Desenvolvimentismo, plano-piloto e segregação

uma análise de Brasília, contradições de uma cidade nova, de Joaquim Pedro de Andrade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v25i1.8655726

Palavras-chave:

Brasília, Migrantes nordestinos, Plano-piloto, Cidades-satélites, Joaquim Pedro de Andrade, Documentários, Desigualdade social.

Resumo

Brasília, contradições de uma cidade nova (1967) é um filme de Joaquim Pedro de Andrade cujo projeto foi encomendado e financiado pela Olivetti. No entanto, por não atender às exigências da empresa, e por correr o risco de se embater com o governo vigente, não chegou a ser exibido na época. A recusa deveu-se à exposição das fissuras da desigualdade presentes na capital federal, cujo plano inicial ancorava-se no intuito de dissipar qualquer desnível social, capaz de alçar o Brasil aos patamares progressistas da década de 1960. Todavia, mostra uma cidade nova e planejada capaz de concentrar e desnudar todas as contradições sociais existentes no país, sobretudo com a migração nordestina que foi relegada às cidades-satélites. Todos esses
paroxismos associam-se ao desmantelamento educacional, por meio da paralisação da Universidade de Brasília, espécie de microcosmo do sistema educacional brasileiro, no documentário. E tal contiguidade reflete o próprio caos social do país em todas as suas esferas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Meire Oliveira Silva, Universidade de São Paulo

Doutora em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Referências

ANDRADE, Carlos Drummond de. "Notas sobre a Banda". Correio da Manhã, 14.10.66

ANDRADE, Joaquim Pedro. Brasília, contradições de uma cidade nova. Médiametragem/35 mm/cor /45 min/1967. min/1981.

ANDRADE, Rodrigo Mello Franco de. Rodrigo e o SPHAN: coletânea de textos sobre o patrimônio cultural. Rio de Janeiro: MinC, Fundação Pró-Memória, 1987.

ARAÚJO, Luciana Correa de. Joaquim Pedro de Andrade: primeiros tempos. São Paulo: Ed. Alameda, 2013

AVELLAR, José Carlos. O cinema dilacerado. Rio de Janeiro: Alhambra, 1986.

BERMAN, Marshall. Tudo que é sólido se desmancha no ar: a aventura da modernidade. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

BERNARDET, Jean-Claude. Brasil em tempo de cinema: ensaio sobre o cinema brasileiro de 1958 a 1966. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

BERNARDET, Jean-Claude O autor no cinema. São Paulo: Brasiliense/Edusp, 1994.

BARATA, Beto. Brasília submersa. Youtube, postado em 25 nov. 2012. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=k0n3EhmbRU4. Licença padrão do Youtube. Depoimento de Francisco Felício (operário da Barragem Paranoá), aos 02min05s do vídeo. Acesso em: 04 jan. 2018, 02h22.

BUARQUE DE HOLLANDA, Sérgio. Raízes do Brasil. 5ª ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1969.

CANDIDO, Antonio. Vários escritos. São Paulo: Duas cidades, 1995.

CÉSAR, Ana Cristina. "Literatura não é documento". In: Crítica e Tradução. São Paulo: Editora Ática, 1999.

ESCOREL, Eduardo. Adivinhadores de Água. São Paulo: Cosac Naify, 2005.

FREITAS, Conceição. A formação do lago acompanha a ideia de Brasília desde o fim do século 19. Disponível em: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/

cidades/2011/12/03/interna_cidadesdf,281257/a-formacao-do-lago-acompanha-a-ideiade-brasilia-desde-o-fim-do-seculo-19.shtml /. Acesso em: 04 jan. 2018, 01h38.

GOMES, Paulo Emílio Salles. Cinema: trajetória no subdesenvolvimento. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

KIM, Lina. WESELY, Michael. Arquivo Brasília. São Paulo: Cosac Naify, 2010.

NICHOLS, Bill. Introdução ao documentário. 3ª ed. Campinas/SP, 2008

RAMOS, Fernão. Mas afinal... o que é mesmo documentário? 2ª ed. São Paulo, Ed. Senac, 2013.

TEIXEIRA, Francisco Elinaldo (org.) Documentário no Brasil: tradição e transformação. São Paulo: Summus, 2004.

QUEIROZ, Raquel de. O quinze. Rio de Janeiro: Editora José Olympio, 2016.

VELOSO, Caetano. Tropicália, Caetano Veloso (1968).

VIANY, Alex. O processo do cinema-novo. Rio de Janeiro: Editora Aeroplano, 1999.

XAVIER, Ismail. Alegorias do subdesenvolvimento. São Paulo: Brasiliense, 1993.

Dossiê Especial Brasília 50 anos. Disponível em: http://www.senado.gov.br/noticias/especiais/brasilia50anos/not08.asp. Acesso: 04.04.2017, 21h38

Downloads

Publicado

2019-06-26

Como Citar

SILVA, M. O. Desenvolvimentismo, plano-piloto e segregação: uma análise de Brasília, contradições de uma cidade nova, de Joaquim Pedro de Andrade. RUA, Campinas, SP, v. 25, n. 1, 2019. DOI: 10.20396/rua.v25i1.8655726. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8655726. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Estudos