Produzindo o sentido de um nome de cidade

Autores

  • Eduardo Guimarães Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v20i0.8637520

Palavras-chave:

Semântica. Rio de Janeiro. Enunciação. Nome próprio. Aposto

Resumo

Este texto analisa a relação de significação que atribui ao nome próprio Rio de Janeiro o sentido de cidade maravilhosa. Para isso o trabalho analisa a questão da relação apositiva que acaba por apresentar uma história de enunciações a respeito da cidade do Rio. Neste caso o aposto acaba por apresentar-se como um outro nome para a cidade, havendo assim uma sobreposição de dizeres e tempos do sentido. O sentido do nome Rio de Janeiro (primeiro, nome da baía da Guanabara e, depois, nome da cidade, por metonímia), significa um memorável descritivo que articula o nome com sentidos da beleza do lugar e que se desloca para um sentido avaliativo. Este processo se especifica por uma história de enunciações que se pode localizar na passagem do século XIX para o XX. Tanto este aspecto quando o do próprio funcionamento da relação apositiva mostram aspectos muito particulares da constituição do sentido do nome próprio. E neste caso, a relação apositiva faz uma predicação que se apresenta como própria do sentido de Rio de Janeiro, como se fosse algo que o nome significasse de modo fixo e definitivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Guimarães, Universidade Estadual de Campinas

Pesquisador do Laboratório de Estudos Urbanos da Unicamp, professor do IEL da Universidade Estadual de Campinas.

Referências

GUIMARÃES, E. (2002) Semântica do Acontecimento. Campinas, Pontes.

GUIMARÃES, E. (2011) “Em Torno de um nome próprio de cidade. Sobre a produção dos sentidos de uma origem”. Cadernos de Estudos Linguísticos, V. 53, n. 2, Campinas, DL-IEL, Unicamp.

GUIMARÃES, E. (2012) “Aposto e nome próprio”. Entremeios, 5. Pouso Alegre, Pósgraduação em Ciências da Linguagem, Univás.

GUIMARÃES, E. (2013) “Enunciação e Sentido: Em Torno de Nomes de Próprios”. Conferência no Encontro Semântica e Enunciação, IEL, Unicamp.

RIBEIRO, J. (1900) História do Brasil. Curso Superior. Rio de Janeiro, Livraria São José.

SALVADOR, Frei V. de (1627) História do Brazil (1500-1627). Curitiba, Juruá, 2011.

Downloads

Publicado

2015-07-13

Como Citar

GUIMARÃES, E. Produzindo o sentido de um nome de cidade. RUA, Campinas, SP, v. 20, p. 36-48, 2015. DOI: 10.20396/rua.v20i0.8637520. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8637520. Acesso em: 30 out. 2020.