A ironia exacerbada vira nada. Nada? Incômodos com Narradores de Javé

Autores

  • Wenceslao Machado de Oliveira Junior Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v17i1.8638316

Palavras-chave:

Narradores de Javé. Ironia. Cinema

Resumo

Texto construído como repetição desdobrada, apontando as fragilidades da ironia exacerbada do personagem principal do filme Narradores de Javé. Ironia entrevista como tom enunciador e desmodelizador daquilo que se faz (as estórias, as histórias, as escritas), daquilo que se diz (por aí, por aqui, os outros, nós próprios), daquilo que é (um livro, um filme, uma verdade, uma realidade, uma cidade). Ironia como tom que desconserta, mas também mantém tudo como está: o filme (só) como entretenimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wenceslao Machado de Oliveira Junior, Universidade Estadual de Campinas

Professor da Faculdade de Educação, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Referências

JEUDY, Henri-Pierre. (2001). A ironia da comunicação. Porto Alegre: Sulina.

Downloads

Publicado

2015-07-17

Como Citar

OLIVEIRA JUNIOR, W. M. de. A ironia exacerbada vira nada. Nada? Incômodos com Narradores de Javé. RUA, Campinas, SP, v. 17, n. 1, p. 83–88, 2015. DOI: 10.20396/rua.v17i1.8638316. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8638316. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Estudos