Banner Portal
Soluções para as cidades e impacto das TIC’s
PDF

Palavras-chave

Cultura digital
Tic's
Cidades inteligentes

Como Citar

FLEXOR, Carina Ochi; ALVES, Guilherme Ricardo Oliveira. Soluções para as cidades e impacto das TIC’s: tensionamentos das/nas cidades inteligentes . RUA, Campinas, SP, v. 26, n. 1, 2020. DOI: 10.20396/rua.v26i1.8659939. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8659939. Acesso em: 15 abr. 2024.

Resumo

Com o desenvolvimento da técnica, permitindo a criação de artefatos de captação de dados e soluções de gerenciamento em tempo real, por exemplo, as administrações das cidades recorrem, cada vez mais, a intervenções que utilizam tecnologias da informação e comunicação, denotando as cidades inteligentes. Este artigo tem a intenção de discutir a noção acerca das smart cities e evidenciar algumas das suas problemáticas. De abordagem dedutiva, a partir de pesquisa exploratória e revisão de literatura, o artigo aponta para a emergência de soluções que viabilizem as cidades em diversos aspectos, indicando, entretanto, tensionamentos sociais.

https://doi.org/10.20396/rua.v26i1.8659939
PDF

Referências

CASTELLS, M. A sociedade em rede. 6. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2012.

CURY, M. J. F.; MARQUES, J. A. L. F. A cidade inteligente: uma territorialização. Redes - Santa Cruz do Sul. Universidade de Santa Cruz do Sul, v. 22, n. 1, jan./abr., 2017.

GOMES, F. M.; AGUIAR, A. O.; CAMPOS, V. N. O. Songdo: inteligente e sustentável? críticas e perspectivas. In: I simpósio brasileiro online. Gestão urbana, 2017. Disponível em: https://www.amigosdanatureza.org.br/eventos/data/inscricoes/1793/form9776406.pdf

GONZÁLEZ, M. F. La smart city como imaginario socio-tecnológico la construción de la utopía urbana digital, 2015. Tese (Doutorado) - Departamento de Sociología y Trabajo Social, Universidad del País Vasco, 2015. Disponível em: https://addi.ehu.es/bitstream/handle/10810/19301/Tesis%20La%20smart%20city%20como%20imaginario%20Manu%20Fernandez.pdf?sequence=1&isAllowed=y.

HOLLANDS, R. G. Will the real smart city please stand up?, City, v. 12, n. 3, pp 303-320, 2008. Disponível em:

https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/13604810802479126.

JACOBS, J. Morte e vidas das grandes cidades. Tradução: Carlos S. Mendes Rosa. 3. ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2011.

KITCHIN, R. The promise and peril of smart cities. Journal of the UK Society of Computers and Law, 2015. Disponível em: http://www.scl.org/site.aspx?i=ed42789.

KITCHIN, R. Making sense of smart cities: addressing present shortcomings. Cambridge Journal of Regions, Economy and Society, p. 131-136, 2014.

KITCHIN, R. The real-time city? Big data and smart urbanism. In: Smart urbanism: utopian vision of false dawn, University of Durham, Irlanda, jun., 2013.

KOMNINOS, N. Cidades inteligentes: sistemas de inovação e tecnologias da informação ao serviço do desenvolvimento das cidades, 2008. Disponível em: http://www.urenio.org/wp-content/uploads/2008/11/cidades-inteligentes.pdf.

KOMNINOS, N. Intelligent cities: Variable geometries of spatial intelligence. Journal of Intelligent Building International, v. 3, p. 1-17. 2011. Disponível em: https://www.academia.edu/4952076/Intelligent_cities_Variable_geometries_of_spatial_intelligence.

LEMOS, A. Cidade e mobilidade. Telefones celulares, funções pós-massivas e territórios informacionais. Matrizes, USP, ano 1, n.1, São Paulo, pp.121-137, 2007. Disponível em: https://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/andrelemos/Media1AndreLemos.pdf.

LEMOS, A. A cidade-ciborgue. Galaxia: Revista Transdisciplinar de Comunicação, Semiótica, Cultura. n. 8, out., 2004. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/index.php/galaxia/article/view/1385.

MANOVICH, L. The Language of New Media. Cambridge: MIT Press, 2001.

MASDAR. Masdar City Facts Sheet, [2008?].

MUMFORD, L. A cidade na história: suas origens, transformações e perspectivas. Tradução de Neil R. da Silva. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

RENNÓ, R. Smart cities e big data: o cidadão produtor de dados. URBS Revista de Estudios Urbanos y Ciencias Sociales, v. 6, n. 2, p. 13-24, 2016. Disponível em: http://www2.ual.es/urbs/index.php/urbs/article/view/renno/307.

SANTAELLA, L. Comunicação Ubíqua: Repercussões na cultura e na educação. São Paulo: Paulus, 2013.

SANTAELLA, L. Da cultura das mídias à cibercultura: o advento do póshumano. Revista FAMECOS, Porto Alegre, dez., 2003.

SANTOS, M. A Natureza do Espaço. Técnica e Tempo, Razão e Emoção. 4. ed. 2. reimpr. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2006.

O periódico RUA utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.