A relação centro-periferia na discursividade da cidade

Autores

  • Tiago Roberto Ramos Universidade Estadual de Maringá
  • Renata Marcelle Lara Pimentel Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v17i2.8638378

Palavras-chave:

Cidade. Discurso. Maringá. Relação centro-periferia

Resumo

Este artigo aborda a relação entre espaços centrais e periféricos na cidade de Maringá (PR), buscando compreender, pela Análise de Discurso pecheutiana, como se dá a sua constituição simbólica. A observação em campo possibilitou explicitar um funcionamento marcado por constante intercâmbio e disputas de sentidos. Por mais que a estrutura espacial e o imaginário urbano tendam a silenciar o social, este irrompe na falha. Tal dinâmica marca um conflito pela constituição de memórias sobre a cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Roberto Ramos, Universidade Estadual de Maringá

Bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Publicidade e Propaganda, pelo Centro Universitário de Maringá (Cesumar), e licenciado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Renata Marcelle Lara Pimentel, Universidade Estadual de Maringá

Doutora em Linguística pela Unicamp. Docente do Departamento de Fundamentos da Educação da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Membro dos grupos de pesquisa GEPOMI/UEM (Grupo de Estudos Políticos e Midiáticos), “Discurso, ciência e historicidade”/Univás (Universidade do Vale do Sapucaí), e "O discurso nas fronteiras do social: diferentes materialidades significantes"/UNICAMP

Referências

ARAÚJO, Marivânia da Conceição de. O bairro Santa Felicidade por ele mesmo: espaço urbano e formas de representações sociais em Maringá. 2005. 290 f. Tese (Doutorado em Sociologia) – Universidade Estadual Paulista Julio Mesquita Filho (UNESP).

CANCLINI, Néstor García. Imaginarios urbanos. 3. ed. Buenos Aires: Eudeba. 2007

CORDOVIL, F. C. S. ; ANDRADE, C. R. M. A cidade de Maringá, PR. O plano inicial e as requalificações urbanas. In. Diez años de câmbios em el mundo, em La Geografia y em las Ciencias Sociales, 1999-2008. Actas Del X Coloquio Internacinal de Geocrítica, Universidad de Barcelona: Scripta Nova (Barcelona), v. 270, p. 01-19, 2008. Disponível em: http://www.ub.es/geocrit/-xcol/55.htm. Acesso em: 19 nov. 2009.

CORDOVIL, F. C. S. Projeto Urbano como propaganda: a construção da imagem da cidade de Maringá. In: MACEDO, O.L C; CORDOVIL, F.C.S; REGO, R.L. (Org.). Pensar Maringá: 60 anos de Plano. Maringá: Massoni, 2007, v. 01, p. 83-99.

GEERTZ, Clifford. Uma descrição densa: por uma teoria interpretativa da cultura. In: GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. p. 13-41. 1989

MARTÍN–BARBERO, Jesús. Ofício de cartógrafo: travessias latino americanas da comunicação na cultura. São Paulo: Edições Loyola. 2004.

MORALES, Blanca de Souza Vieira. O real da língua e o real da história: considerações a partir do texto La lengua de nunca acabar. In. INDURSKY, F. FERREIRA, M. C. L. (Org.) Michel Pêcheux & análise do discurso: uma relação de nunca acabar. 2. ed. São Carlos: Claraluz, 2007. p. 219-223.

ORLANDI, Eni P. (Org.) Cidade atravessada: os sentidos públicos no espaço urbano. Campinas: Pontes. 2001.

ORLANDI, Eni P. Análise de discurso: princípios e procedimentos. 5. ed. Campinas: Pontes. 2003a.

ORLANDI, Eni P. (Org.) Para uma enciclopédia da cidade. Campinas: Pontes. 2003b.

ORLANDI, Eni P. Cidade dos sentidos. Campinas: Pontes. 2004.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. 2. ed. Campinas: Unicamp. 1995.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. 5. ed. Campinas: Pontes, 2008.

RODRIGUES, Ana Lúcia. A pobreza mora ao lado: segregação socioespacial na região metropolitana de Maringá. 2004. 258 f. Tese (doutorado em Ciências Sociais) – Pontificia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo.

RODRIGUES, Ana Lúcia. A ocupação urbana da região metropolitana de Maringá: uma história de segregação. Revista Paranaense de Desenvolvimento, Curitiba: IPARDES, 2005. v. 82, n. 108, p. 61-86.

REGO, Renato Leão. O desenho urbano de Maringá e a idéia de cidade-jardim. Acta Scientiarum (UEM), Maringá, 2001, v.23, n.6, p. 1569-1577.

ROLNIK, Raquel. O que é cidade. São Paulo: Brasiliense. 2004.

ROURE, Glacy Queirós. Todo mundo sabe disso mió eu sumi daqui In. ORLANDI, Eni P. (org.) Cidade atravessada: os sentidos públicos no espaço urbano. Campinas: Pontes, 2001, p. 61-71.

Downloads

Publicado

2015-07-17

Como Citar

RAMOS, T. R.; PIMENTEL, R. M. L. A relação centro-periferia na discursividade da cidade. RUA, Campinas, SP, v. 17, n. 2, p. 128–144, 2015. DOI: 10.20396/rua.v17i2.8638378. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8638378. Acesso em: 5 fev. 2023.

Edição

Seção

Estudos