A ignorância da Revolta, de Edgar Cézar Nolasco

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rua.v27i2.8667211

Palavras-chave:

Poesia, Nolasco, Fronteira, Estudos descoloniais

Resumo

Esta resenha tem o objetivo de apresentar a obra A Ignorância da Revolta produzida por Edgar Cézar Nolasco. Os poemas que estão na obra relatam vivências e histórias da vida que desenham a fronteira Sul do poeta rebelde. Sob a navalha dos estudos descoloniais, Nolasco volta o seu olhar para a particularidade do processo biográfico, em especial o seu local enunciativo a partir da fronteira Brasil – Paraguai. Sua escrevivência povoa um espaço com imagens do campo, do canto do urutau, da solidão do boi no campo, de pés de guaviras e ninhos de galinhas nas moitas de capim de barba-de-bode, de fumaças feitas pelo fumo de rolo, de um Deus bugre e de pessoas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo F. Tinoco, Universidade de Mato Grosso do Sul

Doutorando em Letras pela Universidade de Mato Grosso do Sul.

Referências

SANTOS, Boaventura de S.; MENESES, Maria Paula. (Orgs.). Epistemologias do Sul. Coimbra: G.C., 2010.

MIGNOLO, Walter. Local histories/Global designs: coloniality, subaltern knowledges, and border thinking. Princeton: Princeton University Press, 2012.

MIGNOLO, Water; WALSH, Catherine. (Orgs). On decoloniality: concepts, analytics, práxis. Durham: Duke University Press, 2018.

NOLASCO, Edgar Cézar. Pântano. São Paulo: Intermeios. 2014.

NOLASCO, Edgar Cézar. Oráculo da fronteira. São Paulo: Intermeios, 2018.

NOLASCO, Edgar Cézar. A ignorância da Revolta. São Paulo: Intermeios, 2019.

HEIDEGGER, Martin. Ser e tempo, parte I. Trad. de Marcia Sá Cavalcante Schuback. Petrópolis: Editora Vozes, 2002.

PORTO-GONÇALVES, Carlos Walter. Apresentação da edição em português. In: LANDER, Edgardo (Org.). A colonialidade do poder: eurocentrismo e ciências sociais. Buenos Aires: CLACSO, 2015, p. 09-15.

Downloads

Publicado

2021-10-05

Como Citar

TINOCO, J. P. F. . A ignorância da Revolta, de Edgar Cézar Nolasco. RUA, Campinas, SP, v. 27, n. 2, p. 461–466, 2021. DOI: 10.20396/rua.v27i2.8667211. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8667211. Acesso em: 21 jan. 2022.

Edição

Seção

Resenhas