBILUT, L. et al (Orgs.). Migrantes Forçados: conceitos e contextos. Boa Vista, RR: Editora da UFRR, 2018. p. 15-42.

OLSEN, Ana Carolina Lopes; KOZICKI, Katya. A língua como impasse para o reconhecimento e a integração dos refugiados no Brasil. Revista Jurídica da Presidência. Brasília, v. 22, n. 126, p. 138-163, fev./maio 2020. Disponível em: https://revistajuridica.presidencia.gov.br/index.php/saj/article/view/1499. Acesso em: 21 ago. 2020.

ROSSA, A.L.; MENEZES, M.A. Entre migrações e refúgio: migrações Sul-Sul no Brasil e novas tipologias migratórias. In: BAENINGER, R. et al (Org.). Migrações Sul-Sul. 2018. Disponível em: http://www.nepo.unicamp.br/publicacoes/livros/migracoes_sul_sul/migracoes_sul_sul.pdf. Acesso em: 15 jun. 2021.

SAYAD, Abdelmalek. A imigração ou os paradoxos da alteridade. São Paulo: Edusp, 1998.

SILVA, Nelida Amâncio Teixeira; OLIVEIRA, Denis Renato; CABRAL, Eloisa Elena de Souza. A atuação das organizações da sociedade civil no processo de integração local dos refugiados no Brasil. XLIV Encontro da ANPAD - Enanpad. 2020. Disponível em: http://www.anpad.org.br/abrir_pdf.php?e=Mjg3ODg=. Acesso em: 02 nov. 2021.

SILVA, Wanêssa Marques; LACERDA, Fabrício; JORGENSEN, Nuni. Diversidade Cultural e a Integração de Refugiados. Simulação das Nações Unidas para Secundaristas. 10ª Edição. 2011: Indivíduos em Sociedades Multiculturais.

Disponível em: http://sinus.org.br/2011/press/downloads/sochum.pdf. Acesso em: 14 mai. 2021.

SIMÕES, Gustavo da Frota. Integração social de refugiados no Brasil e no Canadá em perspectiva comparada: Colombianos em São Paulo e em Ontário. 2017. 266 f., il. Tese (Doutorado em Ciências Sociais). Universidade de Brasília, Brasília, 2017. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/23367. Acesso em: 17 mai. 2021.

TRUZZI, Oswaldo. Redes em processos migratórios. TEMPO SOCIAL - Revista de Sociologia da USP, v. 20, n. 1, 2008, p. 199-218.

UNHCR. Global Report. 2021. Disponível em: https://reporting.unhcr.org/sites/default/files/gr2020/pdf/GR2020_English_Full_lowres.pdf. Acesso em: 19 jun. 2021.

ZARRO, Susana Maria Delgado. Perspectivas de integração por parte de refugiados numa comunidade do litoral de Portugal. Dissertação de Mestrado. Escola Superior de Educação e Ciências Sociais - Instituto Politécnico de Leiria, 2017. Disponível em: https://iconline.ipleiria.pt/bitstream/10400.8/3020/1/DissertacaoMestradoSusanaZarro.pdf. Acesso em: 17 mai. 2021.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Ideias

Downloads

Não há dados estatísticos.