Fiscalização e eficiência na iluminação pública. A substituição do gás pela eletricidade em Buenos Aires (1890-1910)

Autores

  • Diego Bussola Universidad Nacional de Rosario

DOI:

https://doi.org/10.20396/lobore.v9i1.2102

Palavras-chave:

Gás, Eletricidade, Concorrência, Fiscalização

Resumo

A substituição do gás pela eletricidade para iluminação pública e privada parece um processo quase automático. Contudo, há casos que mostram que este processo tem a sua diversidade. Boston ainda hoje tem bairros com iluminação pública a gás e em Lisboa o último farol a gás foi desligado na década de 1960. Analisar essa concorrência, produto da chegada de uma energia alternativa, traz luz para outras questões. Neste artigo se analisa o conflito das empresas de gás com as autoridades locais na cidade de Buenos Aires e o sucesso da eletricidade, no intuito de salientar determinadas questões colocadas pelos diferentes atores. Nas diferenças dos interesses do Município, das empresas de serviços públicos (nomeadamente gás e eletricidade) e dos consumidores pode se ver o nascimento de alguns tópicos que hoje estão completamente incorporados nas discussões sobre as infraestruturas de rede: monopólio natural, economias de escala, fiscalização dos serviços públicos etc. Mostraremos que nesta altura começa a fiscalização por parte do poder local, as reclamações pelos valores das tarifas dos serviços públicos, a procura no melhoramento da eficiência das empresas etc.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diego Bussola, Universidad Nacional de Rosario

Professor titular dedicacao semi-exclusiva, Universidad Nacional de Rosario. Doutor em História Contemporânea (Instituto Universitário de Lisboa, ISCTE-IUL). Mestre em História Contemporânea (Instituto Universitário de Lisboa, ISCTE-IUL). Licenciado em História, Universidad de Buenos Aires (UBA). Áreas de interesse: História Económica, História da Electricidade, História da Energia.

Referências

BUSSOLA, Diego. As empresas de servicos públicos na Argentina (1880-2000). Análise Social, Lisboa, Vol.XLIII, 4°, p.721-747, Dez. 2008.

Compañía Alemana Transatlántica de Electricidade (CATE), Informe anual de la Deutsch-Ueberseeische Elektricitäts-Gesellschaft por el ejercicio. Vários anos: 1906; 1907; 1908; 1909, 1910, 1911, 1912, 1913 e 1914.

Compañía Hispanoamericana-Americana de Electricidad (CHADE), Memoria que el Consejo de Administración somete a la aprobación de la Junta General Ordinaria de Accionistas. Barcelona: Editorial Catalana, 1920. 27p.

CORTHELL, Elmer L. Two years in Argentina as the consulting engineer of national public works. Bulletin of the American Geographical Society, Vol. 35, nro.5, p.439-471, 1903a.

CORTHELL, Elmer L. Argentine. Past, present and future. New York: Bowne &Co., Printers, 1903b. 64p.

DE PAULA, Alberto. La ciudad dibujada. Las particiones. In: BORTHAGARAY, Juan M. (Ed.). Habitar Buenos Aires: las manzanas, los lotes y las casas. Buenos Aires: Sociedad Central de Arquitectos, 2009. p.10-29.

FRANK, Rodolfo. Series históricas de precios de productos agropecuarios en Argentina. Buenos Aires: Academia Nacional de Agronomía y Veterinaria, 2011. Disponível em: http://www.anav.org.ar/sites_personales/5/ . Acesso em: 20 Mar. 2010.

GALÉ, Nildia E. El gas en la Argentina: más de un siglo de historia. Buenos Aires: Ediciones Cooperativas, 2005. 299 p.

GENTA, Guillermo. Política y servicios públicos: el caso del servicio público de electricidad de la Ciudad de Buenos Aires (Desde sus orígenes hasta su estatización: 1887-1962). 2006. 115f. Dissertação (Mestrado). FLACSO, 2006.

INSULL, Samuel. Massing of energy production. An economic necessity. In: KEILY, Eugene (Ed.). Central Station Electric Service. Chicago: Private Printed, 1915a, p.127-143.

INSULL, Samuel. Twenty-five years of Central-Station commercial development. In: KEILY, Eugene (Ed.), Central Station Electric Service. Chicago: Private Printed, 1915b, p.144-157.

LOSADA, Leandro. Del carnaval al corso de Palermo: los ritos sociales de la elite porteña en la belle époque, 1880-1910. Jahrbuch für Geschichte Lateinamerikas, nº 44, p.259-280, 2007.

Municipalidad de la Capital Federal (MCBA CENSO). Censo General de la Ciudad de Buenos Aires levantado en 1904. Buenos Aires: Compañía Sud-Americana de billetes de banco, 1906.

Municipalidad de la Capital Federal (MCBA). Memoria del Departamento Ejecutivo presentada al H. Concejo Deliberante. Vários anos: 1889; 1890-1892; 1893-1894; 1895; 1896; 1897; 1898-1901; 1903; 1908 e 1917.

Transportadora del gas del sur (TGS). Historias del gas en la Argentina, 1823-1998. Buenos Aires: TGS, 1998. 40p.

YOUNG, George. Los bancos alemanes y la inversión directa alemana en América Latina, 1880-1930. In: MARICHAL, Carlos (Ed.) Las Inversiones Extranjeras en América Latina, 1880-1930, México: FCE. 1995. p. 96-124.

Downloads

Publicado

2015-03-10

Como Citar

BUSSOLA, D. Fiscalização e eficiência na iluminação pública. A substituição do gás pela eletricidade em Buenos Aires (1890-1910). Labor e Engenho, Campinas, SP, v. 9, n. 1, p. 159-173, 2015. DOI: 10.20396/lobore.v9i1.2102. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/labore/article/view/2102. Acesso em: 30 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos