Corpos, gêneros e subjetividades em disputa

reflexões a partir de um caso de violência em uma favela do Rio de Janeiro

Palavras-chave: Corpos, Gêneros, Violências, Subjetividades, Narrativas.

Resumo

A partir de uma situação de violência que envolveu um casal de jovens gays, alguns moradores e traficantes do Complexo da Maré, este artigo trata de dinâmicas concernentes à relação entre violência e subjetividade, tendo como horizonte de reflexão o debate acerca das formas de produção de corpos e gêneros. Ao incorporar o convite de W. Benjamin (2013) por uma “crítica da violência”, tal fenômeno será tomado em seu caráter positivo, como um ato performático que produz corpos, moralidades e gêneros naquele contexto. Por fim, corpos, moralidades, gêneros e a própria violência são compreendidos a partir de sua (re) elaboração através do contexto narrativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Victor Leite Lopes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Professor Adjunto do Departamento de Antropologia e do Programa de PósGraduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Referências

ABU-LUGHOD, Lila. Veiled sentiments: honour and poetry in a bedouin society. Berkeley: University of California Press, 1988.

BENJAMIN, Walter. Escritos sobre mito e linguagem (1915-1921). Organização, apresentação e notas de Jeanne Marie Gagnebin. São Paulo, Duas Cidades: Editora 34, 2013.

BLÁZQUEZ, Gustavo. De cara a la violencia. Agresiones físicas y formas de clasificación social entre mujeres jóvenes de sectores populares en Argentina. Sexualidad, Salud y Sociedad – Revista Latinoamericana. nº 6, Dec 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/sess/n6/a02n6.pdf. Acesso em: 05 dez. 2016.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2.ed., 2008.

BUTLER, Judith. Bodies that matter. On the discursive limits of "sex". New York: Routledge, 2011. [1993]

COLLIER, Jane; YANAGISAKO, Sylvia J. Gender and kinship: essays towards a unified analisys. Stanford: Stanford Un. Press, 1987.

CSORDAS, T. The body’s career in Anthropology. In: MOORE, H. (ed.), Anthropological Theory Today. Cambridge: Polity Press, 1999, pp.172-205.

DAS, Veena. Fronteiras, violência e o trabalho do tempo: alguns temas wittgensteinianos. Rev. Bras. C. Soc., vol. 14, no 40, São Paulo, jun. 1999. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69091999000200003&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 02 fev.2017.

DAS, Veena. Life and Words: Violence and the descent into the ordinary. Berkeley: University of California Press, 2007.

DAS, Veena. Violence, gender and subjectivity. Annual Review of Anthropology, 37, 2008, pp.283-99.

DAS, Veena. O ato de testemunhar: violência, gênero e subjetividade. cadernos pagu (37), Campinas, Núcleo de Estudos de GêneroPagu/Unicamp, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cpa/n37/a02n37.pdf. Acesso em: 20 jan. 2017.

DIAS-BENITEZ, María Elvira. Nas redes do sexo: bastidores do pornô brasileiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2010.

FAUSTO-STERLING, Anne. Sexing the body: gender politics and the construction of sexuality. New York: Basic Books, 2000.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade I: a vontade de saber. São Paulo: Graal, 1984.

GREGORI, Maria Filomena. Cenas e queixas: um estudo sobre mulheres, reações violentas e práticas feministas. São Paulo: ANPOCS\Paz e Terra, 1993.

HALBERSTAM, J. In a queer time and place: trangender bodies, subcultural lives. Nova Iorque: NYU Press, 2005.

HARAWAY, Donna. Primate visions: gender, race and nature in the world of modern science. New York: Routledge, 1989.

LEITE, Márcia da Silva Pereira. Violência, risco e sociabilidade nas margens da cidade: percepções e formas de ação de moradores de favelas cariocas. In: MACHADO DA SILVA, Luiz Antonio (Org.). Vida sob cerco: violências e rotinas nas favelas do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Nova Fronterira, 2008, pp.115-142.

LOPES, Paulo Victor Leite. Sexualidade e construção de si em uma favela carioca: pertencimentos, identidades, movimento. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

MACHADO DA SILVA, Luiz Antonio (Org.). Vida sob cerco: violências e rotinas nas favelas do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008.

MATTOS, Carla dos Santos. Viver nas margens: gênero, crime e regulação de conflitos. Tese (Doutorado em Ciências Sociais), Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2014.

MCCLINTOCK, Anne. Couro Imperial. Raça, travestismo e o culto da domesticidade. cadernos pagu (20), Campinas, Núcleo de Estudos de Gênero-Pagu/Unicamp, 2003, pp.7-85.

MOORE, Henrietta. Fantasias de poder e fantasias de identidade: gênero, raça e violência. cadernos pagu (14), Campinas, Núcleo de Estudos de Gênero-Pagu/Unicamp, 2000, pp. 13-44.

RUBIN, Gayle. The traffic in women. Notes on the “political economy” of sex. In: REITER, Rayna (ed). Toward an anthropology of women. New York: Monthly Review Press, 1975, pp.157-210.

STOLER, Ann Laura. Sexual affronts and racial frontiers: European identities and the cultural politics of exclusion in Colonial Southeast Asia. In: COOPER, Frederick; STOLER, Ann Laura (ed.). Tensions of empire: colonial cultures in a bourgeois world. Berkeley: University of California Press, 1997, pp.198-237.

STRATHERN, Marilyn. O gênero da dádiva: problemas com as mulheres e problemas com a sociedade na Polinésia. Campinas: Ed. Unicamp, 2006.

VIANNA, Adriana; FARIAS, Juliana. A guerra das mães: dor e política em situações de violência institucional. cadernos pagu (37), Campinas, Núcleo de Estudos de Gênero-Pagu/Unicamp, dez. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cpa/n37/a04n37.pdf. Acesso em: 27 set. 2016.

YANAGISAKO, Sylvia; COLLIER, Jane. Toward a unified analysis of gender and kinship. In: YANAGISAKO, S.; COLLIER, J. (ed.). Gender and kinship: essays toward an unified analysis. Stanford: Stanford University Press, 1987, pp.14-52.
Publicado
2019-08-28
Como Citar
Lopes, P. V. L. (2019). Corpos, gêneros e subjetividades em disputa. Cadernos Pagu, (55), e195520. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8656410