Banner Portal
O que quer, o que pode um discurso? O que quer, o que pode esta foto?
PDF

Palavras-chave

Discurso. Sujeito. Memória. História. Interpretação

Como Citar

BRUST, Viviane Teresinha Biacchi; PETRI, Verli. O que quer, o que pode um discurso? O que quer, o que pode esta foto?. RUA, Campinas, SP, v. 19, n. 1, p. 18–38, 2015. DOI: 10.20396/rua.v19i1.8638232. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8638232. Acesso em: 22 abr. 2024.

Resumo

O presente trabalho propõe reflexões sobre uma fotografia, colocando-a em relação à história e à memória do sujeito imigrante italiano da Quarta Colônia (RS), em um espaço urbano, para o que nos ancoramos na teoria do discurso, constituída por Michel Pêcheux e outros relevantes teóricos brasileiros. Embora o título de nosso estudo esteja construído com base em uma interrogação, não visamos a dar respostas, mas sim a percorrer caminhos de interpretação, propor possíveis percursos de leitura e análise. 

https://doi.org/10.20396/rua.v19i1.8638232
PDF

Referências

COURTINE, J-J. 1999. O chapéu de Clementis: observações sobre a memória e o esquecimento na enunciação do discurso político. Traduzido por M. R. Rodrigues. In: INDURSKY, F.; FERREIRA, C. L (Org.). Os múltiplos territórios da Análise de Discurso. Porto Alegre, RS: Sagra Luzzatto.

DAVALLON, Jean. 2007 [1983]. A imagem, uma arte de memória? In: ACHARD, Pierre et al.. Papel da memória. 2. ed. Traduzido por José Horta Nunes. Campinas, SP: Pontes.

GADET, F.; PÊCHEUX, Michel. 2004 [1981] A língua inatingível. O discurso na história da lingüística. Traduzido por Bethania Mariani e Maria E. C. de Mello. Campinas, SP: Pontes.

HENRY, Paul. 2010 [1975]. Os fundamentos teóricos da “Análise Automática do Discurso” de Michel Pêcheux (1969). In: GADET, Françoise; HAK, Tony (orgs.). Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. 4. ed. Traduzido por Bethania Mariani et al. Campinas, SP: Ed. UNICAMP.

ORLANDI, Eni P. 2012. Discurso em análise: sujeito, sentido, ideologia. Campinas, SP: Pontes.

ORLANDI, Eni P. 2011. Os sentidos de uma estátua: Fernão Dias, individuação e identidade pousoalegrense. In: ORLANDI, Eni (org.). Discurso, espaço, memória: caminhos da identidade no sul de Minas. Campinas, SP: RG.

ORLANDI, Eni P. 2009. Análise de Discurso: princípios e procedimentos. 8. ed. Campinas, SP: Pontes.

ORLANDI, Eni P. 2008 [1983]. Nota ao leitor. In: PÊCHEUX, M. O discurso: estrutura ou acontecimento. 5 ed. Traduzido por Eni Puccinelli Orlandi. Campinas, SP: Pontes.

ORLANDI, Eni P. 2005. Discurso e texto: formulação e circulação de sentidos. 2. ed. Campinas, SP: Pontes.

ORLANDI, Eni P. 2004a. Cidade dos sentidos. Campinas, SP: Pontes.

ORLANDI, Eni P. 2004b. Interpretação: autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. 4. ed. Campinas, SP: Pontes.

PAYER, M. O. 2001. A interdição da língua dos imigrantes (italianos) no Brasil: condições, modos, consequências. In: ORLANDI, Eni (Org.). Historia das idéias lingüísticas: construção do saber metalingüístico e constituição da língua nacional. Campinas, SP: Pontes/UNEMAT.

PAYER, M. O. 2009 [1975]. Semântica e Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. 4. ed. Traduzido por Eni Puccinelli Orlandi et al. Campinas, SP: ed. UNICAMP.

PAYER, M. O. 2008 [1983]. O discurso: estrutura ou acontecimento. 5 ed. Traduzido por Eni Puccinelli Orlandi. Campinas, SP: Pontes.

PAYER, M. O. 2007 [1983]. Papel da memória. In: ACHARD, Pierre et al. Papel da memória. 2. ed. Traduzido por José Horta Nunes. Campinas, SP: Pontes.

PETRI, Verli. 2012, no prelo. O funcionamento do movimento pendular próprio às análises discursivas na construção do “dispositivo experimental” da Análise de Discurso. In: DIAS, Cristiane; PETRI, Verli (Orgs.). Análise de Discurso em perspectiva: teoria, método e análise. Campinas, SP: Pontes.

PETRI, Verli. 2010. De “Garganta do Diabo” para “Vale do Menino Deus”: reflexões acerca das práticas sociais e dos modos de designar o espaço público. Rua, n. 16, v. 1, Campinas, SP.

PETRI, Verli. 2006. Michel Pêcheux e a teoria do discurso nos anos 60. Conferência de abertura da Semana Acadêmica de Letras da UFSM. Santa Maria, RS: UFSM.

PETRI, Verli. 2005. Algumas reflexões sobre discursividade, gramática e sintaxe. In: INDURSKY, Freda; FERREIRA, Maria C. L. (Org.), Michel Pêcheux e a análise do discurso: uma relação de nunca acabar. São Carlos, SP: Claraluz.

PETRI, Verli. 2004. Algumas reflexões sobre o sujeito nos estudos da linguagem. Língua e Instrumentos Lingüísticos, n° 13/14. Campinas, SP: Pontes.

ZANDWAIS, Ana. 2007. Saberes sobre a identidade nacional: o processo de construção de um imaginário de cidadania durante o governo Vargas. In: FERREIRA, Maria C. L.; INDURSKY, Freda (Orgs.). Análise de discurso no Brasil: mapeando conceitos, confrontando limites. São Carlos, SP: Claraluz.

www.caetanoveloso.com.br/discografia.php. Acesso em junho de 2012.

O periódico RUA utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.