A exibição da intimidade em meio à sociedade do espetáculo

Autores

  • Mariana Marques de Lima Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v22i2.8647953

Palavras-chave:

O show do eu. Intimidade. Espetáculo

Resumo

Em “O Show do Eu: a intimidade como espetáculo”, obra gestada a partir da pesquisa de doutorado da argentina Paula Sibilia, são apresentados aspectos sociais e históricos do incessante comportamento de mostrar a intimidade nas redes sociais. O ensaio é um daqueles textos tão atuais que, independente da área acadêmica, se faz necessário devido à sua imediaticidade crítica e exposição dos hábitos assentados que permeiam o dia a dia. Em conversa constante com Guy Debord, no célebre “A Sociedade do Espetáculo”, a autora complementa as teses cunhadas em 1967, levandoas a um novo patamar ao apontar os processos entre o século XX e XXI que alavancaram as condutas de espetacularização do espaço íntimo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Marques de Lima, Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo

Doutoranda em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo; Mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade de São Paulo; Pesquisadora do Centro de Estudos de Telenovela da USP e do Observatório Ibero-Americano de Ficção Televisiva – Obitel.

Referências

DEBORD, Guy.. La sociedad del espetáculo. Buenos Aire: La Marca, 1995 (Edição brasileira: A sociedade do espetáculo. Rio de janeiro: Contraponto, 2007)

LEJEUNE, Philippe. Le pacte autobiographique. Paris: Seuil, 1975.

SIBILIA, Paula. O Show do Eu: A intimidade como espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 2016

Downloads

Publicado

2016-12-15

Como Citar

LIMA, M. M. de. A exibição da intimidade em meio à sociedade do espetáculo. RUA, Campinas, SP, v. 22, n. 2, p. 639–644, 2016. DOI: 10.20396/rua.v22i2.8647953. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8647953. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Resenhas