Revisitando a Lógica de Dunn-Belnap

Autores

  • Carolina Blasio Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Lógica de Dunn-Belnap. Relação de consequência. Semânticas multivaloradas.

Resumo

O presente artigo apresenta uma semântica baseada nas atitudes cognitivas de aceitação e rejeição por uma sociedade de agentes para lógicas inspiradas no First Degree Entailment (E) de Dunn e Belnap. Diferente das situações epistêmicas originalmente usadas em E, as atitudes cognitivas não coincidem com valores-de-verdade e parecem mais adequadas para as lógicas que pretendem considerar o conteúdo informacional de porposições "ditas verdadeiras" tanto enquanto as proposições "ditas falsas" como determinantes da noção de validade das inferências. Após analisar algumas lógicas associadas à semântica proposta, introduzimos a lógica Eb cuja relação de consequência semântica subjacente - p B-entailment - é capaz de expressar diversos tipos de raciocínio em relação ás atitudes de aceitação e rejeição. Apresentamos também um cálculo de sequentes correto e completo para Eb.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolina Blasio, Universidade Estadual de Campinas

Departamento de Filosofia da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, Brasil.

Referências

Arieli, O.; Avron, A. “The value of the four values”, Articial Intelligence,

v. 102, n. 1, p. 97–141, 1998.

Belnap, N. “How a computer should think”, In: RYLE, G. (Ed.). Contemporary Aspects of Philosophy. Stockeld: Oriel Press, 1977. p. 30–56.

Bochman, A. “Biconsequence relations: Afour-valued formalism of reasoning with inconsistency and incompleteness”, Notre Dame Journal

of Formal Logic, v. 39, p. 131–143, 1998.

Dunn, J. M. “Intuitive semantics for rst-degree entailment and ‘coupled

trees’ ”, Philosophical Studies, v. 29, p. 149–168, 1976.

Dunn, J. M. “Partiality and its dual”, Studia Logica, 66(1): 5–40, 2000.

Fitting, M. “Bilattices are nice things”, In: Bolander, T.; Hendricks, V.;

Pedersen, S. A. (Ed.). Self-Reference. Coli Publications, 2006.

Frankowski, S. “Formalization of a plausible inference”, Bulletin of the

Section of Logic, v. 33, p. 41–52, 2004.

Malinowski, G. “q-consequence operation”, Reports onMathematical

Logic, v. 24, n. 1, p. 49–59, 1990.

Shramko, Y.;Wansing, H. “Entailment relations and/as truth values”,

Bulletin of the Section of Logic, v. 36, p. 131–143, 2007.

Shramko, Y.; Wansing, H. Truth and Falsehood: An Inquiry into Generalized Logical Values. Springer, 2011.

Downloads

Publicado

2017-07-11

Como Citar

BLASIO, C. Revisitando a Lógica de Dunn-Belnap. Manuscrito: Revista Internacional de Filosofia, Campinas, SP, v. 40, n. 2, p. 99–126, 2017. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/manuscrito/article/view/8649854. Acesso em: 4 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos