As periodizações nas intervenções urbanas: uma análise das classificações de “Vargas & Castilho”, “Boyer” e “Simões Jr.”

  • Geise Brizotti Pasquotto Universidade de São Paulo
  • Melissa Ramos da Silva Oliveira Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Embelezamento urbano. Renovação urbana. Preservação urbana. Reinvenção urbana.

Resumo

O presente artigo tem por objetivo uma comparação entre a periodização proposta por três autores “Vargas e Castilho” (2006), “Boyer” (1998) e “Simões Jr.” (1994). O autor Simões Jr. periodizou os momentos mais significativos das intervenções urbanas através das pesquisas de Portas (1985), Del Rio (1991), Villaça (1989) e Piccinato (1983). As mencionadas periodizações foram feitas para identificar quatro momentos significativos da intervenção no espaço urbano a partir da modernidade. Vale ressaltar que, nessa comparação, o mais importante não é definir um conceito, mas sim entender o processo e os paradigmas que sustentam cada uma dessas intervenções.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geise Brizotti Pasquotto, Universidade de São Paulo
Arquiteta Urbanista pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho [Unesp], Mestre em Engenharia Civil pela Universidade Estadual de Campinas [Unicamp], doutoranda em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade de São Paulo [USP]. Professora universitária [Unip], [PUC], [Ceunsp].
Melissa Ramos da Silva Oliveira, Universidade Estadual de Campinas
Arquiteta e Urbanista. Mestre em Geografia pelo IG-Unicamp. Doutoranda pelo Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas.

Referências

ASHWORTH, G. J. e VOOGD, H. Selling the City: marketing approaches in public sector urban planning. Londres: Belhaven Press, 1990.

BOYER, M. Christine. The city of colletive memory: its historical imagery and architecture entertainments. Cambridge: MIT Press. 1998.

CHOAY, Françoise. A alegoria do patrimônio. Trad. Luciano Vieira Machado. São Paulo: Ed. UNESP: Estação Liberdade, 2001.

FERRARA, Lucrécia A. Design/Re-sign. Através. São Paulo, Martins Fontes, n.1, jan 1983 p.130- 148.

HARVEY, David Condição Pós-Moderna. Uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. Trad. Adail Ubirajara Sobral e Maria Stela Gongalves. 7a ed. São Paulo: Loyola, 1989.

HARVEY, David Condição Pós-Moderna. Do gerenciamento ao empreendedorismo: a transformação da administração urbana no capitalismo tardio. Espaço & Debates, São Paulo, nº 39, 1996, p. 48-64.

OLIVEIRA, Melissa Ramos da Silva; FERREIRA, Cláudio Lima. Arquitetura pós-moderna: ruptura ou intensificação de aspectos do moderno? Os Urbanitas – Revista de Antropologia Urbana, ano 4, vol. 4, n. 5, fevereiro de 2007.

PRADO SANTOS, Carlos Murilo. O reencantamento das cidades: tempo e espaço na memória do patrimônio cultural de São Luiz do Paraitinga/SP. Dissertação (Mestrado em Geografia) IG/UNICAMP, Campinas, 2006.

RUBINO, Silvana. “Gentrification”: notas sobre um conceito incômodo. In: SCHICCHI, Maria Cristina e BENFATTI, Dênio (orgs). Urbanismo: dossiê São Paulo-Rio de Janeiro. Campinas: PUCCAMP/Rio de Janeiro: Prourb/UFRJ, 2003.

SÁNCHEZ, Fernanda. A reinvenção das cidades – para um mercado mundial. Chapecó: Argos, 2003.

SCHICCHI, Maria Cristina Posfácio. Local ou global: o centro como princípio. In: SCHICCHI, Maria Cristina e BENFATTI, Dênio (orgs). Urbanismo: dossiê São Paulo-Rio de Janeiro. Campinas: PUCCAMP/Rio de Janeiro: Prourb/UFRJ, 2003, p. 297-314.

SIMÕES JÚNIOR, José Geraldo. Revitalização de centro urbanos. Publicação Polis, São Paulo, n. 19, 1994.

VAINER, Carlos B. Pátria, empresa e mercadoria. Notas sobre a estratégia discursiva do planejamento. In: ARANTES, Otília e outros. A cidade do pensamento único: desmanchando consensos. Rio de Janeiro: Vozes, 2000, p. 75-103.

VARGAS, Heliana Comin; CASTILHO, Ana Luisa Howard (orgs) Intervenções em Centros Urbanos: objetivos, estratégias e resultados São Paulo: Editora Manole, 2009 (2ª edição).

VILLAÇA, Flávio. Reflexões sobre o centro urbano. In: SCHICCHI, Maria Cristina e BENFATTI, Dênio (orgs). Urbanismo: dossiê São Paulo-Rio de Janeiro. Campinas: PUCCAMP/Rio de Janeiro: Prourb/UFRJ, 2003, p. 21-35.

Publicado
2010-09-29
Como Citar
Pasquotto, G. B., & Oliveira, M. R. da S. (2010). As periodizações nas intervenções urbanas: uma análise das classificações de “Vargas & Castilho”, “Boyer” e “Simões Jr.”. Labor E Engenho, 4(3), 29-43. https://doi.org/10.20396/lobore.v4i3.81
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)