Banner Portal
Vivências de si no interior do cotidiano: o caso de uma crônica jornalística brasileira
PDF

Palavras-chave

Crônica. Discurso. Cotidianidade.

Como Citar

MORAES, Carla Roselma Athayde. Vivências de si no interior do cotidiano: o caso de uma crônica jornalística brasileira. RUA, Campinas, SP, v. 24, n. 2, 2018. DOI: 10.20396/rua.v24i2.8653942. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8653942. Acesso em: 13 abr. 2024.

Resumo

Neste trabalho, buscamos delinear, no gênero discursivo-textual crônica jornalística, a forma como se manifesta, linguística e discursivamente, um de seus grandes componentes, o discurso introspectivo, dentro de sua grande temática, que é o cotidiano das pessoas nas cidades. Para atingir o nosso intento, estabeleceremos algumas reflexões teóricas de pensadores comprometidos com as relações sociais entre os homens pela via da linguagem, do discurso e tentaremos aplicar e demonstrar a pertinência dessas reflexões num breve estudo de uma crônica do escritor Carlos Heitor Cony.
https://doi.org/10.20396/rua.v24i2.8653942
PDF

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Problemas da poética de Dostoiévski. Tradução Paulo Bezerra. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1997.

BAKHTIN, Mikhail. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. Tradução Aurora Fornoni Bernardini et al. São Paulo: Hucitec, 1998.

BAKHTIN, Mikhail. Os gêneros do discurso. In: BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Tradução Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 2000. p. 277-326.

CANDIDO, Antonio et al. A crônica: o gênero, sua fixação e suas transformações no Brasil. Campinas: UNICAMP; Rio de Janeiro: Casa Rui Barbosa, 1992.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano. 13. ed. Tradução Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis: Vozes, 2007.

CONY, Carlos Heitor. O homem horizontal. Folha de São Paulo, São Paulo, 14 out. 2000.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1997.

PARRET, Herman. Le sublime du quotidien. Amsterdam: John Benjamins, 1988.

PERRONE-MOISÉS, Leyla. Promessas, encantos e amavios. In PERRONE-MOISÉS, Leyla. Flores na escrivaninha: ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 2006. p. 13-20.

RICOEUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Tradução Alain François et al. Campinas: Editora da Unicamp, 2007a.

RICOEUR, Paul Tempo e narrativa (tomo III). São Paulo: Papirus, 1997b.

O periódico RUA utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.