Mora-dores de rua falados e significados no/pelo discurso jornalístico

Autores

  • Lucília Maria Souza Romão Universidade de São Paulo
  • Soraya Maria Romano Pacífico Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v13i1.8640811

Palavras-chave:

Moradores e rua. Mendigos. Chacina. Mídia. Análise do discurso

Resumo

Nesse artigo pretende-se investigar como a chacina dos moradores de rua e mendigos de São Paulo foi silenciada no discurso da mídia, não possibilitando ao leitor o acesso ao discursivo polêmico. Trabalhando com o referencial de Análise de Discurso de linha francesa, será analisado um texto do ombudsman da Folha de S. Paulo sobre o tema e também dois cartuns de autoria de Angeli e Jean, ambos publicados no referido jornal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucília Maria Souza Romão, Universidade de São Paulo

Graduação em Letras pelo Centro Universitário Barão de Mauá de Ribeirão Preto (1988). Doutorado Direto em Psicologia pela FFCLRP/USP (2002). Livre docente em Ciência da Informação e Documentação pela mesma instituição (2010). Docente com dedicação exclusiva da Universidade de São Paulo em nível de graduação e pós-graduação. Orientadora de projetos de pesquisa de graduação, mestrado, doutorado, supervisora de projetos de pós-doutorado.Parecerista ad hoc do CNPQ e FAPESP. Membro das seguintes associações científicas: GEL, ANPOLL, ALED, ABRALIN, BRASA, INFLA. Membro do Fórum do Campo Lacaniano de São Paulo. Autora de livros e artigos publicados em revistas científicas. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Discurso e memória: movimentos do sujeito , cadastrado junto ao Diretório de Grupos do CNPQ, e do E‐L@DIS, Laboratório Discursivo - sujeito, rede eletrônica e sentidos em movimentos , financiado pela FAPESP. Especialista em Análise do Discurso na investigação de materialidades discursivas ligadas aos seguintes temas: leitura, memória, mídia, questão agrária, textualidade digital, subjetividade e leitura.

Soraya Maria Romano Pacífico, Universidade de São Paulo

Graduação em Letras pela Faculdade de Educação São Luís (1986); mestrado em Linguística e Língua Portuguesa pela Faculdade de Ciências e Letras Júlio de Mesquita Filho/UNESP (1996); doutorado em Ciências, pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP, (2002) e pós-doutorado pela Faculdade de Ciências e Letras Júlio de Mesquita Filho/UNESP (2013). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Linguística, com pesquisas fundamentadas na Análise do Discurso pecheutiana, principalmente nos seguintes temas: autoria, argumentação, leitura e escrita.

Downloads

Publicado

2015-10-07

Como Citar

ROMÃO, L. M. S.; PACÍFICO, S. M. R. Mora-dores de rua falados e significados no/pelo discurso jornalístico. RUA, Campinas, SP, v. 13, n. 1, p. 9–20, 2015. DOI: 10.20396/rua.v13i1.8640811. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8640811. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Estudos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)