Museu de favela e biografias urbanas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v26i2.8663440

Palavras-chave:

Saber urbano e linguagem, Museu de território, Discurso, Biografia urbana

Resumo

A partir do domínio Saber Urbano e Linguagem e da compreensão de museu como instituição que atua nos processos de individuação do sujeito, se configurando também como prática de significação (ORLANDI, 2013a), tecemos algumas considerações sobre o conceito de museu de território. Num gesto de apropriação teórica, refletimos discursivamente sobre este conceito para observar as especificidades do Museu de Favela como uma das formas do discurso urbano. Como resultado, desenvolvemos a noção de biografia urbana e analisamos seu funcionamento no processo discursivo que chamamos biografização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Greciely Cristina da Costa, Universidade Estadual de Campinas

Doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas. Pesquisadora do Laboratório de Estudos Urbanos da Universidade Estadual de Campinas - LABEURB/UNICAMP.

Referências

BRASIL. Ministério da Cultura. Bases para a Política Nacional de Museus: Memória e Cidadania. Brasília: Minc, 2003.

BRULON, Bruno. A invenção do ecomuseu: O caso do Écomusée du Creusot Montceau-les-Mines e a prática da museologia experimental. Mana, v. 21, n. 2, p. 267-295, 2015.

CHAGAS, Mário Souza. Museus, memórias e movimentos sociais. Cadernos de sociomuseologia, n. 41, p. 5-16, 2011.

COSTA, Greciely Cristina. Discurso, Cidade e História: metonimização entre favela e favelado e seus efeitos. In: ANDRADE, Alexandre Carvalho de; ANDRADE, Ana Eugênia Nunes de (Orgs). Cidades em movimento. Jundiaí: Paco Editorial, 2013.

DE CÁSSIA SANTOS, Rita. Becos e vielas do Museu de Favela. Revista Cadernos do Ceom, v. 27, n. 41, p. 329-336, 2014.

DELORY-MOMBERGER, C. Sens et narrativité dans la société biographique. Le sujet dans la Cité, n°3, p. 167-181, 2012.

FREIRE-MEDEIROS, Bianca. A construção da favela carioca como destino turístico. Rio de Janeiro: CPDOC, 2006. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace;/bitstream/handle/10438/4138/TurismoFavelaCarioca.pdf?sequence=1&isAllowed=y

PFEIFFER, Claudia Regina Castellanos. Língua em museu: institucionalização de um nós no recobrimento de um resto histórico. Letras, n. 46, p. 225-244, 2013.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Tralhas e troços: o flagrante urbano. In: ORLANDI, Eni Puccinelli (Org.). Cidade Atravessada: os sentidos públicos no espaço urbano. Campinas, SP: Pontes, 2001a.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Discurso e texto: formulação e circulação dos sentidos. Campinas, SP: Pontes, 2001b.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Cidade dos Sentidos. Campinas, São Paulo: Pontes, 2004.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Discursos e museus: da memória e do esquecimento. Signo y seña, n. 24, p. 11-20, 2013a.

ORLANDI, Eni Puccinelli. A palavra dança e o mundo roda: Polícia!! In: GUIMARÃES, Eduardo (Org.), Cidade, Linguagem e Tecnologia: 20 anos de história. Campinas, SP: LABEURB, 2013b.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Era uma vez corpos e lendas: versões, transformações, memória. In: Eu, tu, ele: discurso e real da história. Campinas, SP: Pontes, 2017.

PÊCHEUX, Michel. Delimitações, inversões, deslocamentos. Cadernos de estudos linguísticos, Campinas, v. 19, pp.7-24, jul./dez, 1990.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. Trad. Eni Puccinelli Orlandi. Campinas, SP: Pontes, 1997.

PÊCHEUX, Michel. Leitura e Memória: projeto de pesquisa. In: ORLANDI, Eni Puccinelli (Org.), Análise de Discurso: Michel Pêcheux - textos escolhidos por Eni Puccinelli Orlandi. Campinas, SP: Pontes, 2011.

PÊCHEUX, Michel. Análise Automática do Discurso. Trad. Eni Puccinelli Orlandi e Greciely Costa. Campinas, SP: Pontes, 2019 [1969].

ROBIN, Régine. A memória saturada. Trad. Cristiane Dias e Greciely Costa. Campinas: Editora da Unicamp, 2016.

SCHEINER, Tereza Cristina. Repensando o Museu Integral: do conceito às práticas. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v. 7, n. 1, p. 15-30, 2012.

SCHMIDT, Benito Bisso. Biografia e regimes de historicidade. Métis: história & cultura, v. 2, n. 3, 2003.

VARINE, Hugues de. Un témoignage sur les écomusées en Europe et dans le monde depuis vingt ans. Texto apresentado no Encontro sobre museus em Biella, Itália, p. 1-5, 2003. Disponível em: http://www.ecomusei.eu/mondilocali/wp-content/uploads/2011/03/2003-de-Varine.pdf. Acesso em 17 de junho de 2020.

Downloads

Publicado

2020-11-30

Como Citar

COSTA, G. C. da. Museu de favela e biografias urbanas. RUA, Campinas, SP, v. 26, n. 2, p. 573–590, 2020. DOI: 10.20396/rua.v26i2.8663440. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8663440. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê