Ensino superior e voto: análise do comportamento eleitoral da comunidade uspiana em 2010

Autores

  • Umberto Mignozzetti Universidade de São Paulo
  • Manoel Galdino Universidade de São Paulo
  • Alexandre Landim Felix Universidade de São Paulo
  • Irina Cezar Universidade de São Paulo
  • Maitê Sanches Sanches Universidade de São Paulo
  • Rodolpho Bernabel Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Voto prospectivo. Voto retrospectivo. Eleições presidenciais. Ideologia. USP

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar os res Resumo: ultados de uma pesquisa eleitoral realizada nos Campi da USP-Capital pelo Centro de Estudos das Negociações Internacionais (CAENI) e pelo Instituto Júnior de Pesquisas Sociais (IJPS) durante o período de campanha do segundo turno da eleição presidencial de 2010. Discutimos o processo de amostragem e a implicação de pesquisar sobre um universo de pessoas mais escolarizadas e jovens do que a população total. Mostraremos que é mais fácil isolar um comportamento prospectivo nessas condições do que em uma amostra onde o universo é a população de eleitores inteira do país.

 

Abstract:

The aim of this paper is to present the results of an electoral research conducted in the University of São Paulo by the Center of Studies in International Negotiation (CAENI) and the Junior Institute of Social Research (IJPS) during the 2010 Brazilian presidential elections runoff. In this work we discuss the sampling process and its implications on a universe of higher scholarization. We show that the prospective behavior is easier to isolate in situations like these, in comparison with classical surveys over the total Brazilian population. Keywords: prospective voting; retrospective voting;

Keywords: presidential elections; ideology; University of São Paulo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Landim Felix, Universidade de São Paulo

Graduado em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP). Estruturou e coordenou o Instituto Jr. de Pesquisas Sociais da USP (IJPS-USP) (2008/11), desenvolvendo pesquisas de cultura política e estudos sobre marcadores sociais de diferença (gênero e diversidade sexual, raça, etnias, gerações). Foi analista de pesquisas (2010/12) da QuorumBrasil - Informação e Estratégia, coordenando pesquisas de opinião pública e mercado, e gerente de planejamento do Instituto Análise (2012), focado na avaliação de políticas públicas, pesquisas eleitorais e de opinião. Atuou como pesquisador no Centro de Política e Economia do Setor Público, da Fundação Getúlio Vargas CEPESP-FGV-SP (2012), em pesquisa da Controladoria Geral da União (CGU) sobre corrupção nos municípios brasileiros. Integrou o grupo de estudos sobre comportamento eleitoral da FFLCH-USP, coordenado pelo professor André Singer. Atualmente é mestrando em Políticas Públicas e Sociedade pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Irina Cezar, Universidade de São Paulo

Formada em Ciências Sociais cursou os últimos dois anos da graduação na área de Ciência Política. Já atuou com pesquisas, campanhas eleitorais e desenvolvimento de projetos sociais. Resumo acadêmico: Coordenadora de Mulheres da Juventude do Partido da Social Democracia Brasileira do município de São Paulo (JPSDB). Aluna Universidade Livre Feminista (Iniciativa CFEMEA). Bacharela Ciências Sociais (Ênfase na área de Ciência Política) USP. Iniciação científica na área de Sociologia Política sob o tema Influência das políticas sociais do Governo Lula sobre o voto , com a obtenção de Bolsa Santander

Maitê Sanches Sanches, Universidade de São Paulo

Graduanda em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas ( FFLCH - USP), interessada no estudo de políticas públicas ambientais, planejamento urbano e políticas de inclusão.

Rodolpho Bernabel, Universidade de São Paulo

Doutorando em Ciência Política (New York University), Doutorando em Ciência Política (USP), em fase de conclusão, mestre em Ciência Política (USP) e bacharel em Ciências Sociais (USP). Possui experiência em modelos formais, teoria dos jogos e public choice. Leciona cursos de Cálculo Diferencial e Integral, Álgebra Linear, Estatística Básica, Econometria, pacote estatístico R, Teoria dos Jogos, Teoria dos Regimes Internacionais e Análise de Decisão para alunos e pesquisadores de relações internacionais e áreas afins, pelo Centro de Estudo das Negociações Internacionais.

Referências

BOHN, S. R. “Evangélicos no Brasil. Perfil socioeconômico, afinidades ideológicas e determinantes sdo comportamento eleitoral”. Opinião Pública, vol.10, n˚ 2, 2004.

BOHN, S. R. “Contexto político-eleitoral, minorias religiosas e voto em pleitos presidenciais (2002-2006”). Opinião Pública, v.13, n˚2, 2007.

CARREIRÃO, Y. S. A decisão de voto nas eleições presidenciais brasileiras. Rio de Janeiro/Florianópolis: Editora da FGV/EdUFSC, 2002.

CARREIRÃO, Y. S. “Identificação ideológica e voto para presidente”. Opinião Pública , vol.8, n˚ 1, 2002.

ESEB: Estudo Eleitoral Brasileiro. (Banco de dados). (23 de 08 de 2010). Consórcio de Informações Sociais, 2010, 2006.

FIORINA, M. Retrospective Voting in American National Elections. New Haven: Yale University Press, 1981.

GILL, J. Bayesian Methods: A Social and Behavioral Science Approach. Chapman and Hall/CRC, Boca Raton, 2nd Edition, 2008.

MORTON, R. & WILLIAMS, X. Experimental political science and the study of casuality. From nature to the Lab. New York: Cambridge University Press, 2010.

PAULINO, C. D.; TURKMAN, M. A. A. & MURTEIRA,B. Estatística Bayesiana. Fundação Calouste Gulbenkian, Portugal, Lisboa, 2003.

PIERUCCI, A. F.; PRANDI, J. R. “Religiões e voto: a eleição presidencial de 1994”. Opinião Pública , vol.3, n˚1, 1995.

SINGER, A. V. Esquerda e Direita no Eleitorado Brasileiro. São Paulo: EdUSP, 2000.

TELLES, H. D.; DIAS, M. “Condutas políticas, valores e voto dos eleitores jovens em Belo Horizonte”. Revista do Legislativo, 82-103, 2010.

TELLES, H., LOURENÇO, L. C., & STORNI, T. P. “Partidos, campanhas e voto: como o eleitor decide nas municipais”. Sociedade e Cultura , 91-116, 2009.

WOOLDRIDGE, J. Econometric, analysis of cross section and panel data. Massachussetts Institute of Technology, 2002.

Downloads

Publicado

2015-10-30

Como Citar

Mignozzetti, U., Galdino, M., Felix, A. L., Cezar, I., Sanches, M. S., & Bernabel, R. (2015). Ensino superior e voto: análise do comportamento eleitoral da comunidade uspiana em 2010. Opinião Pública, 18(2), 513–535. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/op/article/view/8641433

Edição

Seção

Artigos