Banner Portal
A praça é nossa! Narrativas cotidianas e pedagogias culturais
PDF

Palavras-chave

Aula. Praça dos girassóis. Didática. Estudos culturais. Pedagogias culturais.

Como Citar

LEITE, Amanda M. P. A praça é nossa! Narrativas cotidianas e pedagogias culturais. RUA, Campinas, SP, v. 24, n. 2, 2018. DOI: 10.20396/rua.v24i2.8653451. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8653451. Acesso em: 24 maio. 2024.

Resumo

Quando a aula acontece na praça o que ela pode provocar? O texto procura pensar sobre a importância das Pedagogias Culturais a partir de aulas realizadas na Praça dos Girassóis, na cidade Palmas/TO, entre monumentos e símbolos arquitetônicos da paisagem urbana. Tal exercício de pensamento só é possível por entender que as Pedagogias Culturais acontecem também fora das salas de aula acadêmicas e que os espaços de ensino podem surgir em diferentes lugares, como é o caso da ocupação da praça como cenário de aulas de Didática para estudantes de Pedagogia da Universidade Federal do Tocantins. Ocupamos a praça como lócus de investigação. Tomamos a cidade, suas narrativas para observar aprendizagens que se entrelaçam à cultura, à vida e ao próprio cotidiano da cidade, daí que quando mediadas pela Pedagogia podem construir conhecimento. Um movimento decorrente dos Estudos Culturais.
https://doi.org/10.20396/rua.v24i2.8653451
PDF

Referências

ANDRADE. Paula D. de. COSTA. Marisa V. Usos e possibilidades do conceito de pedagogias culturais nas pesquisas em estudos culturais em educação. Revista Textura, v. 17 n.34, mai./ago.2015.

GIROUX, Henry A. Cultural studies and the politics of public pedagogy: Making the political more pedagogical. Parallax, 10 (2), 73–89, 1999.

HALL, Stuart. Identidade cultural e diáspora. In: Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Rio de Janeiro, IPHAN, 1996, p. 68-75.

STEINBERG, Shirley R. Kindercultura: a construção da infância pelas grandes corporações. In: SILVA, Luiz Heron da; AZEVEDO, José Clóvis de; SANTOS, Edmilson Santos dos (Orgs.). Identidade Social e a Construção do Conhecimento. Porto Alegre: SMED, 1997. p.98-145.

FIRMINO Eugenio Pacelli de Morais. Ensino de História, Identidade e Ideologia: a experiência do Tocantins. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Goiás. Goiânia: 2003.

VILLAS BOAS, Marcos Antony. Projeto Frisa, A História do Tocantins contada em alto relevo nas vigas do Palácio Araguaia. Academia Tocantinense de Letras. Acadêmico Desembargador Marco Villas Boas, Palmas, 20 de dezembro de 2002.

O periódico RUA utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.