Banner Portal
Interação de bebês com objetos técnicos e processos de individuação
PDF

Palavras-chave

Estudos de bebês
Materialidade
Processo de individuação
Ambiente

Como Citar

CAETANO, Sabrina de Oliveira; IMPEDOVO, Maria Antonietta; TEBET, Gabriela Guarnieri de Campos. Interação de bebês com objetos técnicos e processos de individuação. Ideias, Campinas, SP, v. 13, n. 00, p. e022002, 2022. DOI: 10.20396/ideias.v13i00.8668612. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ideias/article/view/8668612. Acesso em: 20 jun. 2024.

Resumo

O artigo explora como os bebês interagem com objetos técnicos de complexidade crescente. O referencial teórico trata do toque e da convergência prospectiva entre objetos e sujeitos. Neste artigo, a questão de pesquisa é: como os bebês interagem com objetos de crescente complexidade tecnológica, ativando uma dimensão material a serviço de sua individuação? Observações foram realizadas na França e no Brasil em creches e em residências de famílias com bebês. É proposta uma metodologia não antropocêntrica - ligando o sistema corpo-ambiente. Alguns episódios serão apresentados para evidenciar como os bebês ativam a dimensão material a serviço de sua individuação, destacando a impossibilidade de separar indivíduo-ambiente.

https://doi.org/10.20396/ideias.v13i00.8668612
PDF

Referências

CHEVILLE, Julie. The bias of materiality in sociocultural research: Reconceiving embodiment. Mind, Culture, and Activity, 13, 25–37, 2006.

DE GRANDE, Pablo. Designed for babies. Objects and practices in the first year. Revista Latinoamericana de Ciencias Sociales Niñez y Juventud, 14(1), 287-300, 2016.

DELEUZE, Gilles, GUATTARI, Felix. Capitalisme et schizophrénie. Mille plateaux. Editions de Minuit, Paris, 1980.

DOURISH, Paul. Where the action is: The foundations of embodied interaction. Cambridge MA: MIT Press, 2004.

FLEER, Marilyn. Digitally amplified practices: beyond binaries and towards a profile of multiple digital coadjuvants. Mind, Culture, and Activity, 2019. DOI: 10.1080/10749039.2019.1646289

GILLEN, Julia & KUCIRKOVA, Natalia. Percolating spaces: Creative ways of using digital technologies to connect young children's school and home lives. British Journal of Educational Technology, 49(5), 834–846. 2018. doi:10.1111/object.v49.5

HEATH, Christian, HINDMARSH, Jon, & LUFF, Paul. Video in qualitative research. London: Sage, 2010.

HULTMAN, Karin & LENZ TAGUCHI, Hillevi. Challenging anthropocentric analysis of visual data: A relational materialist methodological approach to educational research. International Journal of Qualitative Studies in Education, 23(5), 525-542, 2010.

LATOUR, Bruno. Petite réflexion sur le culte moderne des dieux faitiches. Éd. Synthélabo : Paris. 1993

LENZ TAGUCHI, Hillevi & PALMER, Anna. Reading Deleuze-Guattarian cartography of young girls' "school-related" ill-/well-being. Qualitative Inquiry, 20(6), 764-771. 2014

LEWIN, Kurt. Field theory and learning. 1942

LINELL, Per. Rethinking language, mind, and world dialogically: Interactional and contextual theories of human sense-making. Charlotte, NC: Information Age Publishing. 2009

LINS, Heloísa. A. Linhas de voo de um bebê surdo: emaranhados e agências nos processos de subjetivação e educação. Educação em Revista, 37. 2021

NANCY, Jean Luc. Corpus. Fordham University Press. 2008

OECD. Early Childhood Education and Care. ISBN 92-64-18675-1 (91 01 01 1) 2001

ORLIKOWSKI, Wanda. J., & SCOTT, Susan. V. Ten sociomateriality: challenging the separation of technology, work, and organisation. Academy of Management Annals, 2(1), 433-474. 2008

ORRMALM, Alex. The flows of things – exploring babies’ everyday spacemaking, Children's Geographies, 2020. DOI: 10.1080/14733285.2020.1866748

SIMONDON, Gilbert. Du mode d’existence des objets techniques. Paris, Aubier. 1989

SIMONDON, Gilbert. Do modo de existência dos objetos técnicos: introdução. Laboreal, IX, 01, 69-72. 2018

SIMONDON, Gilbert. A Individuação à luz das noções de forma e informação. Editora 34. 2020a

SIMONDON, Gilbert. Do modo de existência dos objetos técnicos. Contraponto. 2020b

WINNICOTT, Donald W. 10. Transitional objects and transitional phenomena: A study of the first not-me. Essential papers on object relations, v. 254, 1986.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Ideias

Downloads

Não há dados estatísticos.