Banner Portal
Fotografia e viagem: reflexões sobre experiência, linguagem e memória
PDF

Palavras-chave

Memória. Experiência. Espaço. Imagem. Narrativa.

Como Citar

PALMA, Daniela. Fotografia e viagem: reflexões sobre experiência, linguagem e memória. RUA, Campinas, SP, v. 24, n. 2, 2018. DOI: 10.20396/rua.v24i2.8653500. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8653500. Acesso em: 17 abr. 2024.

Resumo

A experiência do deslocamento (espacial e cultural) em sua relação com a fotografia é o tema deste ensaio. O papel que a fotografia desempenha na relação entre o viajante e o lugar visitado é compreendida como mediação e como potência narrativa. Para explorar esses dois papéis, foram escolhidos dois arquétipos de viajantes fotógrafos: o correspondente de guerra e o turista. No papel de mediadora, a fotografia pode funcionar como escudo que mantém a experiência fora dos indivíduos com o sentido de proteção e distanciamento, como no caso do efeito de choque das fotografias do fotojornalista Raymond Depardon. Pode também manter a experiência fora da subjetividade no arranjo de práticas de turismo roteirizadas em escala industrial, como explorado parodicamente no ensaio Small World do fotógrafo Martin Parr. Como potência narrativa, é ressaltado o papel da fotografia de viagem nas delineações memorialísticas, em registros verbo-visuais, por práticas de compartilhamento de fotografias em âmbito pessoal e familiar e na internet e, ainda, na composição de biografias imaginárias de viajantes anônimos, por meio de jogos indiciários, no trabalho L’Hôtel, da artista Sophie Calle.
https://doi.org/10.20396/rua.v24i2.8653500
PDF

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Infância e história: destruição da experiência e origem da história. Tradução de Henrique Burigo. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

BARTHES, Roland. Mitologias. Tradução de Rita Boungermino e Pedro de Souza. Rio de Janeiro: Bertrand, 2001.

BENJAMIN, Walter. Charles Baudelaire, um lírico no auge do capitalismo. São Paulo: Brasiliense, 1991.

BENJAMIN, Walter. Experiência e pobreza. In: BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas, v. I: Magia e técnica, arte e política. Tradução de Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1993a. pp. 114-119.

BENJAMIN, Walter. Sobre o conceito da história. In: BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas, v. I: Magia e técnica, arte e política. Tradução de Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1993b. pp. 222-234.

BOURDIEU, Pierre (org.) Un art moyen: essai sur les usages sociaux de la photographie. Paris: Minuit, 1965.

CALVET, Louis-Jean. Tradição oral & tradição escrita. Tradução de Waldemar Ferreira Netto e Maressa de Freitas Vieira. São Paulo: Parábola, 2011. p.90.

CARDOSO, Sérgio. O olhar viajante (do etnólogo). In: NOVAES, Adauto (org.). O olhar. São Paulo: Companhia das Letras, 1988.

DEPARDON, Raymond. 100 Photos pour defendre la liberte de la presse. Paris: Reporters san frontières, 1997.

GENETTE, Gérard. Discurso da narrativa. Lisboa: Vega, 1995.

GINZBURG, Carlo. Sinais: raízes de um paradigma indiciário. In: GINZBURG, Carlo. Mitos, emblemas, sinais. Tradução de Federico Carotti. São Paulo: Companhia das Letras, 1989. pp. 143-180.

LES 100 Photos du Siècle. Direção:. Paris: CAPA Productions/ARTE, 1997.

LUDMER, Josefina. Aquí América latina: una especulación. Buenos Aires: Eterna Cadencia, 2010.

PALMA, Daniela. O arquivo de Didier: autobiografia, humanitarismo e imagem em Le Photographe. Aletria: Revista de Estudos de Literatura, [S.l.], v. 25, n. 3, p. 181-204, abr. 2016.

ROSENBLUM, Naomi. A world history of photography. New York: Abbeville, 1997.

SONTAG, Susan. Ensaios sobre a fotografia. Rio de Janeiro: Arbor, 1981.

SONTAG, Susan. Diante da dor dos outros. Tradução de Rubens Figueiredo. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

URRY, John. O olhar do turista: lazer e viagens nas sociedades contemporâneas. Tradução de Carlos Eugênio Marcondes de Moura. São Paulo: Studio Nobel: Sesc, 2001.

O periódico RUA utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.