Banner Portal
Corpos, gêneros e subjetividades em disputa
PDF

Palavras-chave

Corpos
Gêneros
Violências
Subjetividades
Narrativas.

Como Citar

LOPES, Paulo Victor Leite. Corpos, gêneros e subjetividades em disputa: reflexões a partir de um caso de violência em uma favela do Rio de Janeiro. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 55, p. e195520, 2019. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8656410. Acesso em: 27 maio. 2024.

Resumo

A partir de uma situação de violência que envolveu um casal de jovens gays, alguns moradores e traficantes do Complexo da Maré, este artigo trata de dinâmicas concernentes à relação entre violência e subjetividade, tendo como horizonte de reflexão o debate acerca das formas de produção de corpos e gêneros. Ao incorporar o convite de W. Benjamin (2013) por uma “crítica da violência”, tal fenômeno será tomado em seu caráter positivo, como um ato performático que produz corpos, moralidades e gêneros naquele contexto. Por fim, corpos, moralidades, gêneros e a própria violência são compreendidos a partir de sua (re) elaboração através do contexto narrativo.

PDF

Referências

ABU-LUGHOD, Lila. Veiled sentiments: honour and poetry in a bedouin society. Berkeley: University of California Press, 1988.

BENJAMIN, Walter. Escritos sobre mito e linguagem (1915-1921). Organização, apresentação e notas de Jeanne Marie Gagnebin. São Paulo, Duas Cidades: Editora 34, 2013.

BLÁZQUEZ, Gustavo. De cara a la violencia. Agresiones físicas y formas de clasificación social entre mujeres jóvenes de sectores populares en Argentina. Sexualidad, Salud y Sociedad – Revista Latinoamericana. nº 6, Dec 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/sess/n6/a02n6.pdf. Acesso em: 05 dez. 2016.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2.ed., 2008.

BUTLER, Judith. Bodies that matter. On the discursive limits of "sex". New York: Routledge, 2011. [1993]

COLLIER, Jane; YANAGISAKO, Sylvia J. Gender and kinship: essays towards a unified analisys. Stanford: Stanford Un. Press, 1987.

CSORDAS, T. The body’s career in Anthropology. In: MOORE, H. (ed.), Anthropological Theory Today. Cambridge: Polity Press, 1999, pp.172-205.

DAS, Veena. Fronteiras, violência e o trabalho do tempo: alguns temas wittgensteinianos. Rev. Bras. C. Soc., vol. 14, no 40, São Paulo, jun. 1999. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69091999000200003&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 02 fev.2017.

DAS, Veena. Life and Words: Violence and the descent into the ordinary. Berkeley: University of California Press, 2007.

DAS, Veena. Violence, gender and subjectivity. Annual Review of Anthropology, 37, 2008, pp.283-99.

DAS, Veena. O ato de testemunhar: violência, gênero e subjetividade. cadernos pagu (37), Campinas, Núcleo de Estudos de GêneroPagu/Unicamp, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cpa/n37/a02n37.pdf. Acesso em: 20 jan. 2017.

DIAS-BENITEZ, María Elvira. Nas redes do sexo: bastidores do pornô brasileiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2010.

FAUSTO-STERLING, Anne. Sexing the body: gender politics and the construction of sexuality. New York: Basic Books, 2000.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade I: a vontade de saber. São Paulo: Graal, 1984.

GREGORI, Maria Filomena. Cenas e queixas: um estudo sobre mulheres, reações violentas e práticas feministas. São Paulo: ANPOCS\Paz e Terra, 1993.

HALBERSTAM, J. In a queer time and place: trangender bodies, subcultural lives. Nova Iorque: NYU Press, 2005.

HARAWAY, Donna. Primate visions: gender, race and nature in the world of modern science. New York: Routledge, 1989.

LEITE, Márcia da Silva Pereira. Violência, risco e sociabilidade nas margens da cidade: percepções e formas de ação de moradores de favelas cariocas. In: MACHADO DA SILVA, Luiz Antonio (Org.). Vida sob cerco: violências e rotinas nas favelas do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Nova Fronterira, 2008, pp.115-142.

LOPES, Paulo Victor Leite. Sexualidade e construção de si em uma favela carioca: pertencimentos, identidades, movimento. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

MACHADO DA SILVA, Luiz Antonio (Org.). Vida sob cerco: violências e rotinas nas favelas do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008.

MATTOS, Carla dos Santos. Viver nas margens: gênero, crime e regulação de conflitos. Tese (Doutorado em Ciências Sociais), Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2014.

MCCLINTOCK, Anne. Couro Imperial. Raça, travestismo e o culto da domesticidade. cadernos pagu (20), Campinas, Núcleo de Estudos de Gênero-Pagu/Unicamp, 2003, pp.7-85.

MOORE, Henrietta. Fantasias de poder e fantasias de identidade: gênero, raça e violência. cadernos pagu (14), Campinas, Núcleo de Estudos de Gênero-Pagu/Unicamp, 2000, pp. 13-44.

RUBIN, Gayle. The traffic in women. Notes on the “political economy” of sex. In: REITER, Rayna (ed). Toward an anthropology of women. New York: Monthly Review Press, 1975, pp.157-210.

STOLER, Ann Laura. Sexual affronts and racial frontiers: European identities and the cultural politics of exclusion in Colonial Southeast Asia. In: COOPER, Frederick; STOLER, Ann Laura (ed.). Tensions of empire: colonial cultures in a bourgeois world. Berkeley: University of California Press, 1997, pp.198-237.

STRATHERN, Marilyn. O gênero da dádiva: problemas com as mulheres e problemas com a sociedade na Polinésia. Campinas: Ed. Unicamp, 2006.

VIANNA, Adriana; FARIAS, Juliana. A guerra das mães: dor e política em situações de violência institucional. cadernos pagu (37), Campinas, Núcleo de Estudos de Gênero-Pagu/Unicamp, dez. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cpa/n37/a04n37.pdf. Acesso em: 27 set. 2016.

YANAGISAKO, Sylvia; COLLIER, Jane. Toward a unified analysis of gender and kinship. In: YANAGISAKO, S.; COLLIER, J. (ed.). Gender and kinship: essays toward an unified analysis. Stanford: Stanford University Press, 1987, pp.14-52.

Downloads

Não há dados estatísticos.