Banner Portal
O tríplex: a imagem como operadora de memória discursiva em charges
PDF

Palavras-chave

Charge. Interdiscurso ou memória discursiva. Imagem
operadora de memória.

Como Citar

CAVALCANTI, Cristiane Renata da Silva; AZEVEDO, Nadia Pereira Gonçalves de. O tríplex: a imagem como operadora de memória discursiva em charges. RUA, Campinas, SP, v. 24, n. 1, p. 237–253, 2018. DOI: 10.20396/rua.v24i1.8652441. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8652441. Acesso em: 25 maio. 2024.

Resumo

Este trabalho analisará, no discurso da charge, o papel da memória discursiva, enquanto efeito de sentido. Tem como ponto de partida a noção de memória discursiva, conforme os pilares da Análise do Discurso de Linha Francesa, (AD), fundada por Michel Pêcheux. Propomos a ideia de que a imagem é uma operadora, arte da memória social. Tal afirmação partiu da hipótese de que, em charges, há um relacionamento inerente entre a imagem e a memória, ou seja, há uma relação de sentido, através da memória social presente no interdiscurso. Para tanto, tomamos como objeto de análise três charges, veiculadas em jornais impresso e online. O trabalho pressupõe a perene incompletude dos fatos da linguagem, compreendendo que o dizer é sempre ponto de deriva para outros sentidos.
https://doi.org/10.20396/rua.v24i1.8652441
PDF

Referências

BARBOSA, P. L. N. O papel da imagem e da memória na escrita jornalística da história do tempo presente. In: Discurso e Mídia: a cultura do espetáculo. São Carlos: Claraluz, 2003.

COURTINE, J. J. Analyse du discours politique. Le discours communiste adressé aux chrétiens. In.: Langages, 62, 1981.

GREGOLIN, M. R. Recitação de mitos: a história nas lentes da mídia. In: GREGOLIN, M.R (org.) Filigranas do discurso:as vozes da história. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2000.

LAGAZZI, S. O recorte significante na memória. In: INDURSKY, Freda, FERREIRA, Maria Cristina; MITTMANN, Solange. (Org.). O Discurso na Contemporaneidade. Materialidades e Fronteiras. São Carlos: Claraluz, 2009.

LAGAZZI, S. Linha de passe: a materialidade significante em análise. Revista do Laboratório de Estudos Urbanos do Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade, n. 16, Volume 2, p.172-183, 2010. Disponível em: http://www.labeurb.unicamp.br/rua/. Acesso em: 28 de setembro de 2017.

ORLANDI, E. Análise de Discurso. Princípios e Procedimentos. EditoraPontes, Campinas, São Paulo, 2005.

ORLANDI, E. A leitura e os leitores possíveis. In : ORLANDI (org.) A Leitura e os Leitores. Campinas: Pontes, 1998.

ORLANDI, E. Interpretação: autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. Petrópolis -RJ: Vozes,1998.

ORLANDI, E. Efeitos do verbal sobre o não-verbal. RUA - Revista do Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade da Unicamp, n. 1, Campinas: Editora da Unicamp, v.1. n. 1, p. 35-47, 1995.

ORLANDI, E.Discurso e Leitura. São Paulo: Cortez; Campinas, SP: Unicamp, 2001.

ORLANDI, E.Discurso de Texto: Formulação e Circulação dos sentidos. Campinas, SP: Pontes, 2001.

SOUZA, T.C.C. de. Discurso e Oralidade - Um estudo em língua indígena. Tese de Doutorado, UNICAMP, 1994 (Publicações do Mestrado em Comunicação Imagem e Informação, UFF, Niterói,1999)

SOUZA, T.C.C. de. Les Formes d’Ecriture et d’Oralité. Conferência realizada na Universidade Paris 13, Paris, fevereiro de 1996.

SOUZA, T.C.C. de. Discurso e imagem: perspectivas de análise do não-verbal, Conferência no 2º Colóquio de Analistas del Discurso, Universidad del Plata, Instituto de Lingüística da Universidad de Buenos Aires, La Plata e Buenos Aires, 1997b (Publicado em Ciberlegenda 1, Revista Eletrônica do Mestrado em Comunicação, Imagem e Informação, Niterói, UFF, 1998.

SOUZA, T.C.C. de. RUA - Revista do Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade da Unicamp, n. 1, Campinas: Editora da Unicamp, n. 1, v.7. p. 65-94, 2001a.

SOUZA, T.C.C. de. A análise do não verbal e os usos da imagem nos meios de comunicação. In: Revista Ciberegenda, nº6, 2001b. Disponível em: http://www.uff.br/ciberlegenda/ojs/index.php/revista/article/view/323/204. Acesso em: 28 de setembro de 2017.

POSSENTI, Sírio. Observações sobre Interdiscurso. Revista Letras, Curitiba, n. 61, especial, p. 253- 269, 2003. Editora UFPR, 2003.

PÊCHEUX, Michel Discurso: Estrutura ou acontecimento. Trad. Eni Puccinelli Orlandi São Paulo: Pontes, 1997.

PÊCHEUX, Michel. DAVALLON, Jean. ACHARD, Pierre. DURRAND Jacques. ORLANDI Eni. Papel de Memória. Trad. José Horta Nunes. Campinas, SP: Pontes, 2010.

RABAÇA, C. A. & BARBOSA, G. Dicionário de comunicação. Rio de Janeiro: Codecri, 1995. SIQUERI, M. Formação Discursiva e texto imagético: possibilidades. II Sead. Porto Alegre, 2005. Disponível em http://www.discurso.ufrgs.br/sead/doc/marcelosiqueri. pdf. Acesso em 14.jan.2006.

O periódico RUA utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.