Banner Portal
Scientific reasoning
PDF

Palavras-chave

Filosofia da ciência-Resenha
Conhecimento científico-Resenha

Como Citar

LUNGARZO, Carlos. Scientific reasoning: a Bayesian approach. Manuscrito: Revista Internacional de Filosofia, Campinas, SP, v. 14, n. 2, p. 177–181, 1991. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/manuscrito/article/view/8669304. Acesso em: 14 abr. 2024.

Resumo

A época dos grandes livros de filosofia da ciência, seja das obras onde o conhecimento "epistemológico" existente era rigorosamente sistematizado, por exemplo, The Structure of Science de Nagel, seja das que ofereciam descobertas técnicas fundamentais como a sistematização e análise da estrutura lógica da explicação feita por Hempel, ou os trabalhos com (merecida ou não) pretensão de serem grandes produções intelectuais, como o célebre The Logic of Scientific Discovery de Popper, está ultrapassada, provavelmente. Todavia, de vez em quando (com uma frequência menor da que foi usual até a década de 1970) ainda se publicam livros que, pelo seu enfoque, pela natureza de suas teses, embora nem sempre espetaculares, ou pelo papel que vêm a preencher na literatura da área, podem considerar-se relevantes. Este é o caso do livro de Howson e Urbach, onde basicamente é discutida e defendida a tese de que o conhecimento científico é simplesmente o conhecimento probabilístico. Eu enfatizaria um pouco as afirmações dos autores, talvez para as fazer concordar com meu próprio ponto de vista, a ser desenvolvido num trabalho que espero apareça proximamente, no sentido de que a filosofia da ciência, pelo menos em seus aspectos gnoseológicos e metodológicos, não é mais do que a teoria das probabilidades aplicada aos enunciados das teorias científicas.

PDF

Referências

Howson, C., & Urbach, P. (1989). Scientific reasoning: a Bayesian approach. ( La Salle, Open Court).

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 1991 Manuscrito: Revista Internacional de Filosofia

Downloads

Não há dados estatísticos.