A representação da realidade periférica em Letras de Liberdade

“Lembranças ao vento”, de Márcio Marcelo do Nascimento Sena

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v25i1.8654657

Palavras-chave:

Literatura brasileira contemporânea, Literatura marginal, Letras de liberdade, Lembranças ao vento, Márcio Marcelo do Nascimento Sena.

Resumo

Apesar da diversidade que caracteriza a narrativa brasileira contemporânea, há três linhas de força dominantes: a presentificação, o retorno ao trágico e a violência. O caráter realista de grande parte dessa produção se revela como possibilidade não apenas de representação estética, mas também de intervenção ética e política no mundo real, principalmente quando se trata da realidade periférica. Nesse contexto, este artigo tem por objetivo investigar, sob a luz dos estudos de Patrocínio (2013), Schollammer (2011), Resende (2008), Foucault (1999), Michaud (1989), entre outros estudiosos, como se dá a representação da realidade marginal no conto “Lembranças ao vento”, de Márcio Marcelo do Nascimento Sena, inserido na antologia organizada por Fernando Bonassi (2000), Letras de Liberdade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Franco Nobile Brandileone, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Docente do Centro de Letras, Comunicação e Artes da Universidade Estadual do Norte do Paraná. Vinculada ao programa de pós-graduação.

Caroline Helena dos Santos, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Pós-graduanda em Humanidades. Graduada em Letras pela Universidade Estadual do Norte do Paraná. 

Referências

BÍBLIA SAGRADA. Matheus. Barueri: Sociedade Biblíca do Brasil, 2011. p. 1295-1352.

COSTA, Wagner Veneziani. Palavras do editor. In: BONASSI, Fernando (org.) Letras de Liberdade. São Paulo: WB Editores, 2000. p. 09-10.

FERRÉZ (org.). Terrorismo literário. In: Literat ura marginal: talentos da escrita periférica. Rio de Janeiro: Agir, 2005.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. Trad. Laura Fraga de Almeida Sampaio. 5ª ed. São Paulo: Loyola, 1999.

HUTCHEON, Linda. Poética do pós-modernismo. Trad. Ricardo Cruz. Rio de Janeiro: Imago, 1991.

MICHAUD, Yves. A violência. São Paulo: Ática, 1989.

PATROCÍNIO, Paulo Roberto Tonani do. Escritos à margem: a presença de autores de periferia na cena literária brasileira. Rio de Janeiro: 7 Letras; FAPERJ, 2013.

REIS, Carlos; LOPES, Ana Cristina M. Dicionário de teoria da narrativa. São Paulo: Ed. Ática, 1988.

RESENDE, Beatriz. Expressões da literatura brasileira no século XXI. Rio de Janeiro. Casa da Palavra, 2008.

SCHOLLAMMER, K. Erik. Ficção brasileira contemporânea. 2ª ed. Rio de Janeiro. C. Brasileira, 2011.

SENA, Márcio Marcelo do Nascimento. Lembranças ao vento. In: BONASSI, Fernando (org.) Letras de Liberdade. São Paulo: WB Editores, 2000. p.73-77.

TORRES, Antônio. Chega a parecer uma ficção. In: BONASSI, Fernando (org.) Letras de Liberdade. São Paulo: WB Editores, 2000. p. 78-79.

Downloads

Publicado

2019-02-14

Como Citar

BRANDILEONE, A. P. F. N.; SANTOS, C. H. dos. A representação da realidade periférica em Letras de Liberdade: “Lembranças ao vento”, de Márcio Marcelo do Nascimento Sena. RUA, Campinas, SP, v. 25, n. 1, 2019. DOI: 10.20396/rua.v25i1.8654657. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8654657. Acesso em: 10 dez. 2022.

Edição

Seção

Estudos