Fazenda Angélica e o Barão de Grão-Mogol

Autores

  • Vladimir Benincasa Universidade de São Paulo
  • Maria Ângela Pereira de Castro e Silva Bortolucci Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/lobore.v3i1.1853

Palavras-chave:

Arquitetura rural. Interior paulista. Técnicas construtivas.

Resumo

O artigo apresenta um estudo sobre uma casa sofisticada para os padrões do interior paulista de 1880, seja em comparação com as edificações rurais, seja com as urbanas, construídas em pau-a- pique ou taipa de pilão. Pedras eram usadas somente nos alicerces. Sobrados também não eram comuns, o que ocorria, quando muito, era o aproveitamento do desnível do terreno, formando porões utilizáveis. O sótão teria sido novidade na região. Conclui-se que o exemplar estudado traz influências das casas urbanas da área mineradora do sul da Bahia, que por sua vez possuem fortes traços da arquitetura deixada pelos portugueses no litoral brasileiro, tanto pela sua técnica construtiva, como pela configuração externa e interna.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vladimir Benincasa, Universidade de São Paulo

Arquiteto e Urbanista, Universidade de São Paulo, Escola de Engenharia de São Carlos, Departamento de Arquitetura e Urbanismo. São Carlos [SP], Brasil.

Maria Ângela Pereira de Castro e Silva Bortolucci, Universidade de São Paulo

Arquiteta e Urbanista, Professora Doutora do Departamento de Arquitetura e Urbanismo, Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo. São Carlos [SP], Brasil.

Referências

BAHIA [Estado], Secretaria da Indústria e Comércio. IPAC-BA – inventário de proteção do acervo cultural; monumentos e sítios da Serra Geral e Chapada Diamantina, vol. 4. Salvador [BA] : 1980.

BENINCASA, VIadimir. Velhas Fazendas: arquitetura e cotidiano nos Campos de Araraquara 1830- 1930. São Carlos [SP] / São Paulo [SP] : EdUFSCar / IMESP, 2003.

CONDEPHAAT. Processo n° 20.145, Sobrado de Pedra do Barão de Grão-Mogol – Rio Claro-SP. São Paulo [SP] : Condephaat, 1984.

DEAN, Warren. Rio Claro: um sistema brasileiro de grande lavoura 1820-1920. Rio de Janeiro [RJ] : Paz e Terra, 1977.

LEMOS, Carlos A. C. Casa Paulista. São Paulo [SP] : Edusp, 1999.

SÃO PAULO [Estado], Secretaria da Cultura. Repertório das Sesmarias. São Paulo [SP] : A Divisão, 1994.

Downloads

Publicado

2009-04-03

Como Citar

Benincasa, V., & Bortolucci, M. Ângela P. de C. e S. (2009). Fazenda Angélica e o Barão de Grão-Mogol. Labor E Engenho, 3(1), 82–109. https://doi.org/10.20396/lobore.v3i1.1853

Edição

Seção

Artigos