Espaço urbano pela narratividade dos anúncios de Jornal no Brasil oitocentista

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v26i1.8658775

Palavras-chave:

Análise do discurso, História do jornalismo, Narratividade, Anúncios de jornal, Século XIX

Resumo

Como a imprensa anunciava o espaço urbano no Brasil oitocentista? A partir da questão de pesquisa, analisa-se neste trabalho o discurso sobre espaço urbano brasileiro, especialmente no tocante à morada no século XIX. O objetivo geral do artigo é analisar anúncios pertinentes a essa temática no Diário do Rio de Janeiro (DRJ) e os objetivos específicos são verificar textos da imprensa dos oitocentos frente à História do Jornalismo e analisar a narratividade mesma dos anúncios em circulação. Filiando-se teórica e analiticamente à Análise do Discurso, a investigação reúne textos das seções de venda e aluguel de moradas no DRJ de 1821 a 1831, sendo a consulta feita pela Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional. Nos anúncios analisados, há uma relação parafrástica entre casa e propriedade, efeito do pré-construído no discurso autorizado pela narratividade dos jornais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius Brito, Universidade Estadual de Campinas

Doutor em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas. 

Referências

ARAGÃO, S. A casa, o jardim e a rua no Brasil do século XIX. In: Em Tempo de Histórias. Programa de Pós-Graduação em História PPG-HIS/UnB, n.12, Brasília, 2008.

BARBOSA, Marialva. História cultural da imprensa: Brasil, 1800-1900. Rio de Janeiro: Mauad X, 2010. Disponível em: www.encurtador.com.br/djlJ0. Acesso em: 11 set. 2019.

BASTOS, Ana Karine Pereira de Holanda; CARVALHO, Nelly Medeiros de. O léxico dos anúncios de escravos nos jornais do Recife do século XIX (1853-1855). Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.

BLUTEAU, Raphael. Vocabulario portuguez & latino: aulico, anatomico, architectonico ... Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesu, 1728. 8 v., p. 433.

BRANDÃO, Helena Nagamine. Les esclaves dans les petites annonces des journaux brésiliens au dix-neuvième siècle : discours et idéologie. Argumentation et Analyse du Discours, n. 7, 2011. Disponível em: http://journals.openedition.org/aad/1230. Acesso em: 04 nov. 2019. DOI: https://doi.org/10.4000/aad.1230

BRITO, Vinícius. Esquinas da/na língua: discurso urbano em jornais do século XIX. In: IX SEAD, Recife, 2019.

CAMARGO, Ana Maria de Almeida; MORAES, Rubens Borba de. Bibliografia da Impressão Régia do Rio de Janeiro. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo/Kosmos, 1993.

COURTINE, Jean-Jacques. Análise do discurso político: o discurso comunista endereçado aos cristãos. São Carlos: EdUFSCar, 2009.

COURTINE, Jean-Jacques. Definição de orientações teóricas e construção de procedimentos em Análise do Discurso. Tradução de Flávia Clemente de Souza e Márcio Lázaro Almeida da Silva. Policromias, junho de 2016.

DIÁRIO do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, ed. 0600001, 1821a, p. 1.

DIÁRIO do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, ed. A1100001, 1821b, p. 2-3.

DIÁRIO do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, ed. 1200001, 1821c, p. 2.

DIÁRIO do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, ed. 0300001, 1822a, p. 2.

DIÁRIO do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, ed. 0100001, 1822b, p. 2.

DIÁRIO do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, ed. 1200001, 1825a, p. 4.

DIÁRIO do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. ed. 0500001, 1825b, p. 2.

DIÁRIO do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, ed. 0300001, 1826, p. 3.

DIÁRIO do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, ed. 0600001, 1828a, p. 1.

DIÁRIO do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, ed. 0800001, 1830, p. 2.

FREYRE, Gilberto. O escravos nos anúncios de jornais brasileiros do século XIX. São Paulo: Ed. Nacional/Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais (Brasiliana), 1979.

GUEDES, Marymarcia; BERLINCK, Rosane de Andrade (Org.). E os preços eram commodos...: Anúncios de Jornais Brasileiros Século XIX. São Paulo: Humanitas/FFLCH/USP, 2000.

IBGE. Sinopse do Censo Demográfico 2010 Brasil. Disponível em: www.censo2010.ibge.gov.br/sinopse/index.php?dados=6&uf=00. Acesso em: 22 nov. 2019.

LAGE, Nilson. Ideologia e técnica da notícia. 3. ed. - Ufsc-Insular, 2001.

MAINGUENEAU, Dominique. Novas tendências em análise do discurso. Tradução de Freda Indursky. Campinas: Pontes/Editora da Universidade Estadual de Campinas, 3. ed., 1997.

MARCHELLI, Paulo Sergio. As minorias alfabetizadas no final do período colonial e sua transição para o império: um estudo sobre a história social e educação no Brasil. Educação Unisinos, 10. ed., setembro/dezembro, 2006.

MARIANI, Bethania Sampaio Correa. O comunismo imaginário: práticas discursivas da imprensa sobre o PCB (1922-1989). 1996. 256p. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/270690. Acesso em: 06 nov. 2019.

MARTINS, Ana Luiza. Imprensa em tempos de Império. In: MARTINS, Ana Luiza; DE LUCA, Tania Regina (Org.). História da imprensa no Brasil. São Paulo: Editora Contexto, 2008.

MASCARENHAS, Nelson Lage. Um jornalista do império (Firmino Rodrigues Silva). São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1961. Disponível em: https://bdor.sibi.ufrj.br/bitstream/doc/357/1/309%20PDF%20-%20OCR%20-%20RED.pdf. Acesso em: 18 nov. 2019.

MOLINA, Matías M. História dos jornais no Brasil: Da era colonial à Regência (1500-1840), 1. ed, São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

MOREL, Marco. Os primeiros passos da palavra impressa. In: MARTINS, Ana Luiza; LUCA, Tania Regina de. (Org.). História da imprensa no Brasil. São Paulo: Editora Contexto, 2008.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Análise de Discurso: Princípios e procedimentos. 8. ed. Campinas: Pontes, 2009.

ORLANDI, Eni P. (Org.). Cidade atravessada: os sentidos públicos no espaço urbano. Campinas: Pontes, 2001.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Cidade dos sentidos. Campinas: Pontes Editores, 2004.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Discurso e texto: formulação e circulação dos sentidos. Campinas: Pontes Editora, 2008.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Efeitos do verbal sobre o não verbal. Rua, Campinas, 1:35-47, 1995. DOI: https://doi.org/10.20396/rua.v1i1.8638914

ORLANDI, Eni Puccinelli. Eu, tu, ele: discurso e real da história. Campinas: Pontes Editores, 2017.

ORLANDI, Eni Puccinelli. O que é linguística. São Paulo: Brasiliense, 2007.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Segmentar ou recortar?. In: Linguística: questões e controvérsias. Uberaba: Curso de Letras do Centro de Ciências Humanas e Letras das Faculdades Integradas de Uberaba, 1984.

PÊCHEUX, Michel. Análise Automática do Discurso. In: GADET, F.; HAK, T.; (Org.). Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. Tradução de Bethania Mariani et al., 3. ed., Campinas: Editora da UNICAMP, 1997a.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução de Eni Puccinelli Orlandi et al., 3. ed., Campinas: Editora da UNICAMP, 1997b.

PÊCHEUX, Michel; GADET, F. A língua inatingível: o discurso na história da lingüística. Campinas: Pontes, 2004.

PINTO, Luiz Maria da Silva. Diccionario da Lingua Brasileira. Ouro Preto: Typographia de Silva, 1832.

PIZARROSO, Alejandro. Historia de la propaganda: Notas para un estudio de la propaganda política y de guerra. Madrid: Eudema, 1993.

QUEBRADA, Linn da. Oração. Intérpretes: Linn da Quebrada, Liniker, Urias, Alice Guél, Jup do Bairro, Danna Lisboa, Ventura Profana & Verónica Decide Morrer, 2019.

SILVA, Pollyanna Honorata. Classificados: um gênero jornalístico descritivo. Estudos Lingüísticos XXXVI, setembro-dezembro, 2007. p. 210-216.

SOUSA, Cruz e. Obra completa: poesia. João da Cruz e Sousa (Org.). Jaraguá do Sul: Avenida, v.1, 2008. 612p.

SOUSA, Jorge Pedro. Elementos de jornalismo impresso. Porto, 2001. Disponível em: http://bocc.ufp.pt/pag/sousa-jorge-pedro-elementos-de-jornalismo-impresso.pdf. Acesso em: 10 set. 2019.

TEIXEIRA, M. C.; VALLA, M. O urbanismo português. Séculos XIII-XVIII Portugal-Brasil. Lisboa: Livros Horizonte, 1999.

TRAQUINA, Nelson. Teorias do Jornalismo. A tribo jornalística - uma comunidade interpretativa transnacional, v. 1. Florianópolis: Insular, 2005.

Downloads

Publicado

2020-03-17

Como Citar

BRITO, V. . Espaço urbano pela narratividade dos anúncios de Jornal no Brasil oitocentista. RUA, Campinas, SP, v. 26, n. 1, 2020. DOI: 10.20396/rua.v26i1.8658775. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8658775. Acesso em: 6 jul. 2022.

Edição

Seção

Estudos