As cidades de bandeira

Autores

  • Lúcia Teixeira Universidade Federal Fluminense - UFF

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v5i0.8640690

Palavras-chave:

Cidades. Estética do espaço. Urbanização

Resumo

Partindo dali...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lúcia Teixeira, Universidade Federal Fluminense - UFF

Possui mestrado em Letras pela Universidade Federal Fluminense e doutorado em Linguística e Semiótica pela Universidade de São Paulo (1994). Realizou estágio de pós-doutorado em Semiótica na Universidade de Limoges, na França (2002-2003). É professora associada da Universidade Federal Fluminense, pesquisadora 1-C do CNPq e Cientista do Nosso Estado da FAPERJ (2010-2013). Foi coordenadora do Programa de Pós-graduação em Letras da UFF (1999-2002) e atua em Consultorias à CAPES, ao CNPq, FAPERJ. Coordena o Grupo de Pesquisa Semiótica e Discurso - SeDi - http://www.sedi.uff.br/, certificado no Diretório de Grupos de Pesquisas do CNPq, com participação de professores da UFF, UFRJ, UERJ, UNIRIO, UFT, UFPB, UFPR, pesquisadores de pós-doutorado e estudantes de doutorado, mestrado e iniciação científica. Ministrou cursos na Universidade de Québec à Montréal (UQAM) (2009, 30 horas) e na Universidad Nacional de Córdoba (2012, 36 horas). Orienta trabalhos em Semiótica, com ênfase em temas voltados para as relações entre linguagens: pintura e crítica de arte; artes visuais e linguagem verbal; semióticas sincréticas. É autora de livros didáticos de Português par estudantes do 6º ao 9º anos, sendo a mais recente a coleção Apoema, em coautoria com Karla Cristina Faria e Silvia Maria de Sousa (Editora do Brasil, 2013). Publicou, entre outros livros, Linguagens na cibercultura (organização, com José Roberto do Carmo Jr., São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2013) e Linguagens na comunicação (organização, com Ana Claudia de Oliveira, São Paulo, Estação das Letras e Cores, 2009), além de capítulos de livros e ensaios em periódicos nacionais e estrangeiros, sobre temas como argumentação, discurso e enunciação, tematização e figurativização, plasticidade e figuratividade, sincretismo de linguagens, percursos de visitação a museus de arte. Em semiótica, seus campos de atuação mais frequentes são a semiótica plástica e a semiótica sincrética.

Downloads

Publicado

2015-10-07

Como Citar

TEIXEIRA, L. As cidades de bandeira. RUA, Campinas, SP, v. 5, p. 67–80, 2015. DOI: 10.20396/rua.v5i0.8640690. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8640690. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Estudos