Bairros rurais do Sul de Minas Gerais

Autores

  • Eneida Carvalho Ferraz Cruz Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

DOI:

https://doi.org/10.20396/lobore.v3i1.1848

Palavras-chave:

Sul de Minas, Arquitetura rural, Bairro rural

Resumo

Esse artigo tem por objetivo mostrar as formas de ocupação do espaço rural na serra da Mantiqueira no sul de Minas Gerais, especificamente na região que abrange parte da bacia do rio Verde e parte da bacia do Sapucaí. Dentro da mesorregião Sul-Sudoeste de Minas, o recorte espacial do estudo recai sobre a microrregião de Itajubá – municípios de Cristina, Delfim Moreira, Dom Viçoso, Itajubá, Maria da Fé, Piranguçu, Venceslau Brás, e na microrregião de São Lourenço, com um caso no município de Carmo de Minas. Resultado do Inventário de Conhecimento do Patrimônio Rural, realizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) no ano de 2007 e que tinha como objeto o levantamento das fazendas produtoras de café, o presente relato discorre, ainda sobre a paisagem natural e o ambiente rural construído paralelamente a tais fazendas. A organização espacial dos bairros, ora em núcleos adensados, ora em distribuição rarefeita no território, aqui apresentada, busca mostrar uma outra vertente do processo de apropriação do território. Nesse contexto, analisa principalmente as casas de habitação, com ênfase para a implantação no terreno e os sistemas construtivos, dando destaque à técnica de alvenaria autoportante de tijolos, de meados do século XX. Ao estudar essa paisagem e procurar conhecer os modos anteriores de uso do espaço rural, o texto aponta para o reconhecimento e valorização do patrimônio cultural, como subsídio para um planejamento e desenvolvimento sustentável e como contribuição para reforço da identidade dessas comunidades rurais, com possíveis e desejáveis desdobramentos no campo educativo e econômico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eneida Carvalho Ferraz Cruz, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

Arquiteta e Urbanista. Técnica em Arquitetura do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Minas Gerais. Varginha [Minas Gerais], Brasil.

Referências

BENINCASA, Vladimir. Fazendas Paulistas. Arquitetura Rural no Ciclo do Cafeeiro. Tese apresentada ao Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo. São Carlos, 2007. CJ Arquitetura, nº 19. Ano 1978. FC Editora. Rio de Janeiro

CRUZ, Cícero Ferraz. Fazendas do Sul de Minas Gerais: Arquitetura Rural nos séculos XVIII e XIX. Dissertação de Mestrado em Arquitetura e Urbanismo da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo. São Carlos, 2008.

DELPHIM, Carlos Fernando Moura. Manual de Intervenção em Jardins Históricos. Brasília: IPHAN, 2005.

FERRAZ, Marcelo Carvalho. Arquitetura rural na Serra da Mantiqueira. São Paulo: Quadrante,

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa. 2ª Edição. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1986.

FILETTO, Ferdinando e ALENCAR, Edgard. Introdução e Expansão do Café na Região Sul de Minas Gerais in Organizações Rurais e Agroindustriais. Revista de Administração da Ufla. V.3 – Nº 1

– Jan/Jun – 2001

IPHAN. Relatório de Atividades 2007. Inventário de Conhecimento. Patrimônio Rural - Vale do Paraíba e Sul de Minas, 9ª Superintendência Regional, 13ª Superintendência Regional e Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização.

JUNQUEIRA, Walter Ribeiro. Fazendas e Famílias Sul-mineiras. São Lourenço: Gráfica e Editora Novo Mundo, 2004.

LEMOS, Carlos A. C. Casa Paulista: história das moradas anteriores ao ecletismo trazido pelo café. São Paulo: Edusp, 1999.

MARX, Murilo. Cidade brasileira. São Paulo: Edusp, Editora da Universidade de São Paulo: Editora Melhoramentos, 1980.

TAUNAY, Carlos Augusto. Manual do Agricultor Brasileiro. Organização Rafael de Bivar Marquese. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

Downloads

Publicado

2009-04-02

Como Citar

Cruz, E. C. F. (2009). Bairros rurais do Sul de Minas Gerais. Labor E Engenho, 3(1), 21–41. https://doi.org/10.20396/lobore.v3i1.1848

Edição

Seção

Artigos