História da eletrificação no estado de São Paulo: um vocabulário controlado para a representação e recuperação da informação

Autores

  • Vânia Mara Alves Lima Universidade de São Paulo
  • Cristina Hilsdorf Barbanti Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/lobore.v9i1.2100

Palavras-chave:

História da energia elétrica, Documentação, Vocabulário controlado, Terminologia

Resumo

As propostas teórico-metodológicas utilizadas para a construção de um vocabulário controlado da História da Energia Elétrica no Brasil, pela equipe de Ciência da Informação do projeto Eletromemória, são aqui apresentadas. O artigo aproxima os conceitos da Documentação, da Terminologia e também da Lógica e da Linguística, para organização e representação da informação coletada na pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vânia Mara Alves Lima, Universidade de São Paulo

Bibliotecária [USP] e Dr. Sc. em Ciências da Comunicação [USP]. Professora Doutora em Ciência da Informação, Departamento de Biblioteconomia e Documentação, ECA/USP. São Paulo [SP] Brasil.

Cristina Hilsdorf Barbanti, Universidade de São Paulo

Historiadora [USP], Mestranda em Informação e Cultura no Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação, ECA/USP. São Paulo [SP] Brasil.

Referências

AUSTIN, D.; DALE, P. Diretrizes para o estabelecimento e desenvolvimento de tesauros monolíngues. Brasília: IBICT; SENAI,1993.

BARITÉ ROQUETA, M.G. La definición de conceptos y su impacto sobre la representación del conocimiento com fines documentales. In: CONGRESO ISKO, 5., 2001, Madrid. Actas, Madrid: ISKO, 2001. p.88-101.

BARROS, L. A. Curso básico de terminologia. São Paulo: Edusp, 2004.

CABRÉ, M.T. La terminologia hoy: concepciones, tendencias y aplicaciones. Ciência da Informação. Brasília, v.24, n.3, p.289-298, set./dez. 1995.

DAHLBERG, I. Teoria do conceito. Ciência da informação. Rio de Janeiro, v.7, n.2, p.101-107, 1978.

DAHLBERG, I. Uma teoria para o Interconcept: teoria analítica do conceito voltada para o referente. International Classification. v.5, n.3, p.142-145, 1978.

FENDRICH, L.J.; PEREIRA, L. Ensinar e Aprender no Ensino Superior Através de Mapas Conceituais In: SIMPEP, 8., 2006. Anais, Bauru.

ISO 1087-1:2000. Terminology work – Vocabulary, Part 1: theory and application/Travaux terminologiques – Vocabulaire – Partie 1: théorie and application. Genève : International Standard Organization, 2000.

ISO 704:2000. Terminology work – principles and methods. 2nd ed. Genève : International Standard Organization, 2000.

ISO 25964-1. Information and documentation – Thesauri and interoperability with other vocabularies – part 1 – Thesauri for information retrieval. Genebra : ISO, 2011.

POMBO, O. Dispersão e unidade: para uma poética da simpatia. In: LARA, M.L.G.; SMIT, J.W. (orgs.) Temas de pesquisa em Ciência da Informação. Universidade de São Paulo, 2010.

ROVIRA, C. DigiDocMap conceptual maps editor and Topic Maps norms. Hipertext.net, n.3, 2005. Disponível em: http://www.hipertext.net. Acesso em 14 dez 2014.

LIMA, V. M. A. ; TÁLAMO, M. F. G. M. ; LARA, M. L. G. ; HILSDORF, C. ; JESUS, E.A. . O vocabulário controlado do projeto Eletromemória. In: Simpósio Eletromemória: história da energia elétrica em São Paulo, 2009, São Paulo. Simpósio Eletromemória: história da energia elétrica em São Paulo. São Paulo : Fundação Energia e Saneamento, 2009.

THEW32. Disponível em: http://publish.uwo.ca/~craven/thew32/thew32.htm. Acesso 14/12/2014.

Downloads

Publicado

2015-03-10

Como Citar

LIMA, V. M. A.; BARBANTI, C. H. História da eletrificação no estado de São Paulo: um vocabulário controlado para a representação e recuperação da informação. Labor e Engenho, Campinas, SP, v. 9, n. 1, p. 144-149, 2015. DOI: 10.20396/lobore.v9i1.2100. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/labore/article/view/2100. Acesso em: 30 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos