Banner Portal
FICA na rua: arte, cultura e poéticas de apropriação de espaço urbano
PDF

Palavras-chave

Atividades de lazer. Planejamento de cidades. Arte

Como Citar

NUNES JUNIOR, Paulo Cezar; BATISTA, Janir Coutinho. FICA na rua: arte, cultura e poéticas de apropriação de espaço urbano. RUA, Campinas, SP, v. 21, n. 1, p. 21–32, 2015. DOI: 10.20396/rua.v21i1.8637516. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8637516. Acesso em: 20 jun. 2024.

Resumo

A partir das experiências vivenciadas no Festival Integrado de Cultura e Arte (FICA), realizado em Itajubá e cidades vizinhas no sul de Minas Gerais, pretendemos evidenciar a cidade como lugar de lazeres e espaço para multiplicidades de relações. Será abordada a questão da apropriação, do encontro entre o sujeito/espaço e de possíveis fazeres artísticos que permitem questionar paradigmas preestabelecidos e reconfigurar o olhar sobre os espaços públicos de grande circulação.

https://doi.org/10.20396/rua.v21i1.8637516
PDF

Referências

BATISTA, J. A angústia do adoecer – microfendas para o conhecimento de si e possibilidades de reconfigurações na vida. Dissertação de mestrado. Campinas: UNICAMP, 2013.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Vol. 5 Trad. Ana Lúcia de Oliveira. Vol. 4. São Paulo: Editora 34, 1997.

FERRACINI, R et. al. Uma experiência de cartografia territorial do corpo em arte. Urdimento, v.1, n.22, p.219-232, 2014.

FOUCAULT, M. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1982.

FOUCAULT, M. Os desvios religiosos e o saber médico. In: MOTTA, M. B. Arte, epistemologia, filosofia e história da medicina. Rio de Janeiro: F. Universitária, 2011.

GUATTARI, F. Espaço e poder: a criação de territórios na cidade. Espaço e Debates, v.6, p. 109-121, 1985.

JACOBS, J. Morte e vida de grandes cidades. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

LEFEBVRE, H. O direito à cidade. São Paulo: Centauro, 2006.

LEFEBVRE, H. A vida cotidiana no mundo moderno. São Paulo: Ática, 1991.

NUNES JUNIOR, P. C. Dados e Relatos de Lazer em Itajubá (MG) a Partir da Experiência de um Projeto de Extensão Universitária. In: XIII Seminário O Lazer em Debate, Belo Horizonte. Coletânea de textos XIII Seminário O Lazer em Debate, 2012.

NUNES JUNIOR, P. C. BATISTA, A.C. 2012. Proposta Curatorial FICA 2012. Disponível em: http://www.ficaitajuba.com.br/2012/o-festival/proposta. Acesso em: 19/mar./13.

NUNES JUNIOR, P. C.; AMARAL, S. C. F. Entre a marquise e a pista central. Espaço para o tempo livre no Parque do Ibirapuera. Movimento, v. 16, n.2, p. 249-265, 2010.

PADILHA, V. P.. Se o trabalho é a doença, o lazer é o remédio? In: MÜLLER, A.; DACOSTA, L. P. (Org.). Lazer e trabalho: um único ou múltiplos olhares? Santa Cruz do Sul: EDUNISC, p. 243-266, 2003.

PÉREZ-ORAMAS. L. A iminência das poéticas (Texto Curatorial da Trigésima Bienal de São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.bienal.org.br/30bienal/pt/sobre/Paginas/curadoria.aspx>. Acesso em 04/out./2012.

POL, E. La apropiación del espacio. In ÍÑÍGUEZ, L.; POL, E. (Coord.). Apropiación, cognición y representación ambiental: monografías psicosocioambientales. Barcelona: PUB, p. 45-62, 1996.

ROLNIK, R. O lazer humaniza o espaço urbano. In: SESC SP. (Org.). Lazer numa sociedade globalizada. São Paulo: SESC São Paulo/World Leisure, 2000.

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Edusp, 2002.

SIMONDON, G. L ́individuación psychique et collective. À la lumiére des notions de Forme, Information, Potentiel et Métastabilité. Paris: Aubier, 1989.

SIMONDON, G. 1958. Du mode d’existence des objets techniques. Paris: Aubier.

O periódico RUA utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.