A integração de refugiados e solicitantes de reconhecimento da condição de refugiado no relatório “Refúgio em Números” de 2016 a 2021

uma reflexão

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/ideias.v13i00.8668374

Palavras-chave:

Refugiados, Solicitantes de reconhecimento da condição de refugiado, Integração, Refúgio em números

Resumo

O objetivo deste artigo é verificar como a integração de refugiados e solicitantes de reconhecimento da condição de refugiado no Brasil é abordada nas seis edições do relatório Refúgio em Números, publicado anualmente pelo Comitê Nacional para os Refugiados. Por meio de uma análise documental, verificamos que não há definições sobre o que é integração no relatório, mas que o tema é abordado em sentido funcional, ao apresentar fatores ligados a este processo, como o acesso ao trabalho, a oferta de cursos de português, o atendimento multilíngue e a formação de agentes públicos para o atendimento desta população.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Eunice Alves de Almeida, Universidade Federal do ABC

Doutoranda em Ciências Humanas e Sociais na Universidade Federal do ABC.

José Blanes Sala, Universidade Federal do ABC

Doutor em Direito Internacional pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Professor associado da Universidade Federal do ABC. 

Referências

ACNUR. Convenção relativa ao estatuto dos refugiados (1951). s.d. Disponível em: https://www.acnur.org/fileadmin/Documentos/portugues/BDL/Convencao_relativa_ao_Estatuto_dos_Refugiados.pdf . Acesso em: 26 jul. 2021.

ACNUR. Protegendo refugiados: no Brasil e no mundo. 2019. Disponível em: https://www.acnur.org/portugues/wp-content/uploads/2019/02/CARTILHA-ACNUR2019.pdf. Acesso em: 01 nov. 2021.

AGER, Alastair; STRANG, Alison. Understanding integration: a conceptual framework. Journal of Refugee Studies, v. 21, n. 2, p. 166-191. 2008. DOI: https://doi.org/10.1093/jrs/fen016

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BARROS, Antônio M.; SIMÕES, Luciano C. O papel da Operação Acolhida na inserção social do migrante através do trabalho. In: LOPES, Cristiane M. S.; PAULA, Priscila M. (orgs.). Migrantes e refugiados: uma aproximação baseada na centralidade do trabalho e na justiça social. Brasília: Ministério Público do Trabalho, 2021. p. 351-382.

BRASIL, 1997. Lei Nº 9.474, de 22 de julho de 1997. Define mecanismos para a implementação do Estatuto dos Refugiados de 1951, e determina outras providências. Brasília: Presidência da República, [1997]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9474.htm. Acesso em: 01 nov. 2021.

CASTLES, Stephen et al. Integration: mapping the field. London: Home Office Immigration Research and Statistics Service, 2002.

CAVALCANTI, L; OLIVEIRA, T; MACEDO, M. Imigração e Refúgio no Brasil. Relatório Anual 2020. Série Migrações. Observatório das Migrações Internacionais; Ministério da Justiça e Segurança Pública / Conselho Nacional de Imigração e Coordenação Geral de Imigração Laboral. Brasília, DF: OBMigra, 2020. Disponível em: https://portaldeimigracao.mj.gov.br/images/dados/relatorio-anual/2020/OBMigra_RELAT%C3%93RIO_ANUAL_2020.pdf. Acesso em 26 jul. 2021.

COMITÊ NACIONAL PARA OS REFUGIADOS; MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA. Refúgio em Números. Disponível em: https://www.justica.gov.br/seus-direitos/refugio/refugio-em-numeros. Acesso em: 03 nov. 2021.

FOLHA DE SÃO PAULO. Após morte de Moïse, governo cria observatório de violência contra refugiado. 07 fevereiro 2022. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2022/02/apos-morte-de-moise-governo-cria-observatorio-de-violencia-contra-refugiado.shtml. Acesso em: 09 fev. 2022.

HAYDU, M. A integração de refugiados no Brasil. In: RAMOS, A. C.; RODRIGUES, G.; ALMEIDA, G. A. (Orgs.). 60 anos de ACNUR: perspectivas de futuro. São Paulo: Editora CL-A Cultural, 2011. Disponível em: https://www.acnur.org/portugues/wp-content/uploads/2018/02/60-anos-de-ACNUR_Perspectivas-de-futuro_ACNUR-USP-UNISANTOS-2011.pdf. Acesso em: 14 set. 2020.

JUBILUT, Liliana Lyra. A acolhida da população refugiada em São Paulo: a sociedade civil e a proteção aos refugiados.

In: SILVA, Cesar Augusto S. (org.). Direitos humanos e refugiados. Dourados: Editora UFGD, 2012. p. 33-56.

KRIPKA, Rosana M. L.; SCHELLER, Morgana; BONOTTO, Danusa L. Pesquisa documental: considerações sobre conceitos e características na Pesquisa Qualitativa. In: IV CONGRESSO IBERO-AMERICANO EM INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA. 2015. Aracaju, SE. v.2.

MAMED, Letícia Helena. Fontié ki kwaze: a imigração haitiana e os desafios à política humanitária no Brasil. In: LOPEs, Cristiane M. S.; PAULA, Priscilla M. Migrantes e refugiados: uma aproximação baseada na centralidade do trabalho e na justiça social. Brasília: Ministério Público do Trabalho, 2021. p. 309-348.

MALHEIROS, Jorge Macaísta. Promoção da interculturalidade e da integração de proximidade. Lisboa: Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, 2011. Disponível em: https://www.acm.gov.pt/documents/10181/41781/manual_net+%282%29_claii.pdf/a4e41597-2701-41ab-b321-9647823cdb40. Acesso em: 13 mai. 2021.

MOREIRA, Julia Bertino. Refugiados no Brasil: reflexões acerca do processo de integração local. REMHU - Rev. Interdiscip. Mobil. Hum., Brasília, Ano XXII, n. 43, p. 85-98, jul./dez. 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/remhu/v22n43/v22n43a06.pdf. Acesso em: 13 jul. 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/1980-85852503880004306

MOREIRA, Julia Bertino. A problemática dos refugiados na América Latina e no Brasil. Cadernos PROLAM / USP. São Paulo, v.2, n.7, p. 57-76, 2005. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/prolam/article/view/81791. Acesso em: 15 jul. 2021. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2005.81791

MOREIRA, J. B.; SALA, J. B. Migrações forçadas: categorização em torno de sujeitos migrantes. In: JUBILUT, L. et al (Orgs.). Migrantes Forçados: conceitos e contextos. Boa Vista, RR: Editora da UFRR, 2018. p. 15-42.

OLSEN, Ana Carolina Lopes; KOZICKI, Katya. A língua como impasse para o reconhecimento e a integração dos refugiados no Brasil. Revista Jurídica da Presidência. Brasília, v. 22, n. 126, p. 138-163, fev./maio 2020. Disponível em: https://revistajuridica.presidencia.gov.br/index.php/saj/article/view/1499. Acesso em: 21 ago. 2020. DOI: https://doi.org/10.20499/2236-3645.RJP2020v22e126-1499

ROSSA, A.L.; MENEZES, M.A. Entre migrações e refúgio: migrações Sul-Sul no Brasil e novas tipologias migratórias. In: BAENINGER, R. et al (Org.). Migrações Sul-Sul. 2018. Disponível em: http://www.nepo.unicamp.br/publicacoes/livros/migracoes_sul_sul/migracoes_sul_sul.pdf. Acesso em: 15 jun. 2021.

SAYAD, Abdelmalek. A imigração ou os paradoxos da alteridade. São Paulo: Edusp, 1998.

SILVA, Nelida Amâncio Teixeira; OLIVEIRA, Denis Renato; CABRAL, Eloisa Elena de Souza. A atuação das organizações da sociedade civil no processo de integração local dos refugiados no Brasil. XLIV Encontro da ANPAD - Enanpad. 2020. Disponível em: http://www.anpad.org.br/abrir_pdf.php?e=Mjg3ODg=. Acesso em: 02 nov. 2021.

SILVA, Wanêssa Marques; LACERDA, Fabrício; JORGENSEN, Nuni. Diversidade Cultural e a Integração de Refugiados. Simulação das Nações Unidas para Secundaristas. 10ª Edição. 2011: Indivíduos em Sociedades Multiculturais.

Disponível em: http://sinus.org.br/2011/press/downloads/sochum.pdf. Acesso em: 14 mai. 2021.

SIMÕES, Gustavo da Frota. Integração social de refugiados no Brasil e no Canadá em perspectiva comparada: Colombianos em São Paulo e em Ontário. 2017. 266 f., il. Tese (Doutorado em Ciências Sociais). Universidade de Brasília, Brasília, 2017. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/23367. Acesso em: 17 mai. 2021.

TRUZZI, Oswaldo. Redes em processos migratórios. TEMPO SOCIAL - Revista de Sociologia da USP, v. 20, n. 1, 2008, p. 199-218. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-20702008000100010

UNHCR. Global Report. 2021. Disponível em: https://reporting.unhcr.org/sites/default/files/gr2020/pdf/GR2020_English_Full_lowres.pdf. Acesso em: 19 jun. 2021.

ZARRO, Susana Maria Delgado. Perspectivas de integração por parte de refugiados numa comunidade do litoral de Portugal. Dissertação de Mestrado. Escola Superior de Educação e Ciências Sociais - Instituto Politécnico de Leiria, 2017. Disponível em: https://iconline.ipleiria.pt/bitstream/10400.8/3020/1/DissertacaoMestradoSusanaZarro.pdf. Acesso em: 17 mai. 2021.

Downloads

Publicado

2022-06-09

Como Citar

Almeida, M. E. A. de, & Sala, J. B. (2022). A integração de refugiados e solicitantes de reconhecimento da condição de refugiado no relatório “Refúgio em Números” de 2016 a 2021: uma reflexão. Ideias, 13(00), e022004. https://doi.org/10.20396/ideias.v13i00.8668374