re(PER)curso

Autores

  • Jônatas Manzolli Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Vídeo - Apresentação - Artes

Resumo

re(PER)curso (2007) dá continuidade à trajetória de Jônatas Manzolli do Núcleo Interdisciplinar de Comunicação da UNICAMP e grupo de pesquisa SPECS do Instituto Audiovisual da Universidade Pompeu Fabra, Barcelona, Espanha. Esta obra reitera outras criaçoes multimidia realizadas com sucesso que, no conjunto, estão vinculados também a esta performance. re(PER)curso vincula-se a outras estréias de Manzolli durante o ano de 2007: “Trópicos”, executada pela Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas (abril, 2007), “Templo: Palavras ao Tempo”, no Performa 07 em Aveiro, Portugal (maio, 2007) e “continuaMENTE” para três percussionistas, audiovisual interativo e piano controlado por computador, apresentada no Teatro do Itau Cultural (agosto, 2007).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jônatas Manzolli, Universidade Estadual de Campinas

Compositor e matemático, trabalha com arte e tecnologia entrelaçando música, informática e ciências cognitivas. É professor livre docente do Instituto de Artes e coordenador do NICS, ambos da Unicamp. Sua pesquisa foca sistemas informáticos bio-inspirados, robóticos e espaços inteligentes. Utiliza processos auto-organizados e evolutivos na criação de paisagens sonoras, música instrumental, eletroacústica e interativa. re(PER)curso é fruto da colaboração entre Manzolli e o grupo SPECS. Desde 1989 criaram juntos 15 instalações com o sistema Roboser, entre elas: “Ada: Intelligent Space” (2002) que explora homeostase entre máquina e comportamento coletivo, recebeu 550.000 pessoas durante a Expo.02, Neuchatel, Suíça; “Hello Stranger” (2005), com 35 colunas de leds de alta-resolução produz uma experiência multimodal com luz, som e o espaço, BrainFair, Zurique.

Downloads

Publicado

2015-07-22

Como Citar

MANZOLLI, J. re(PER)curso. RUA, Campinas, SP, v. 15, n. 1, 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8638878. Acesso em: 29 jun. 2022.

Edição

Seção

Artes

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)